Focada no Mundial, Nova União treina duro em Dallas

Share it

Treino em Dallas. Foto: arquivo pessoal

Parte do time da Nova União já está reunida nos Estados Unidos, onde se prepara para o Mundial de Jiu-Jitsu. Nesta primeira semana do camp, os treinamentos foram em Dallas, na Octagon MMA, onde Bruno Bastos dá aulas. 

“Estou quebrado. Já estão aqui o Marcelino Freitas, o Rodrigo Feijão e o Daniel Garcia. Também treinamos na academia do Travis Lutter, que conta com uma galera muito dura para este Mundial, e tem a galera do Gustavo Dantas, que está dura para o campeonato”, conta Bruno Bastos. 

A Nova União faz uma reestruturação no Jiu-Jitsu e os primeiros resultados começam a aparecer. No Campeonato Brasileiro deste ano, o time ficou em terceiro lugar.  

“Fomos muito bem no primeiro final de semana do Brasileiro e, no segundo, como não estávamos com muitos faixas-pretas, ficou difícil acompanhar. Mesmo assim ficamos em terceiro. Nesse Mundial temos a meta de conseguir pelo menos 10 medalhas em todas as faixas. Ainda não dá para ganharmos, mas a ideia é, no próximo ano, entrarmos com uma equipe bem maior. Faremos agora camps para todos os eventos grandes e continuamos nos organizando. Vamos crescer”, comenta Rodrigo Feijão, um dos comandantes nessa reformulação. 

Daniel Garcia (de azul) é uma das novas apostas. Foto: Carlos Ozório

Entre as principais apostas da NU neste Mundial estão a dupla de gêmeos Broadnax, entre eles Christian, campeão peso e absoluto do Pan na faixa-azul juvenil. Agora a dupla estreia no adulto. Também não podem ser esquecidos Steven Rosenberg, terceiro no último Mundial no leve marrom, mas que lutará entre os pretas agora, a nova pedreira na faixa-preta Daniel Garcia, e os conhecidos do time Ricardo Demente, Bruno Bastos e Marcelino Freitas.  

“Os treinos estão muito bons. Começamos no último domingo e tem muito treino duro. O Bruno vai chegar muito bem e eu também”, avisa Marcelino, que terá uma dura missão no peso pena.

Inscreva-se no Mundial clicando aqui.

Ler matéria completa Read more
There are 2 comments for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *