Cristiano Marcello pede o no contest

Share it

Cristiano Marcello contra Mandarina. Foto: Carlos Ozório

A luta entre Cristiano Marcello e o lutador da Costa Rica Alejandro “Mandarina” Solano trouxe muita polêmica no Bitetti Combat 7. Enquanto Mandarina crê que mereceu a vitória (ver aqui), Cristiano acredita que o árbitro errou e interrompeu o combate precipitadamente.  

“O primeiro round foi indiscutível e dominei. No segundo, optei pela estratégia errada. Deveria ter botado para baixo, onde sou superior, porque a trocação é loteria. Realmente ele teve um bom momento, senti o golpe, mas bati na grade, estava de volta, e o juiz separou. Se ele ia liquidar a fatura ou se eu ia me recuperar, ninguém nunca vai saber, porque houve o erro do juiz. Com certeza houve o golpe dele, mas a dúvida vai sempre existir. Tive muitos momentos de definir no primeiro round, o juiz também poderia ter separado, mas nunca vai haver um final dessa luta. Se houver seriedade do evento vai ser declarado o no contest e podem botar a luta de volta. É a única maneira da gente saber como seria”, diz o faixa-preta de Royler Gracie, que continua: 

“Houve um erro, uma precipitação que não foi de má índole. Mais que qualquer coisa foi uma inexperiência. Acredito que, se fosse o Mario Yamasaki o árbitro, a luta continuaria. Para haver essa luta novamente dentro do Bitetti Combat, tem que haver o no contest. Houve um erro do árbitro, mas ele faz parte do evento. Então tem que ter seriedade do evento. Todo mundo viu o que houve. O no contest acontece em diversos shows e, se ele existe, é para ser usado”, finaliza.

Ler matéria completa Read more
There are 3 comments for this article
  1. Marcelo at 10:18 am

    O Cristiano Marcello deveria agradecer ao arbitro a interrupção precipitada, pois assim o benefício da dúvida lhe favorece, porque na verdade ele já estava de guarda baixa, vesgo e cambaleante, mais um peteleco e ele caía.

    Foi melhor ter perdido do jeito que perdeu, pq agora ele pode falar oq quer, do que ter sido nocauteado por um desconhecido costa riquenho.

    O grande problema é que todos gostam de ver um corpo estendido no chão…

  2. luiz fernando santos at 11:50 am

    com certeza !!acredito que ali estao atletas profissionais todos cientes dos riscos a serem submetidos nos rigues(octogons)e uma atitude como essa pode vir a atrapalhar muito a carreira de um atleta profisional como o Cristiano marcelo,ali o juiz tem que estar preparado tecnicamente e piscologicamente para tais situacoes de adrenalina .ja ta virando moda outro dia foi o Shaolin la no strike ,no bitteti esse caso , e muitos outros em eventos menores nao divulgados pela midia….ta virando futebol em pleno evento de MMA!!!!!

  3. Thiago A. at 12:26 pm

    O árbitro realmente se precipitou. o Cristiano Marcello é atleta de alto nível, ou seja, tá preparado pra levar porrada. Se ele se recuperaria logo após é outra conversa. Se o árbitro tivesse aguardado mais alguns segundos todos nós saberíamos. Sou favorável à remarcação da luta pro tira teima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *