Em noite de “filho” de Tahnoon, Brasil, Rússia, Inglaterra e Camarões avançam no GP de Abu Dhabi

Share it

O MMA chegou para ficar em Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes, e chegou fazendo barulho.

Depois do UFC 112, em abril, o Abu Dhabi Fighting Club fez sua estreia com um card de respeito, em que figuravam Jeff Monson, Rameau Sokoudjou e outras estrelas internacionais.

Jeff Monson e a pedreira russa Shamil. Foto: Divulgação.

Mas quem começou fazendo barulho foi um brasileiro, um professor carioca radicado no país e que dá aula para a criançada. Com um poderoso soco aos 17s de luta, Marcão Oliveira nocauteou o francês Johan Romming e agora é um dos favoritos ao título do GP do ADFC, que dá um milhão de dirham ao grande campeão, cerca de 700 mil reais ou 350 mil dólares. Pelo nocaute, Marcos faturou cerca de 25 mil reais, ou 13 mil dólares.

Mas a luta mais esperada da noite tampouco deixou a desejar. Jeff Monson enfrentou o duro Shamil Abdurahimov, da Rússia, e o oponente menos famoso provou seu valor, vencendo Monson por decisão unânime dos jurados.

Quem também não teve vida fácil foi Rameau Sokoudjou, surpreendido pelo americano Dave Herman com bons chutes. Dave, porém, aplicou duas joelhadas na cabeça do camaronês quando este estava no chão, e foi desclassificado. Não foi da maneira que  ele queria, mas Sokoudjou avança para a semifinal no dia 15 de outubro, em Abu Dhabi.

Na primeira luta do torneio, o inglês Neil Wain nocauteou o polonês Przemyslaw Mysiala aos 4min do segundo assalto, e segue vivo na disputa.

A noite não podia acabar sem a exibição de um talento local. E Hassan Al Rumaithi, filho adotivo de Xeque Tahnoon bin Zayed, partiu para dentro de seu oponente italiano, montando e definindo a luta com socos da posição.

Já a melhor finalização da noite foi do gaúcho Maiky Reiter, também radicado em Abu Dhabi. Ele finalizou rapidamente seu oponente iraniano no primeiro assalto.

Confira os resultados completos e palpite: qual deve ser o casamento das lutas na semifinal do GP, em outubro?

ADFC 1
ADNEC, Abu Dhabi, Emirados Árabes
14 de maio de 2010

GP – 1ª fase
Marcos Oliveira nocauteou Johan Romming aos 17s do 1R
Neil Wain nocauteou Przemyslaw Mysiala aos 4min do 2R
Rameau Sokoudjou venceu Dave Herman por desclassificação
Shamil Abdurahimov venceu Jeff Monson por decisão unânime dos jurados

Demais lutas
Hassan Al Rumaithi venceu Silvino Valenti por desistência (socos da montada)
Malik Omarov nocauteou Arzan Quasid a 1min20s do 1R
Michele Mirabella venceu Aymen Ben Ali por TKO no 2R
Maiky Reiter finalizou Abbas Molhah a 1min53s do 1R

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *