Langhi e a dobradinha que dá certo

Share it

Michael Langhi em foto de Carlos Ozório

Michael Langhi segue vencendo tudo o que disputa. Em 2009, não perdeu e, nesta temporada, já subiu no topo do pódio no Europeu e, recentemente, no Pan de Jiu-Jitsu.

“O Pan é um campeonato sinistro, só fica trás do Mundial mesmo. Esse então foi o maior Pan da história. Graças a Deus finalizei as três lutas que fiz antes de fechar a categoria com o Lucas Lepri”.

Aliás, falando no companheiro de time de Langhi, os lutadores têm aterrorizado a categoria de leves. Fecharam no Pan do ano passado e no Europeu e Pan deste ano. Agora o empenho será por mais uma dobradinha no Mundial.

“No Pan passado ele ficou com o ouro e combinamos que no Mundial eu ficaria em primeiro. Infelizmente, ele perdeu antes no Mundial, mas acabei sendo campeão. No Europeu, como havia ganhado no ano anterior e ele não tinha o título, dei o ouro para ele e combinamos fazer o mesmo no Pan, o que aconteceu dessa vez. Graças a Deus estamos sempre fechando a categoria e o que menos importa é quem fica em primeiro e quem fica em segundo. O que interessa é vencermos”, explica.

Langhi em foto de Carlos Ozório

De olho em tudo o que rolou na Califórnia, Langhi ficou impressionado com o nível da competição e apontou os maiores destaques.

“O nível da faixa azul a preta estava excelente. Estávamos até comentando como toda a galera das outras faixas está lutando certinho. Na marrom, então, estava ótimo, enquanto na preta lutaram diversos atletas de ponta”, fala.

“Com certeza, quem mais me impressionou foi o Bernardo (Faria, campeão no peso e absoluto). Não que ele tenha me surpreendido, porque sabia do potencial dele. Mas pelo fato de ter feito tudo certo nas lutas. Também me impressionaram bastante o Abmar Barbosa e o Kayron Gracie. O Abmar venceu o Kron e finalizou o Lucas Leite. É um cara que já treinei, convivi bastante e que fez um campeonato excelente. Também foi impressionante a evolução do Kayron, que  derrotou o Abmar e lutou muito. Foi bonito ver as lutas desses três”, completa ele, que já foca em novos objetivos:

“Estou de volta ao Brasil. Tenho alguns compromissos, mas o próximo campeonato, provavelmente, será o Brasileiro. Posso lutar o SP Cup, mas confirmado até agora só o Brasileiro e o Mundial”, finaliza.

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *