Cigano: “Se vencer a próxima, vou para o cinturão”

Share it

Cigano já mira o cinturão. Foto: Josh Hedges

Recentemente, o gordinho Roy Nelson declarou que adoraria enfrentar Junior dos Santos, o Cigano, no UFC. Numa sequência de cinco vitórias na organização, todas antes do gongo final, o brasileiro admite que o combate não está nos planos. Segundo Ciganão, a chance pelo título de pesados do UFC está próxima.   

“Ele é um cara duro, que trabalha. Mas, como o UFC me disse, já estou próximo do cinturão. Então, para mim não faz muito sentido essa luta. Mas, se casarem, com certeza luto com ele. Acho ele um cara perigoso, que vem mostrando um bom trabalho”, cometa o lutador ao GRACIEMAG.com. 

Sobre a oportunidade pelo título num futuro próximo, diz:   

“Eles me falaram que o Brock Lesnar e o Shane Carwin vão lutar agora e que o Cain Velasquez espera para pegar o campeão entre os dois. Eu faço mais uma luta e, se vencer, vou para o cinturão. É algo assim”, explica. 

Enquanto a chance não chega e aguarda o futuro adversário, o catarinense está de olho na luta entre Anderson Silva e Demian Maia, que acontece neste sábado.   

“Acho que Anderson contra Demian é 80% de chance para o Anderson e 20% para o Demian. Mas luta é luta. A gente nunca sabe o resultado. Se o Demian tiver êxito na queda ou prender o Anderson no chão, pode, com certeza, finalizar. Já treinei com ele também e o Demian tem o Jiu-Jitsu muito, mas muito bom. Entretanto, é dificílimo derrubar o Anderson e sabemos que ele é o melhor peso por peso do mundo. O Demian será barra pesada, mas acho que o Anderson ganha”, aposta.

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *