Vegas: Cachorrinho comenta finalização em cima de Lovato

Share it

A manobra decisiva da final, em foto de John Cooper.

Las Vegas sediou um evento de grandes destaques no último sábado, no Las Vegas Sports Center, no estado de Nevada.

Com o Las Vegas Open ocorrendo juntamente com o Nacional Sem Kimono americano, alguns atletas optaram por se testar tanto de kimono como sem kimono, fazendo as medalhas pesarem no peito.

Caio Terra, como você leu em primeira mão aqui no GRACIEMAG.com, faturou o absoluto do Las Vegas Open e, sem o paletó, quase foi à final do Nacional Sem Kimono, levando o bronze para casa.

Teixeira x Formiga, no peso médio do Las Vegas Open.

O absoluto sem kimono ficou com Gregor Gracie, que também fechou o peso com o irmão Igor. Rolles Gracie, no pesadíssimo, foi outro irmão a levar a medalha de ouro de volta para Nova Jersey, para mostrar para os alunos da academia Renzo Gracie Holmdel. “Viemos trazer os alunos e decidimos competir em cima da hora”, lembrou Rolles a nossa repórter Deb Blyth.

Outro que voltou com duas medalhas para casa foi Rodrigo Teixeira, campeão do Las Vegas Open no peso médio em cima de Rafael “Formiga” Barbosa, e vice sem kimono. “Meu Jiu-Jitsu não foi o que eu esperava, eu não estava 100% tecnicamente”, disse Teixeira, que andou treinando mês passado com Kron Gracie.

Cachorrinho e Lovato sem kimono. Fotos: John Cooper.

Um dos maiores destaques do sábado foi Flavio Almeida, o popular Cachorrinho. O professor da Gracie Barra em San Clemente, clássico balneário da Califa, venceu no peso pesado com e sem o kimono, e com um bônus: no Las Vegas Open, finalizou pelas costas o americano Rafael Lovato Jr, campeão mundial em 2007.

“Eu tinha uma dificuldade de finalizar pelas costas, na hora de dominar o adversário. Até que meu irmão (Ricardo Cachorrão) me ensinou a dominar o tronco do oponente com o triângulo pelas costas. Com isso pude relaxar minhas pegadas e usar minhas mãos apenas para o estrangulamento. Deu certo na final”, contou Cachorrinho, que comentou o resultado com Deb Blyth.

“Eu vim para vencer, claro, mas quando a gente luta contra caras realmente duros – e Lovato está no top ten da categoria – o esperado é vencer por pontos ou vantagens. O Lovato cometeu um erro e tive sorte de conseguir capitalizar em cima disso”, lembrou, referindo-se ao momento em que abriu a guarda, chegou do lado e acabou nas costas.

Resultados por equipe:

Las Vegas Open

1. Gracie Barra

2. Nova União

3. BTT

Nacional Sem Kimono

1. Gracie Barra

2. Team Mica

3. Nova União

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *