Kyra comenta “reconquista” do peso leve em “O Globo”

Share it

Em meio às dez páginas totalmente dedicadas ao futebol e à Copa do Mundo da África do Sul, o Jiu-Jitsu conseguiu seu espaço. Hoje, no jornal “O Globo”, o caderno de esportes abriu espaço para o Mundial de Jiu-Jitsu, que terminou no último domingo em Long Beach.

A reportagem de Carol Knoploch relata que Roger Gracie foi o maior destaque da competição ao conquistar um inédito tri absoluto, mas tratou mesmo de ouvir a prima dele, Kyra, após as duas batalhas contra Luanna Alzuguir, a campeã do absoluto em 2010.

Kyra por cima, enquanto Luanna trabalha os ganchos. Foto: John Lamonica.

“Tivemos uma luta apertada (na final do peso leve) e consegui neutralizar o que ela faz de melhor, que é jogar por baixo, atacando da guarda. Assisti às lutas dela do ano passado, estudei o que eu havia feito para não cometer os mesmos erros”, disse Kyra. “Eu havia perdido para ela no absoluto e tive que dar a volta por cima. Este título é tão especial para mim quanto o primeiro, em 2006, pois tive de reconquistá-lo”.

Kyra conquistou assim o tricampeonato no peso (2006, 08 e 10), com um ouro absoluto em 2008 e mais quatro medalhas de prata. Já Luanna venceu o leve em 2009 e beliscou seu primeiro ouro absoluto em 2010.

Logo no subtítulo da reportagem, aliás, “O Globo” chama o fechamento de chaves de “acordo de comadres”.

Ler matéria completa Read more
There are 4 comments for this article
  1. isaias at 7:40 pm

    Grande Kyra Gracie!!!!!!!!! Parabens para ela !!! Tomara que os dvds do mundial 2010 tenham todas suas lutas, ganhando ou perdendo!!!! Porem, o jornal machista poderia mostrar algum respeito pelo esporte e atletas. SE o dono do negocio, do evento, das organizações , grande mestre Carlos Gracie Jr respeita a opção dos lutadores a ter o “gentle agreement” , fechar, por que reporteres alheios vão meter o bico? Se houvesse algum regra, etc etc ok, leigos, keep your noses out!!!!!!!! kkkk Adorei quando os brothers Mendes lutaram (treinão claro) em ABU DABHI, mas temos que respeitar quem fecha!

  2. cecilia helena at 12:07 pm

    Parabéns às duas atletas.
    Só naõ entendi o porque da Graciemag se referir ao ouro absoluto 2010 conquistado pela Luanna como um “belisco”, já que o ouro absoluto conquistado pela Kyra em 2008 também foi um “acordo de comadres”, entre ela e a Ana Laura Cordeiro. Lamentável Marcelo Dunlop e “o Globo” por esse comentário. Dêem crédito às atletas e valorizem o esporte, como bom exemplo prá essa garotada.

    • Marcelo Dunlop at 1:31 pm

      Olá dona Cecília,
      sem maldades. Pus “beliscar” no sentido de conquistar, abiscoitar, garantir, ganhar.
      Desculpe se soou mal.
      Quanto a “O Globo”, achei curiosa a menção ao fechamento de chaves.
      Abraços

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *