Jiu-Jitsu foi com e sem kimono na Taça Rio

Share it

Vitor Henrique venceu peso e absoluto. Foto: Carlos Ozório

Com transmissão ao vivo pela internet, foi um sucesso a Taça Rio de Jiu-Jitsu, que aconteceu no último domingo, no Rio de Janeiro. Além de grandes combates, ainda foi sorteada uma passagem ao Europeu de Jiu-Jitsu da IBJJF entre os campeões, e o felizardo foi Rafael Porto (Mestre Wilson), campão no peso pena faixa-marrom.    

Queixinho venceu no desafio sem kimono. Foto: Rogério Gomes

O evento começou com as crianças, mas, após a cerimônia de abertura, deu início ao desafio internacional de Jiu-Jitsu sem kimono, com algumas das novas revelações da arte suave. Neste, Oswaldo Augusto “Queixinho” (Soul Fighters) finalizou Ângelo Panoussis (Behring Canadá) com uma justa chave leglock. Marcos Vinicius (DDR) quedou e montou em Mad Jack Magee (Gordo-Evolve Inglaterra). O luta foi interrompida com a desclassificação de Magee, que tentou uma chave de calcanhar, golpe não permitido. O campeão do Pan 2010 João Gabriel (Soul Fighters) venceu Tor Troenge (Gordo-Evolve Suécia) por 4 a 2, com duas raspagens da meia guarda. Por fim, Mike Yackulic (Bhering Canadá) venceu surpreendentemente Eduardo Portela (Checkmat) depois de estar perdendo por 6 a 0. Conseguiu uma raspagem, joelho na barriga e passagem de guarda, no último minuto, para virar em 7 a 6 nos pontos. 

João Gabriel por cima Tor Troenge. Foto: Rogério Gomes

Destaques da faixa-preta 

Na disputa de kimono, também não faltaram bons combates. Vitor Henrique (GFTeam) foi o grande destaque, campeão no peso médio e no absoluto. Na sua categoria, Vitor bateu duas vezes Antonio Mendes (Nova União), numa chave de três, com dois estrangulamentos, mais precisamente um relógio na finalíssima. No aberto, Vitor finalizou Nilson Ricardo “Capoeira” (Nova União) com um triângulo e bateu Cassio Lisboa (BJJ) por 6 a 2, todos os pontos com quedas dos atletas.       

No pena o melhor foi Helio Jr (HBT), que finalizou João Alfredo (GFTeam) com um estrangulamento. No meio-pesado venceu Nilson Ricardo “Capoeira” (Nova União). Primeiro a fera bateu Bruno Ramos (HBT) por 7 a 0, com uma passagem de guarda e montada. Depois, ganhou de Anderson Oliveira (Soul Fighters) por 5 a 4, numa luta bem movimentada. Conseguiu uma raspagem e passagem de guarda contra duas raspagens do oponente. No pesado, Renan Vidal (Gordo-Evolve) venceu Ricardo Evangelista (GFTeam) na decisão do árbitro após empatarem em 2 a 2 (raspagens).  Na final, Renan ganhou Cassio Lisboa (BJJ) por 10 a 0, com duas raspagens e três quedas.  

(Colaborou Rogério Gomes)

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *