Brock finaliza no UFC 116 e é o campeão

Share it

Com muitas finalizações e alguns nocautes, o UFC 116, neste sábado,  em Las Vegas, foi uma das melhores edições da organização nos últimos tempos. Se o card, em sua totalidade, não era de impressionar, os lutadores mostraram o contrário dentro do octagon.

Na principal luta da noite, a disputa que definiu o campeão definitivo do peso pesado, Brock Lesnar teve trabalho contra Shane Carwin. Nocauteador, Carwin acertou um upper e abalou o gigantesco oponente, que caiu de costas ao chão. Carwin desferiu uma série de golpes, mas Brock resistiu bravamente e fez o oponente ir pela primeira vez, em 13 lutas, para o segundo round. A dúvida era se Carwin teria gás para lutar mais de um assalto, e o lutador realmente sentiu. Lesnar quedou, montou e, para a alegria de seu treinador de Jiu-Jitsu, Rodrigo Comprido, encaixou um katagatami para finalizar.

Tendo lutado no dia 19 de junho, Chris Leben não descansou e substituiu Wanderlei Silva, que se contundiu, no desafio contra Yoshihiro Akiyama. O japonês foi melhor no primeiro round, quando conseguiu aplicar boas quedas e trabalhou bem a trocação. Mas Leben mostrou que estava vivo a partir da segunda parcial. Numa troca de socos frenética, chegou perto de nocautear. No assalto final, Leben caiu por baixo. Mas ficou desferindo socos e cotoveladas e, depois de encaixar um armlock, insistiu no Jiu-Jitsu e engatou um justo triângulo.  Só restou a Akiyama dar os três tapinhas. 

Outra finalização foi aplicada por Chris Lytle. Após prender Matt Brown num triângulo invertido, finalizou na chave de braço, na segunda etapa.      

Conhecido por proporcionar apresentações emocionantes, Stephan Bonnar correspondeu às expectativas. A luta contra Krzysztof Soszynski, um tira-teima, foi pura ação. Bonnar parecia até que ia levar a pior novamente. Duramente castigado na trocação, começou o segundo round já com o rosto bem avariado. Em alguns momentos, até virou de costas e correu para fugir do prejuízo. Entretanto, ao decorrer da segunda etapa, passou a encaixar boas joelhadas. Numa delas Soszynski caiu de quatro apoios, de onde foi socado até o árbitro Mario Yamasaki separar.     

No primeiro combate do card principal, George Sotiropoulos segue subindo degraus na organização. O orgulho da Austrália usou bem a trocação e o Jiu-Jitsu para bater o experiente Kurt Pellegrino. Mesmo tendo sofrido um knockdown na última parcial, venceu por decisão unânime.   

Confira todos os resultados: 

Brock Lesnar finalizou Shane Carwin com um katagatami aos 2min19s do R2

Chris Leben finalizou Yoshihiro Akiyama com um triângulo aos 4min40s do R3

Chris Lytle finalizou Matt Brown com uma chave de braço aos emin2s do R2 
Stephan Bonnar venceu Krzysztof Soszynski por TKO aos 3min8s do R2
George Sotiropoulos venceu Kurt Pellegrino por decisão unânime
Brendan Schaub venceu Chris Tuchscherer por TKO aos 1min07s do R3
Ricardo Romero finalizou Seth Petruzelli com uma chave de braço aos 3min5s do R2

Kendall Grove venceu Goran Reljic por decisão dividida
Gerald Harris venceu David Branch por KO aos 2min35s do R3
Daniel Roberts venceu Forrest Petz por decisão dividida
Jon Madsen venceu Karlos Vemola por decisão unânime 

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *