Rich Franklin, um lutador boa praça

Share it

Rich contra Liddell. Foto: Josh Hedges

Ex-campeão de médios do Ultimate, Rich Franklin venceu neste sábado, no UFC 115, outro ex-campeão: Chuck Liddell. O nocaute, no primeiro round, faz com que o outrora professor de matemática suba alguns degraus na escada rumo ao título de meio-pesados, hoje sob poder de Maurício Shogun. O jeito de bom moço e a cara simpática, que lembra o comediante Jim Carrey, condiz com a personalidade do lutador. Nosso colaborador Nalty Jr. conversou com a fera, com exclusividade, em matéria publicada recentemente na revista NOCAUTE. GRACIEMAG.com traz alguns trechos desse bate-papo: 

Você acha importante passar a imagem de exemplo de atleta no MMA? 

Acho importante simplesmente ser quem você é. Ser você mesmo de um jeito positivo.

O que te levou ao MMA? 

Desde pequeno pratico artes marciais. Quando tinha 12 anos, meu pai me colocou no karatê. Comecei no MMA para manter a forma durante a faculdade e dar combustível à minha competitividade. Depois que assisti à algumas lutas de MMA percebi que muitos lutadores bons de boxe e muay thai não conseguiam manter a luta em pé. Foi então que comecei a treinar Jiu-Jitsu. 

Você já enfrentou o Lyoto Machida, no Japão, quando ele não era tão conhecido. Gostaria de tentar vingar essa derrota? 

Penso muito nessa luta. Na verdade, muita gente nem imagina que eu já lutei com o Lyoto. Vingança é uma palavra muito forte. Mas uma revanche, quem sabe? 

Na luta contra Wanderlei. Foto: Josh Hedges

E a sua vitória contra o Wanderlei Silva? 

Foi muito bom ganhar de um cara como o Wand, um grande lutador. Os fãs falavam dessa luta desde a época do Pride, mas éramos de organizações diferentes. Vencer o Wanderlei dá uma impressão de missão cumprida e de trabalho bem feito. 

Uma luta dura 15 ou 25 minutos. A vida é para sempre” Rich Franklin

É mais difícil ter uma boa performance no ringue ou fora dele? 

Ter bom desempenho na vida pessoal é muito mais difícil do que ter boa performance no octagon. Uma luta dura 15 ou 25 minutos. A vida é para sempre. 

Qual o segredo para se tornar um campeão? 

Trabalho duro. Você tem que levar a sério o que faz, porque, se não fizer isso, não chega a nenhum lugar. Tem que trabalhar todas as armas que precisa e não apenas ser reduzido a uma ou outra modalidade. 

O que você diz para aqueles que criticam o MMA? 

Essas pessoas não têm noção nenhuma do que é o esporte atualmente. Elas só precisam se informar melhor, se educar em relação ao MMA atual.

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *