Feitosa confiante em Furão contra Kron

Share it

Apontado como um dos 10 lutadores para o leitor do GRACIEMAG.com ficar de olho em 2010, Philipe Della Monica, o Furão, terá um grande desafio pela frente. O lutador enfrenta Kron Gracie em luta casada, uma das atrações da 5ª edição do Arizona International Open, nos dias 13 e 14 de março, em Mesa, no estado do Arizona.

Treinador de Philipe na Gracie Barra América, Marcio Feitosa está confiante no aluno. “Os treinos estão pegando fogo! O Furão está afiado e quer fazer barulho!”, saiu falando, logo que atendeu a ligação do GRACIEMAG.com.

A comunidade do Jiu-Jitsu do Arizona deve se reunir para ver o combate. No final ganha a família Gracie e o Jiu-Jitsu, é bom para todo mundo” Marcinho Feitosa

“O treinamento foi ótimo. Ele treinou aqui com Rômulo Barral, Kayron Gracie, Flávio Cachorrinho, Otávio Sousa, Lucas Rocha e muitas outras pedreiras. Toda segunda e quarta é dia do ‘pau-pereira’, o Mestre (Carlos Gracie Jr.) também comparece para lapidar o jogo dele e a preparação física foi bem forte. Fora isso, ele ainda vai abrir uma academia no dia 1º de abril”, contou.

Philipe Della Monica treina com o também professor Marcelo Arroz. Foto: Arquivo GRACIEMAG

Logicamente, o oponente no desafio é encarado com muito respeito. Entretanto, sem dar pistas, Feitosa diz que já há uma estratégia traçada.

“Kron tem uma vantagem no peso. Mas também dei uma olhada no jogo dele e acho que tem um buraco para a gente explorar, neutralizar essa vantagem e o Furão ganhar a luta.”

Sobre o fato de ser professor da Gracie Barra e treinar um atleta para enfrentar um Gracie, Marcio acredita que a competição só pode agregar coisas positivas.

“Todo mundo sai ganhando com essa luta, porque são dois atletas de ponta e faz barulho. É muito provável que a comunidade do Jiu-Jitsu do Arizona se reúna para assistir a esse combate. No final ganha a família Gracie e o Jiu-Jitsu, é bom para todo mundo. Aliás, a família Gracie sempre teve essa cultura. Quando não lutavam algum vale-tudo ou campeonato, as histórias que escuto é que sempre tinha um pega muito intenso, o que sempre os deixou afiados. E é isso que o Mestre passa para a gente e o que passo para o Furão”, finaliza o treinador.

Para saber mais sobre o evento, que também traz uma luta casada entre Robson Moura e o campeão japonês Nobuhiko Kitahara, clique aqui.

Ler matéria completa Read more
There are 5 comments for this article
  1. Ronnyeri at 10:39 pm

    Boa noite grande marcelo…
    Lutar dois campeonatos por ano, não parece pouco?
    Quantos campê os irmãos mendes, serginho, Cobrinha(por exemplo)não lutam
    para permanecer no topo?
    Acredito que o que falta para o Kron ser de fato “TOP” é se testar mais.
    Um abraço e fique com Deus.

  2. Sazinho Sá at 12:44 am

    Parabéns Kron você tem a garra do pai. O tempo mostrará concerteza que a saga da família esta em excelentes mãos. Finalizou, apenas, querem mais?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *