10 grandes chocolates do MMA

Share it

No Brasil, o domingo de Páscoa é dia de criança comer chocolate. No Brasil, “chocolate” também quer dizer uma vitória acachapante, uma goleada, quando o adversário nem vê a cor da bola, e o vitorioso passeia.

Em homenagem à data, GRACIEMAG.com selecionou 10 “chocolates” da história do vale-tudo. Delicie-se com moderação.

10) José Mario Sperry x Igor Vovchanchyn, 2001

No Pride, Zé Mario fez o desafio de enfrentar o temido ucraniano parecer fácil.

http://www.youtube.com/watch?v=S_V9QSPbUdw

9) Yoshihisa Yamamoto x Mark Kerr, 2004

Outrora todo poderoso, Mark Kerr perdeu o prumo ao mergulhar de cabeça no chão. O auto-nocaute mais famoso do MMA.

8) Alexander Emelianenko x James Thompson, 2004

No ringue do Pride, quem vê cara realmente não vê coração.

http://www.youtube.com/watch?v=4z6vO1VqCzM

7) BJ Penn x Diego Sanchez, 2009

A vitória maiúscula e sangrenta do havaiano no UFC 107.

6) Royce Gracie x Ken Shamrock, 1993

No UFC 1, a técnica sobrepuja o preparo físico.

5) Matt Hughes x Royce Gracie, 2006

Já no UFC 60, o preparo sobrepuja a técnica.

4) Vitor Belfort x David “Tank” Abbott, 1998

Nasce o “Fenômeno”, numa época em que nenhum lutador de Jiu-Jitsu tinha mãos tão rápidas.

3) Wanderlei Silva x Kazushi Sakuraba, 2001

Saku parecia imbatível. Parecia.

http://www.youtube.com/watch?v=qJKEBKmb2eM

2) Fedor Emelianenko x Tim Sylvia, 2008

Em 36 segundos, um bonito passeio do russo no Affliction.

1) Anderson Silva x Forrest Griffin, 2009

O chocolate mais lembrado dos fãs de MMA, quiçá dos fãs de esportes em geral.

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *