Crispim comenta luta que não houve

Share it

Crispim em foto com GSP. Arquivo Pessoal.

Alexander Crispim estava para fazer sua luta pelo título no último sábado, mas seu oponente acabou por não lutar.

O faixa-preta da Gracie Barra explicou o ocorrido.

“Agradeço a todos que me ajudaram nesse mês de preparação para a luta no Cage Combat, em Santa Rosa. Como vocês devem saber já, dois oponentes escolhidos para lutar comigo tiveram de abandonar a disputa por conta de lesões. Me ofereceram um terceiro adversário dois dias antes da luta, mas infelizmente ele também não pôde lutar. Encaro como um daqueles exemplos na vida em que não importa quanto a sua preparação é perfeita, muita coisa fora do seu controle pode ocorrer”, escreveu Crispim.

“Eu estava lá pronto e doido para lutar, e fiquei muito desapontado. Por mim, minha família, minha equipe. O Cage Combat, ao meu ver, fez tudo dentro das possibilidades para minimizar tudo isso, mas infelizmente as pessoas, os lutadores, fazem escolhas que prejudicam outras pessoas. Cage Combat disse que sou o campeão interino dos penas, mas não vou me sentir como tal até lutar pelo cinturão. Vou continuar a treinar, dar aulas de Jiu-Jitsu e trabalhando duro pelo meu time. Obrigado a todos e até a próxima batalha! Treinem duro e se divirtam”, despede-se o lutador.

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *