Do baú: o pai de Roger em ação

Share it

Maurição Gomes, pai daquele rapaz promissor com quem ele se parece muito na fita, numa luta contra Otávio Peixotinho em novembro de 1981.

Ler matéria completa Read more
There are 2 comments for this article
  1. Peixotinho at 1:45 am

    Fiquei muito feliz pelo fato da Graciemag relembrar um dos momentos glamorosos da época dourada do Jiu-Jitsu: de um lado Rolls Gracie (um mito) e Crollin Gracie torcendo para Maurição (pai de Roger Gracie,ainda não nascido) e de outro lado Carlson Gracie, Wanderley Rebello, meu primo e meu pai, Marco-Aurélio Kühner de Oliveira (que nada entendia de Jiu-Jitsu) torcendo para mim. Felizmente, meu pai conseguiu um aparelho de vídeo-cassete e conseguimos eternizar a grande luta contra um grande lutador, que tanto admiro pela humildade como pelo caráter. Agradeço a meu aluno Augusto Pádua que postou no “Youtube”. Parabéns pelo trabalho desempenhado pela Graciemag na divulgação e engrandecimento das artes marciais.
    Obrigado a todos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *