Depois do ótimo Pan, Abmar adianta: “Não basta ganhar o Mundial, quero lutar bem”

Share it

Abmar nas costas de Kron Gracie. Foto: Ivan Trindade

Abmar Barbosa foi uma das sensações no Pan de Jiu-Jitsu 2010. O faixa-preta, que lutou pela equipe de Robert Drysdale, superou pedreiras como Kron Gracie (11 a 0) e Lucas Leite com um armlock para ficar em segundo no peso médio, atrás apenas de Kayron Gracie. Radicado nos Estados Unidos, onde já está no gás para o Campeonato Mundial, Abmar conversou com o GRACIEMAG.com. Conheça um pouco mais dessa pedreira nos dojôs: 

O que achou da sua participação no Pan? 

Fiquei feliz com a minha participação no Pan. Lógico que queria ter vencido a final, mas o Kayron (Gracie) foi melhor. Então ele mereceu o resultado naquele dia.

Vai lutar o Mundial? O que será mais difícil nesse evento? 

Vou lutar sim. Agora, sobre o que vai ser mais difícil, acho que é segurar a vontade de lutar até lá (risos)! 

Chegaram à final do Pan você e o Kayron, o que para muitos foi uma surpresa… 

Não acho que foi surpresa eu e o kayron na final. Hoje não tem ninguém mais duro que ninguém. Todo mundo que chega na faixa-preta chega muito bem e, quem já estava nela, continua muito bem. Melhor falando, faixa-preta é faixa-preta, não tem moleza. 

No Pan, Abmar só parou na elástica guarda de Kayron. Foto: Ivan Trindade

Então, o que fazer para manter o padrão e continuar vencendo no meio de tantos atletas duros? 

Mantenho os mesmos treinos que fiz para o Pan. Para eu vencer as pedreiras, com todo mundo no mesmo nível, acho que o fundamental é a preparação e estar bem comigo mesmo. Estou numa fase ótima na vida, em todos os aspectos. Acho isso fundamental.    

Fale um pouco da sua academia? 

Minha academia é em Hudson, Massachusetts (www.abmarbarbosajiujitsu.com). Estou treinando muito Jiu-Jitsu com o suporte de alguns faixas-pretas, entre eles os lutadores Ryan Hall, Clint Radwani e Brian Caldwell. Também faço preparação com o meu personal e sócio Leo Mortan. A rotina é pesada, pois nunca tive o suporte que tenho agora e nunca treinei como estou treinando. Não quero só ganhar o Mundial, quero lutar bem em todas as lutas. 

Abração e obrigado a todos da GRACIEMAG pela entrevista! 

– Que nada Abmar, a gente que te agradece!

Ler matéria completa Read more
There are 5 comments for this article
  1. Denis at 9:45 pm

    Esse Abmar é muito bom, a guarda dele é bem tecnica, otima materia, e com certeza vai ser mais uma pedreira nos pesos medios

  2. Roger Fellipo at 9:49 pm

    Ele luto muito bem o Pan, passo o CAMINHÃO no Kron…rsrsr, e que finalização lindo no Lucas leite, ele e o Kayron foram merecedores da final,só enfrentaram caras duros

  3. FABIO (VUDU) ANSCHAU at 12:58 pm

    ASSISTI A LUTA DELE CONTRA O KRON, O GRACIE ESTAVA IRRECONHECIVEL, LUTOU COMO UM FAIXA BRANCA ESTAVA SEM GÁS, PARECIA QUE SAIU DE UMA BALADA E FOI LUTAR, ASSIM NÃO DÁ, AI BOTA O NOME DO PAI NA LIXEIRA MESMO.

  4. Joe Lucas at 9:02 pm

    O KRON NÃO LUTOU MAL!, FOI O ABMAR Q DEU UMA SURRA NELE MESMO, PRA VER COMO O ABMAR TAVA BEM MELHOR ,ELE FINALIZO O LUCAS LEITE Q NUNCA PERDEU PRO KRON…CONCERTEZA ESSE MUNDIAL PROMETE EMOÇOES NO PESO MEDIO E NO ABSOLUTO.

  5. maria de fatima higino de carvalho at 7:02 pm

    Hei, Abmar Barbosa esse cara é o cara mesmo.
    Boa Sorte no Mundial te aguardo lá arrebenta garoto!!!!!!!!!!
    bjos mil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *