Ouro no Pan empolga para Sul-Brasileiro, Brasileiro e Mundial

Share it

Michelle e o perigoso triângulo. Foto: Carlos Ozório.

Assim que se sagrou campeã peso-pluma, a faixa-preta Michelle Nicolini sentou-se ao lado de Caleb Querns e Shawn Williams, comentaristas da Budovideos.com, e mandou ver no seu inglês. Mesmo assim, diz, “estava nervosa, não deve ter saído muito bom não”.

Nervosa e cansada, como admitiu depois ao GRACIEMAG.com, ao vibrar com mais uma medalha de ouro na carreira. “É verdade, mais uma. Eu estava precisando desta”, sorriu a morena da CheckMat.

Nicolini enfrentou primeiramente a japonesa Takako Abe (Paraestra), em luta válida já pela semifinal, e enfiou 19 a 2. “Eu abri uns pontos, mas aí me senti um pouco cansada e acabei sentando pra fazer guarda. Dei esses 2 pontos mas em compensação me ajeitei e fechei o triângulo. Nesse campeonato nem fiquei muito por baixo, nem fiz minha guarda. Mas foi excelente, assim as pessoas puderam ver que também sei jogar por cima!”, brincou.

Já na final, ela enfrentou Nyjah Easton (Lloyd Irvin), e venceu por 17 a 0. “Me senti um pouco cansada, mas deu tudo certo. Agora é voltar a São Paulo e aos treinos no Leozinho. Vou lutar o Sul-Brasileiro, o Brasileiro, a SP Cup e enfim o Mundial 2010”, programa-se. O ouro no Pan apontou o caminho certo, e a prova de que só pensa no objetivo final é que Michelle não vai dar nenhum seminário até junho:

“Isso, seminários só depois do Mundial”, despediu-se a atual vice-campeã mundial, pois precisava partir para o aeroporto de Los Angeles.

Para conferir as inscrições para o Sul-Brasileiro, acesse Ibjjf.org.

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *