Royler gradua Claudinho Coelho no Sportv

Share it

Pelas mãos de Claudio Coelho passaram as maiores estrelas do MMA brasileiro. Dos membros do clã Gracie, como Royce, Royler e Renzo, aos representantes da luta livre como Marco Ruas e Pedro Rizzo. Mas a maior missão de Claudinho vai muito além do cenário competitivo, como revelou o mestre de boxe ao Sensei Sportv do próximo sábado.

“Antes de tudo, meu objetivo é formar cidadãos, depois vou querer formar o atleta. Eu sinto que tenho uma missão, uma responsabilidade muito grande dentro da comunidade”, contou ele, mostrando a vista de sua casa no alto do morro Pavão-Pavãozinho.

No mês em que a Nobre Arte completa 20 anos, Claudio Coelho abriu as portas de casa e da academia para a nossa equipe de reportagem e relembrou histórias dos lutadores que passaram por ali, muitas vidas que foram salvas. Mas o ponto alto foi outro: pela primeira vez, Claudinho trocou de lugar com os alunos e mostrou que é um virtuoso na arte de boxear.

“Estou com 54 anos e faço os meus treininhos, mas nunca ninguém tinha me visto treinar antes”. E não foi só na nobre arte que o mestre mostrou habilidade. Aproveitando a passagem do pupilo Royler Gracie pelo Brasil, o faixa-roxa e aluno de Carlson vestiu o kimono e ainda foi condecorado com o 3º grau, na presença do fotógrafo Gustavo Aragão, de GRACIEMAG.

O Sensei Sportv especial com mestre Claudio Coelho treinando pela primeira vez e revelando os segredos de um dos projetos sociais mais bem sucedidos do Brasil, você assiste neste sábado, depois do Sportv News.

Ana Hissa, a incansável produtora do Sensei, com seu mestre. Foto: Gustavo Aragão.

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article
  1. Ruy Menezes at 2:28 am

    O CLAUDINHO E UM MESTRE E UMA FIGURA INIGUALAVEL, DE UM CARATER E UMA SIMPLICIDADE QUE VC NAO ENCONTRA TAO FACIL NESSE MEIO.
    Eu tive a oportunidade de viajar com ele para o Japao e foi quando tive a oportunidade de conhece-lo melhor.

    Acho que todos os atletas de MMA que ja passaram por suas maos deveriam fazer uma homenagem por seus servicos e amizade, com ele nao tem famoso, e tudo igual e se for pela saco ta fora.
    Claudinho, mesmo estando muito longe na China jamais vou esquecer da nossa viajem e a sacanagem que vc fez com o Tetel. Lembra?
    Um dia vc conta numa entrevista o que vc fez com o Tetel no Japao.

    ABS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *