Avô, Ruas ainda toparia uma luta de despedida contra Rickson

Share it

Marco Ruas está com 49 anos, bem de vida, é visto perto de Paris Hilton no Rio, e não quer mais saber de ganhar dinheiro como profissional de MMA. Mas, claro, abriria uma exceção para um combate de despedida capaz de balançar os alicerces do esporte no Brasil.

Ruas é o personagem do programa Sensei Sportv deste sábado, onde reafirma: “Lutador eu não treino nunca mais”.

No programa do Sportv, o notório campeão do UFC 7 relembra, explica e lamenta a cisão ocorrida na Equipe Ruas Vale-Tudo.

Papo antigo, mas que ainda dá caldo, pelo que se vê. Aloísio Dado, Pedro Rizzo e outras feras lapidadas por Marco Ruas dão suas versões sobre o acontecimento que levou o líder do time a não ser mais treinador de lutadores profissionais.

Renato Babalu, Alexandre Cacareco, os irmãos Aloisío Dado e Alexandre Baixinho, e Gustavo Ximu trocaram de equipe, e a RVT perdeu valiosos e numerosos representantes do seu elenco.

Pedro Rizzo se manteve firme no time, explicou sua posição e avaliou a postura dos ex-parceiros: “Cada um acha o que é certo ou errado, e eles fizeram o que consideraram certo e bom para eles naquela ocasião”. Marco Ruas revela que o maior sonho dele profissionalmente na atualidade é ver Rizzo de volta ao UFC.

Ruas também declarou que não lutaria mais em busca de um cinturão nem por dinheiro. Mas contra Rickson Gracie, abriria uma ilustre exceção: “Não tenho mais condição de lutar por um cinto, mas uma última luta contra o Rickson eu faria sim, pra acabar de uma vez por todas com isso”, provoca Ruas que tem 49 anos de idade e acaba de se tornar avô.

O Sensei Sportv traz também Sylvester Stallone, Minotauro e Randy Couture no filme “Os mercenários”, e muito mais. Hoje às 23h30min, logo após o SportvNews.

Ler matéria completa Read more
There are 3 comments for this article
  1. Deogro at 5:06 pm

    pois é, pelo menos o cara lutou, já o Rickson pfff, quantas vitórias ele tem hj 500? 1000? 1 milhão? Todo mundo já sabe que o maluco é Forrest Gump

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *