Hughes, Guida e Fitch comemoram vitória sobre brasileiros

Share it

Guida em foto de Josh Hedges

Muito foi falado sobre o fato de cinco americanos enfrentarem brasileiros nas principais lutas do UFC 117, na Califórnia, o que proporcionou um desafio particular entre as nações. E no placar foram melhores os atletas da casa, por 3 a 2. Enquanto Matt Hughes, Clay Guida e Jon Fitch venceram Ricardo Cachorrão, Rafael dos Anjos e Thiago Pitbull, respectivamente, Anderson Silva e Junior Cigano bateram Chael Sonnen e Roy Nelson. 

Membro do hall da fama do UFC, Matt Hughes estava contente. 

“Estou feliz por bater um bom brasileiro com um movimento do wrestling”, comemorou Hughes, que, depois de vencer Renzo Gracie e Cachorrão nesta temporada, deve descansar e só voltar no próximo ano.

Clay Guida viu seu oponente desistir com forte dor na mandíbula. Rafael dos Anjos sentiu a região no fim do primeiro round e o peso do ombro de Clay em seu rosto fez com que desistisse no terceiro assalto. 

“Eu estou aqui para ganhar, não para machucar meus adversários. Por isso peço desculpas sobre isso Rafa, você é um cara resistente e duro”, disse um Guida cavalheiro. 

O cabeludo ainda comentou a evolução desde que passou a trabalhar com o renomado treinador Greg Jackson.

“É um mundo de diferença. Levei tempo para perceber que eu sou minha maior distração. O treinador vai para me tornar um campeão. Campeões não nascem assim, eles são feitos, são treinados”, resumiu. 

Quem também tem motivos de sobra para comemorar é Jon Fitch que, com o bom resultado contra Thiago Pitbull, agora disputa o cinturão meio-médio da organização, hoje com Georges St. Pierre.

Ler matéria completa Read more
There are 5 comments for this article
  1. Roberto at 11:28 am

    Cachorrao deve se aposentar.
    Queixo de vidro e nao mostrou nada do BJJ. Nem esboçou defesa do estrangulamento do Hughes.

  2. Doido at 7:23 pm

    Valeu. então quando voce fizer a primeira besteira no seu trabalho, vou sugerir que fale para seu chefe que quer se aposentar, ou então se demite logo. Não é esse o seu pensamento?

  3. Bertolot at 10:37 pm

    O BJJ do Cachorrão é indiscutível, ele não defendeu o estrangulamento porque não se recuperou do knockdown…falar que os outros tem queixo de vidro é mole quero ver é aguentar a pedrada com aquela luvinha…o cara só não cai se o outro tiver mão de alface pq se pegar de jeito qualquer um cai!

  4. sarri at 2:17 pm

    Tss Tss Tss perder para Hughes, não ha problema alguam!!! mas perder dessa forma e no primeiro assalto hmmmmm sugere alguma coisa muito errado…o treinador Martin Jr deve estar preocupado!!!! Desistencia muito rapida …não entendo…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *