UFC 119: Mir nocauteia Cro Cop, Bader vence Minotouro

Share it

O UFC 119 não trouxe lutas tão emocionantes em Indianápolis, na noite deste sábado. Os combates do card principal deixaram um pouco a dever, principalmente a luta principal, entre Frank Mir e Mirko Cro Cop. A prova foi a vaia constante da torcida, impaciente, à espera de mais emoção.  

Uma das lutas mais monótonas da noite, o combate entre Frank Mir e Mirko Cro Cop terminou de forma inesperada. Depois de trabalhar no clinch nos dois primeiros rounds, quando levou ligeira vantagem, Mir usou a arma do oponente para vencer. Na terceira parcial, quando tudo indicava que a luta iria até o gongo final, o faixa-preta de Jiu-Jitsu desferiu uma joelhada certeira. Cro Cop, conhecido pela trocação afiada, se desmantelou ao chão. O nocaute foi aos 4min2s.

Dono de um wrestling afiado, Ryan Bader tratou de quedar Rogério Minotouro na primeira parcial, de onde trabalhou bem no ground and pound e abriu vantagem. No segundo assalto, Minoto encontrou a distância, investiu na trocação e conectou bons golpes, mas Bader também conseguiu derrubar. No último round, Minotouro partiu com tudo para cima, tentando conectar socos e joelhadas. No fim da parcial, Bader derrubou mais uma vez para consolidar o triunfo, por decisão unânime.  Bader Chega à 12ª vitória no MMA e segue invicto. Já Rogério sentiu pela primeira vez o gosto da derrota no UFC.

Chris Lytle usou bem a trocação para bater Matt Serra e alcançar o quarto triunfo seguido. No segundo round, o público foi à loucura numa troca frenética de socos, quando Serra deu indícios de que não ia aguentar. Mas o veterano prosseguiu até o último gongo, embora tenha sido derrotado por decisão unânime.

Nos primeiros combates televisionados, Sean Sherk não teve moleza contra Evan Dunham e, depois de três rounds, venceu por decisão dividida. Já o experiente Melvin Guillard chegou à terceira vitória seguida contra Jeremy Stephens, também por decisão dividida. Nas lutas preliminares, destaque ao triunfo de Thiago Tavares sobre Audinwood. O faixa-preta de Jiu-Jitsu definiu com uma guilhotina ainda no primeiro round.  

Confira os resultados:

UFC 119

Indianápolis, EUA

Dia 25 de setembro de 2010

Frank Mir venceu Mirko “Cro Cop” Filipovic por KO aos 4min2s do R3
Ryan Bader venceu Antonio Rogerio Nogueira por decisão unânime  
Chris Lytle venceu Matt Serra por decisão unânime
Sean Sherk venceu Evan Dunham por decisão dividida
Melvin Guillard venceu Jeremy Stephens por decisão dividida
C.B. Dollaway finalizou Joe Doerksen by com uma guilhotina aos 2min13s do R1
Matt Mitrione venceu Joey Beltran por decisão unânime
Thiago Tavares finalizou Pat Audinwood com uma guilhotina aos 3min47s do R1
Waylon Lowe venceu Steve Lopez por decisão dividida
T.J. Grant venceu Julio Paulino por decisão unânime
Sean McCorkle finalizou Mark Hunt com uma chave de braço aos 1min3s do R1

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *