GSP e a busca pela perfeição

Share it

GSP quase finaliza na kimura. Foto: Josh Hedges

Apontado como um dos melhores lutadores em todos os pesos do MMA atual, Georges St. Pierre segue imbatível entre os meio-médios do UFC. Contra o inglês Dan Hardy, no UFC 111, foi mais um passeio do canadense. 

Entretanto, se para muitos a vitória incontestável seria apenas motivo para comemoração, não é o caso de GSP. Mesmo num grande triunfo, o lutador observou falhas no jogo. Mais de uma vez, principalmente numa justa chave Kimura, chegou perto da finalização contra Hardy. No entanto, não conseguiu fazer o oponente dar os três tapinhas.   

A evolução técnica, a busca pela perfeição – ou algo próximo disso -, é o principal combustível do campeão. No vestiário, logo após a vitória, St. Pierre conversou com os treinadores Renzo Gracie e John Danaher, que o ajudaram nos treinamentos para o combate.   

“A primeira coisa que ele fez após a luta foi pedir para mostrar o que houve de errado. O porquê de não ter finalizado”, disse Renzo. 

O Gracie corrigiu algumas questões referentes ao posicionamento, ângulo e distribuição de peso. Pequenos detalhes que podem fazer diferença num momento crucial. Mas não deixou de elogiar GSP, que fez por merecer a faixa-preta de Jiu-Jitsu na apresentação.   

“Sei que da próxima vez ele não vai cometer tal erro. Foi uma luta incrível, ele não parou por um segundo”, finalizou Renzo.

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *