Os socos, joelhadas e pontapés do Platinum Fight

Share it

O GRACIEMAG.com viu de perto os combates do Platinum Fight Brasil, em Ribeirão Preto, e pôde constatar que a pancadaria foi de primeira. 

Enquanto os curiosos aguardam a transmissão no canal Combate, é possível ver um pouco dessa ação nas fotos abaixo:

[flickr set=72157624109765532]

Ler matéria completa Read more
There are 7 comments for this article
  1. Deon at 9:36 am

    Tiago Teodoro não venceu, como informado na foto, ele pipocou…digo, perdeu.

    Ótimo evento.

    Tom foi vaiado pela arrogância e brincadeiras desreipeitosas antes do combate, além de não cumprimentar seu adversário antes da luta.
    Se lutasse como o Anderson Silva até poderia agir como ele, mas…

    Daniel Acácio lutou com um dedo quebrado desde o 1º round. Muito boa luta.

    Como no futebol: o choro é livre. Márcio Barão saiu estragado e não se contentou com o empate, falou besteira. Também achei errado. Ele perdeu.

    Espero que tenha outros eventos desse nível. Organização de parabéns.

  2. Luiz at 4:24 pm

    Tive a oportunidade de acompanhar o Jungle Fight em SP este fim de semana, e sem dúvidas o Platinum foi superior tanto em termos de organização quanto card. Contudo como nada é perfeito achei injusto o resultado da Luta do Marcio Barão X Leonardo Rodarte, pois o Marcio jogou pro chão várias vezes, no terceiro round tomou sim alguns chutes na perna, mas dominou o centro do ringue os 3 round e mesmo depois de ter tomado os chutes botou pro chão, passou a guarda, montou , trabalhou ground and pound, pegou as costas, enfim na minha opnião foi mais completo que o Leonardo que inclusive deveria ter sido advertido por ter segurado na grade (mesmo depois de uma advertencia verbal do Carlão para evitar o golpe)anti jogo… pra mim o Leonardo foi menos agressivo, menos técnico e merecia a derrota.

  3. Deon at 8:31 am

    Márcio Barão ganhou o primeiro round.
    Perdeu o segundo e o terceiro.

    Quem esteve no local entende o que aconteceu.

    Barão não aguenta trocação, no último evento em Ribeirão
    apanhou do André Pinóchio como um cachorro sem dono e ao
    fim do primeiro round, desistiu.

    O cara não é agressivo, não tem muay thai e nem boxe, só
    jiu jitsu (muito bom nessa modalidade). Se fosse melhor
    quando montou (1º)teria acabado com a luta.

    No chão, trabalhou o quê ? Nada..mão de espuma !

    Não dominou nada, caminhou para o lado e para trás.

    Não tomou iniciativa. Tática manjada, simular trocação
    e tentar queda.

    Faltou gás para Leonardo.

    Bem que poderia ter uma segunda luta. Vamos esperar !

  4. Katsumoto at 11:56 am

    Marcio ganhou o primeiro round, empatou o segundo e perdeu o terceiro, portanto o empate foi sim justo.
    Sobre o comentario dele, de que os juizes nao entendem nada de MMA, bem tipico de um Pitboy do BJJ. NUNCA perdem, sempre tem uma desculpa.
    Os 3 arbitros foram unanimes no resultado.

  5. Alan Ribeiro at 9:24 am

    A luta mais aguardada entre Barão e Rodarte não foi nenhum show, mas ficou claro a superioridade do lutador Leo Rodarte, o Barão fugiu o tempo todo tendo como sua única arma o anti-jogo, ele tem que no máximo participar de campeonatos de jiu, pois na trocação e um fracasso.

  6. Robsonrodrigues at 1:10 am

    MARCIO BARAO LUTOU MUITO E QUEM ESTAVA LA VIU QUE ELE VENCEU NO PRIMEIRO ROUND E PELO ATLETA LEO RODARTE SER EMPRESARIADO PELO ORGANIZADOR DO EVENTO NAO ENCERRARAM A LUTA, POIS O JUIZ CENTRAL RECEBEU ORDENS PARA DEIXAR O COMBATE CORRER…LEO LEVANTOU AO SOAR O GONGO TOTALMENTE DESORIENTADO…JUDIAÇÃO COM O RAPAZ, ACHO QUE DEVERIAM TER POUPADO O ATLETA E ENCERRADO O COMBATE…FICOU FEIO O RESULTADO…PARABENS AO BARAO, MOSTROU TER UM EXCELENTE JIU JITSU NO QUAL O ESTILO ELE REPRESENTA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *