Semifinais do absoluto definidas em Abu Dhabi

Share it

Vella bateu Dmente e segue na briga. Foto: Luca Atalla

Depois do feminino, foi a vez de o absoluto agitar os dojôs montados em Abu Dhabi, no World Pro. Com alguns dos melhores competidores da arte suave, um total de 75 atletas, a principal categoria contou com lutas emocionantes a resultados surpreendentes. Os combates foram até as semifinais, que ficaram da seguinte forma: Gabriel Vella x Bráulio Estima e Alexandre Souza x Claudio Calasans. A continuação da categoria é neste sábado.  

Calasans usou o conhecimento no judô, arte que também é faixa-preta. Foto: Luca Atalla

Calasans está na semi e não precisou lutar as quartas-de-final. Nesta fase, contou com a ajuda do companheiro Rafael Mendes, que deixou o amigo seguir no páreo. Rafa, que está na final do peso até 65kg, mandou bem. Derrotou adversários mais pesados como Luiz Big Mac, que havia superado Rômulo Barral. 

Levinho, Rafa Mendes bateu Big Mac. Foto: Luca Atalla.

O adversário de Calasans vai ser Alexandre Souza, que também não teve tarefa fácil. Deixou pelo caminho pedreiras como André Galvão, que protestou o resultado. A derrota nas quartas foi por uma vantagem. 

Souza venceu André Galvão. Foto: Luca Atalla

Outro monstro no evento, Gabriel Vella segue com moral. O representante da Ryan Gracie superou Ricardo Demente nas quartas, um dos favoritos, por 2 a 1 nas vantagens. O detalhe é que os dois fazem, domingo, a final do peso acima de 92kg. No absoluto, Vella encara Bráulio estima na semifinal. Assim como Calasans, Bráulio não precisou lutar as quartas, contando com a ajuda do companheiro da Gracie Barra José Jr. 

Bráulio finalizou Guto Campos. Foto: Luca Atalla

Entre os semifinalistas do absoluto, apenas Alexandre Souza não está na final da categoria de peso, derrotado por Gabriel Vella.  

Fique ligado no GRACIEMAG.com para saber tudo sobre Abu Dhabi.

Confira abaixo os confrontos que vêm por aí: 

Semifinais absoluto roxa, marrom e preta 

Gabriel Vella (Brasil) x Bráulio Estima (Brasil)

Alexandre Souza (Brasil) x Claudio Calasans (Brasil)

Finais Roxa, Marrom e Preta masculino

-65kg
Final: Guilherme Mendes (Brasil) x Rafael Mendes (Brasil)
3º) Almiro Barros (Brasil)
3º) Kataniwa Katsunori (Japão)

– 74kg
Final: GIlbert Burns (Brasil) x Claudio Matos (Brasil)
3º) Michel Maia (Brasil)
3º) Celso Venícius (Brasil)

-83kg
Final: Braulio Estima (Brasil) x Claudio Calasans (Brasil)
3º) Delson Heleno (Brasil)
3º) Gustavo Campos (Brasil)

-92kg
Final: Alexandro Ceconi (Brasil) x Romulo Barral (Brasil)
3º) Zumbi Larara (Brasil)
3º) Carlos Alexandre “Baby” (Brasil)

+92kg
FInal: Ricardo Abreu (Brasil) x Gabriel Vella (Brasil)
3º) Luiz Felipe Theodoro (Brasil)
3º) Marcus de Almeida (Brasil) 

Finais feminino 

– 63

Luanna Alzuguir (Brasil) x Beatriz Mesquita (Brasil) 

+63

Gabrielle Garcia (Brasil) x Luzia Fernandes (Brasil)

Finais Branca e Azul:

-63kg

Final: Tarek Al Kutbi (EAU) x Ahmed Gloum (EAU)
3º) Raymond Lee Massa (Nova Zelândia)
3º) Ghaleb Odeh Ahmad (Jordânia)

-68kg

Final: Matheus Luckmann (Brasil) x Jacob Sandoval (EUA)
3º) Talib Saleh (EAU)
3º) Kevin Mahecha (EUA)

-73kg
Final: Daniel Svensson (Suécia) x Daniel Agard (Reino Unido)
3º) Issa Able (EUA)
3º) Takatoshi Matsumoto (Japão)

-78kg
Final: Khaled Abdul Kareem (Jordânia) x Jonathan Tuck (Guam, EUA)
3º) Zaid Jarandoka (Jordânia)
3º) Mario Marwan Kamal (Iraque)

-83kg
Final: Kit Dale (Austrália) x Gustavo Silvestro (Brasil)
3º) Faisal Al Souqi (Jordânia)
3º) Wesley Charles (África do Sul)

-88kg
Final: Majid Al Naqbi (EAU) x Krysztof Saganowski (Polônia)
3º) Tamer Sameer (Jordânia)
3º) Sami Mohamed (Jordânia)

-93kg
Final: Celson Frabetti (Brasil) x Faisal Al Kutbi (EAU)
3º) Bjoernar Beylich (Noruega)
3º) Brandon Kalapu (Nova Zelândia)

-98kg
Final: Yahya Mansoor (EAU) x Marcelo Tarso (Brasil)
3º) Tarek Matar (EAU)
3º) Orlando Sanches (EUA)

+98kg
Final: Hideki Sekine (Japão) x Willie Leonard (EUA)
3º) Mohammad Al Menhali (EAU)
3º) Alex Fraser (Canadá)

Ler matéria completa Read more
There are 3 comments for this article
  1. Cláudio Calasans Camargo at 8:23 pm

    É isso ai !
    O Calasans Jr está firme na busca dos títulos na categoria e no absoluto.
    Ele nasceu no tatame,o médico que fez o parto já era faixa preta e o menino foi criado com fubá na mamadeira e muito treino desde 3 anos de idade,competindo praticamente em todos os finais de semana no judô.AOS 13 ANOS CONHECEU E SE APAIXONOU PELO JIU-JITSU GRACIE,ou Brasilian JJ,onde treinava com seu colega de infância da sua idade ,o André Galvão.Em 2008 também conheceu a luta olímpica e tornou-se titular da seleção brasileira ,disputando os pré olímpicos dos EUA e da Europa.Desde os 15 anos se classifica em campeonatos internacionais de JJ e em 2009 o André Galvão veio nos visitar e o convidou para vir para a Athos.Dai para frente seus resultados foram muito expressivos.O grande diferencial do Calasans Jr é justamente o seu domínio do chão e das quedas , a sua perseverança e dedicação plena e sobretudo sua coragem de guerreiro.

    Calasans pai

  2. Vinicius Oliveira at 12:46 am

    Rafael Mendes é simplismente sensacional, o melhor jiu jitsu que tem, tive a sorte de vê-lo lutar ao vivo, na seletiva do Rio.

Deixe uma resposta para max olivera japao Cancel comment reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *