Quando a técnica supera a força o destaque é garantido

Share it

Willcox tenta vencer novamente no Internacional. Foto: Carlos Ozório

Gabriel Willcox é figura marcada nas principais competições mundiais da arte suave. Costuma frequentar os pódios e, entre os principais títulos, estão o Campeonato Brasileiro e o Brasileiro de Equipes. Entretanto, um título em especial trouxe grande destaque ao faixa-preta: o do Internacional de Masters e Seniors.

“É engraçado. Desde a faixa-azul conquistei vários pódios importantes, mas foi no Internacional a minha conquista mais comentada”, analisa. 

Em 2006, representando o Carlson Gracie Team, o peso pena venceu no peso e no absoluto, tendo derrotado na semifinal da categoria livre o favorito e mais pesado Jorge Patino Macaco.

“Essa luta me trouxe muito destaque, saí até na GRACIEMAG. Todos acharam que eu perderia por causa da diferença de peso. Mas lutei muito bem e venci o Macaco, que é um grande lutador. Acho que foi a primeira vez que um peso pena venceu peso e absoluto na faixa-preta neste evento. Lembro que, no ano seguinte, o Barbosinha repetiu o feito, só que no senior. É a prova de que no Jiu-Jitsu a técnica pode superar a força”, comenta. 

Neste ano, Willcox segue a tendência de muitos masters. Vai lutar no Internacional e no Rio Open, evento que acontece paralelamente, destinado aos adultos. 

“Não deixo de lutar com a galera no adulto. Acho que ainda dá para fazer força por mais alguns anos com essa garotada!”, finaliza. 

Quer participar do Internacional e do Rio Open? Saiba mais aqui.

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *