Dupla do barulho promete repeteco no Mundial

Share it

A dupla do professor Marcos Barbosinha fez bonito no Brasileiro de Jiu-Jitsu. Tiago Alves e Murilo Santana chegaram à final e fecharam a categoria médio na competição. O campeão saiu no par ou impar. 

Tiago e Murilo comemoram. Foto: Carlos Ozório

Com o segundo posto, Tiago Alves aprovou o desempenho. 

“Foi show de bola! Consegui fazer tudo o que treinei. Quando deu para finalizar, finalizei. Nas lutas mais difíceis, usei a estratégia e consegui ganhar sem errar ou tomar ponto de bobeira. Acho que esse é o caminho, sem estrelismo”, fala ao GRACIEMAG.com. 

Agora o próximo desafio vai ser o Mundial de Jiu-Jitsu, que começa no dia 3 de junho, na Califórnia. 

“Vou para o Mundial, já estou até com a passagem comprada. Vamos eu e o Murilo. Ele é o meu braço direito nos treinos, ajudamos muito um ao outro. Isso só faz crescer ainda mais o nosso Jiu-Jitsu.”

Tiago passa por Guga na semifinal. Foto: Carlos Ozório

 Na Califa, Tiago espera ainda mais dificuldade para levar a categoria. 

“Pelo o que eu vi no Pan, onde havia vários favoritos e muitos perderam, será duro. Ali todos são favoritos e não dá para apontar alguém. Se escapa uma chave de pé, um triângulo, o cara é campeão.” 

Medalha de ouro no Brasileirão, Murilo Santana não esperava tanto. O lutador vinha se dedicando ao MMA. A estreia acabou adiada e não houve muito tempo para se preparar com o kimono. 

“Vinha meio sem expectativa, mais ajudando o pessoal a treinar para o evento. Não esperava e fiquei bem contente. Teve umas lutas muito duras, mas consegui finalizar todos no peso, fechei com o Tiaguinho e deu tudo certo”, diz o faixa-preta, contente pela campanha perfeita. 

Murilo (azul) bateu Victor Bonfim na semifinal. Foto: Carlos Ozório

Murilão fez três lutas, enquanto Tiago bateu quatro oponentes.Na Califórnia vem mais. 

“No Mundial vou fazer muita força e ir para cima. Vai ter um bando de gente boa lá e tentarei pegar todo mundo”, finaliza.

 As inscrições para o Mundial de Jiu-Jitsu estão abertas. Para saber mais clique aqui.

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *