Werdum encara Fedor: “O melhor seria ficar por cima”

Share it

Desde a última vitória no Strikeforce, quando bateu Antonio Pezão, em novembro de 2009, Fabrício Werdum aguarda a confirmação da organização para enfrentar Fedor Emelianenko, o maior peso pesado na história do MMA. Finalmente o lutador teve a aguardada resposta. Em matéria ao MMAWeekly, o  presidente do Strikeforce, Scott Coker,  confirmou o desafio, que já era dado como certo, para o final de junho.

Werdum encara o gordinho bom de briga. Foto: Esther Lin

Na edição #83 da revista NOCAUTE, em dezembro, Werdum já falava sobre o combate. Na ocasião, comentou sobre a estratégia contra o russo.

“Ficaria bem por baixo ou por cima. Mas, com certeza, a minha estratégia seria quedar e administrar por cima até pintar a possibilidade de finalizar. Estou trabalhando muito o wrestling com o King Mo. Me garanto por baixo também, mas ele tem a pegada forte e tomar uma pancada pode acabar com a luta. Então, o melhor seria ficar por cima”, contou o faixa-preta, sempre com respeito ao oponente.

“Ele é o melhor do mundo e o respeito muito. Ele é o cara, bom no chão, bom em cima e guerreiro. Não tem tempo ruim para ele. Mas acho que chegou a minha hora. Muita gente já o enfrentou e tenho o direito também. Embora muitos não acreditem, acho que tenho condições de vencê-lo. Será uma guerra, mas tenho condições.”

Tarefa dura, mas não impossível. O único que conseguiu tal feito em 32 lutas do russo foi Tsuyoshi Kosaka, com um nocaute técnico por interrupção médica, em 2000. Entretanto, Kosaka pagou caro em 2005, na revanche, tendo perdido da mesma maneira.

Ler matéria completa Read more
There are 4 comments for this article
  1. MaxMuscle Nutrition at 1:58 pm

    UMa batalha difícil,,mas não impossível,,, torço pelo werdum afinal é um brasileiro lutando,,, só não podemos esquecer que vai lutar com Fedor,, que hoje é o melhor do mundo no MMA.

    Mas estamos torcendo!!

    MaxMuscle Team!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *