Nova geração conquista 35 medalhas no judô

Share it

Rafaela Silva, em foto de divulgação.

Numa ação inédita promovida pela Confederação Brasileira de Judô, os judocas das seleções Sub-17 e Sub-20 do Brasil passaram duas semanas competindo e treinando na Europa. O resultado foi altamente proveitoso, com 34 medalhas conquistadas, além de um bronze numa competição amistosa por equipes. Os atletas da nova geração retornam para casa no dia 2 de abril e mostram que a geração que poderá representar o país nas Olimpíadas do Rio de Janeiro 2016 já está conquistando experiência internacional.

Foram ao total cinco eventos em 15 dias, além de treinamentos de campo. Torneio de Bremen, Thuringia e Vulkaneifel, na Alemanha, e de Coimbra, em Portugal. O bronze por equipes foi conquistado em amistoso contra Japão, Alemanha e Kazaquistão. 

Nomes de destaque, como a campeã mundial Sub-20 Rafaela Silva (Projeto Reação) e a campeã mundial Sub-17 Flávia Gomes, confirmaram o favoritismo. Em Thuringia, Rafaela conquistou o ouro numa chave com 61 judocas. Também subiram ao pódio Eleudis Valentim (-52kg Sub-20) e Águeda Silva (-44kg Sub-20), que foram prata. Ainda em Thuringia, Nathália Brígida (-48kg Sub-20), Sibilla Facholli (-70kg Sub-17) e Flávia Gomes (-63kg Sub-20) terminaram na terceira colocação.

No Torneio de Bremen, também na Alemanha, o judoca Jonas Inocêncio (-100kg), conquistou a medalha de prata para o Brasil. Nicolas Santos (-60kg) e Ricardo Santos (-66kg) foram bronze nesta competição.

Em Coimbra (POR), num evento válido pelo Circuito Europeu Sub-20, a categoria meio-médio feminina (-63kg), teve final verde-amarela, com Flávia Gomes e Fernanda Peinado. Flávia ficou com o ouro. Samantha Soares (+78kg),  Agueda Silva (-44kg), Nathalia Brigida (-48kg) e Rafaela silva (-57kg) também se consagraram campeãs, enquanto Sergio Yoshimura (-55kg), Allan Kawabara (-60kg), Eleudis Valentim (-52kg) e Daniel sousa (+100kg) ficaram com o bronze.

Paralelo ao Torneio de Coimbra,  a equipe Sub-17 lutou e dominou o Regional de Vulkaneifel, disputado em Kaiserslautern. Foram 14 ouros: Lais Lessa (-40kg), Nathália Mercadante (-44kg), Alexia Castilhos (-48kg), Beatriz Nery (-57kg), Beatriz Oliveira (-70kg), Sibilla Faccholli (+70kg), Leonardo Tavares (-50kg), Alessandro Machado (-55kg), Nicolas Santos (-60kg), Ricardo Santos (-66kg), Gustavo Assis (-73kg), Eduardo Gonçalves (-81kg), Gabriel Souza (-90kg) e Tiago Bastos (+90 kg).

“Os campeonatos foram de nível elevado e os resultados muito bons, correspondendo às expectativas. Apesar de estar em contato com as meninas há pouco tempo percebi que são muito aplicadas técnico e táticamente. Elas precisam de um cuidado especial para continuarem se desenvolvendo. Todas possuem potencial, mas precisam se aprofundar nos fundamentos técnicos, como sequências de golpes e a transição da luta em pé para a luta no solo”, explica Douglas Vieira, treinador da seleção feminina Sub-20 e vice-campeão olímpico em Los Angeles-1984.

Mais informações: 
www.cbj.com.br

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *