O UFC não para: novos combates, demissões…

Share it

No próximo dia 15 acontece o UFC Fight Night 22, no Texas. Mas a organização já pensa no que vem mais adiante e, entre lutas confirmadas ou não, novos combates são cotados, enquanto alguns atletas acabam cortados. 

Demian de volta em dezembro. Foto: Josh Hedges

Depois da vitória sobre Mario Miranda no UFC 118, Demian Maia deve encarar Kendall Grove no evento final da 12ª edição do reality show “The Ultimate Fighter”. A luta não é ainda oficial, mas o show acontece no dia 4 de dezembro, em Las Vegas, também com Stephan Bonnar contra Igor Pokrajac. 

Já Brandon Vera e Thiago Silva devem se enfrentarem no UFC 125, em Las Vegas, no dia 1º de janeiro. Vera vem de duas derrotas, enquanto Silva perdeu na última apresentação, contra Rashad Evans. 

A fera da Austrália George Sotiropoulos volta ao octagon no UFC 123, em Michigan, no dia 20 de novembro. Uma vitória contra Joe Lauzon coloca o peso leve próximo da disputa de cinturão.    

Duffe é nocauteado, seu último momento no UFC. Foto: Josh Hedges

Ruim ficou para Todd Duffee, que viveu extremos na rápida passagem pelo UFC. Primeiro aplicou o nocaute mais rápido da organização, contra Tim Haugue, em apenas 7s de luta. Depois sofreu uma derrota inesperada – a primeiro da carreira -, um nocaute num único golpe do gordinho Mike Russow, quando dominava a luta. Duffee estava escalado para enfrentar Jon Madsen no UFC 121, em outubro, mas uma contusão no joelho o tirou do desafio. Por fim, agora o lutador está demitido do evento.

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *