Hacran vence com casa cheia no Dojo Combat

Share it

Hacran recebe o cinturão. Foto: Diego Marcello

Aconteceu no último sábado, na cidade de Juiz de Fora (MG), a primeira edição do Dojo Combat. Apesar de algumas baixas no card, o público compareceu em peso, cerca de 4 mil pessoas lotaram as dependências do Sport Clube de Juiz de fora. O evento foi marcado por um show de Jiu-Jitsu com muitas finalizações. Além disso, teve presenças ilustres como o campeão do Pancrase e astro do Sengoku Marlon Sandro, o grande expoente do muay thai nacional Bruno Carvalho e o campeão peso e absoluto do Pan de Jiu-Jitsu Bernardo Faria. 

Hacran Dias (Nova União) ia enfrentar Paulo Bananada (que por motivos pessoais não pôde lutar), mas acabou encarando Cyldemar, que aceitou o combate de última hora. Logo no inicio da luta, Hacran mostrou sua superioridade e acertou um soco direto no oponente, o levando a knockdown. Completou o serviço com uma seqüência de socos e tiros de meta (pelas regras do evento, era permitido o golpe). A vitória foi por TKO.

Luta entre Marlon e China terminou empatada. Foto: Diego Marcello

Em mais uma das lutas principais, Marlon Moraes (Fight Co/Nova União) enfrentou Sandro China (Careca MMA Team) e os dois atletas fizeram bonito. No round 1, após defender uma queda, Marlon apresentou um muay thai muito agressivo, característico do seu jogo. A partir daí, Sandro buscou a luta de solo, botando Marlon pra baixo. No segundo assalto, Sandro continuou com a mesma estratégia e, depois de derrubar, chegou à montada. Na etapa final os atletas já estavam cansados. Ficaram trocando golpes em boa parte do round e Sandro conseguiu quedar. Ao fim da disputa, as papeletas anotaram empate.    

Jacaré buscou a finalização. Foto: Diego Marcello

Em outros combates de MMA que agitaram o público, Daniel Jacaré (Nova União) finalizou Gamet (Gracie Barra Guarulhos) com um armlock, no assalto inicial. Leonardo Rocha (Gracie Fusion BH), que é irmão do lutador Joaquim Mamute, finalizou Junior Careca (Relma) com um estrangulamento. João Paulo (Cyborg/Chute Boxe) finalizou Enéas PQD (Relma), no segundo assalto, com uma americana de pé. Marlon Valença (Marcos Valença Team) venceu Fabiano Lima (Abu Team) por decisão unânime e Murilo Filho (Manimal Fight Team) nocauteou Fábio Índio (Gracie Barra Guarulhos) no round 1.     

Outra grande atração foi a superluta de muay thai entre Bruce Carvalho, irmão de Bruno Carvalho, e Aldenir Paraíba (Cyborg/Chuteboxe). O combate, que era uma revanche, foi muito parelho e, mesmo após o round extra, permaneceu empatado. Ainda não foi dessa vez que Bruce devolveu o revés a Aldenir.  

O apresentador Xicão Joly e as belas ring girls. Foto: Diego Marcello

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *