Na praia ou floresta, Rodrigo Damm quer voltar a encantar

Share it

A 17ª edição do Jungle Fight tem uma série de atrativos. Que show estará preparando o imprevisível Crocotá para a luta contra o israelense Roy Parete? Renan Barão vai manter a empolgante sequência de vitórias contra o cubano Yosdenis Cesdeno? Erick Silva, mais uma revelação do Minotauro Team, vai comprovar as expectativas? E Gerônimo x Conterrâneo, será a batalha que promete ser?

Recheado de suspense, portanto, o evento de sábado à noite, no Espírito Santo, promete. Mas que ninguém se engane: os olhos do mundo do MMA estão, hoje, na família Damm.

Um dos casais de irmãos mais casca-grossas do Jiu-Jitsu, Rodrigo (8v, 3d) e Carina (14v, 3d) eram tidos como duas grandes promessas internacionais. Brilharam lá fora, mas deram uma estagnada. A selva de Wallid Ismail, armada em plena praia de Vila Velha, pode ser o lugar perfeito para a carreira dos Damm se oxigenar.

É no que aposta Rodrigo, um dos mais completos lutadores até 70kg do país, que espera espantar o retrospecto recente de duas derrotas consecutivas.

GRACIEMAG.com: Desde os seus tempos de lutador de submission, você impressionava pela movimentação constante e pelos ataques no braço. Está tudo bem treinado?

Tudo, treinei muito para essa luta, não apenas Jiu-Jitsu como o wrestling e o boxe, muito boxe, que afiei na academia do Minotauro com a equipe toda. Respeito o Ivan Pitbull, sei que é um atleta peruano muito duro, mas quero a vitória, do jeito que for. Claro que luta é imprevisível, mas estou indo para vencer.

http://www.youtube.com/watch?v=ngRqA7pR-KM

Você passou três anos invicto e foi considerado um dos melhores lutadores até 70kg. A meta é vencer e retomar a carreira internacional?

Sim, mas primeiro preciso vencer esta luta contra um oponente difícil. Fiz umas boas lutas lá fora, tive vitórias bonitas como contra Ryan Bow, no Bodog de Vancouver em 2007, mas derrotas acontecem. E derrota é derrota, não tem desculpa. Houve luta em que atuei 15 dias depois de uma operação no apêndice, e quis me testar mesmo sem treinar. Então agora é chegar treinado e fazer bonito diante de meus amigos e familiares.

Normalmente você gosta mais de praia ou de floresta, quando quer se divertir?

Gosto muito de praia, mas também passo minhas férias na roça em Linhares, na casa dos meus tios. Então me sinto em casa em qualquer lugar em que esteja com os amigos. Para esta luta na praia de Vila Velha, não apenas a torcida vai estar a meu favor, como também o clima, temperatura, tudo isso me favorece. Mas preciso estar bem e mostrar meu jogo.

Chamada de “A bela que é uma fera” pela imprensa internacional, sua irmã Carina está invicta há quatro anos. Você vê o Jungle também como a plataforma de lançamento ideal para ela, rumo a uma carreira arrebatadora?

Ela agora assinou com o Bellator por seis lutas e certamente vai fazer bonito lá fora. Ela vinha bem nos ringues internacionais, mas aconteceu de ser pega pelo doping, então paciência. Ficou um ano parada, respeitou a punição e agora vai voltar a brilhar entre as tops.

Pesagem

A pesagem dos competidores e a coletiva de imprensa estão marcados para esta sexta-feira, às 14 horas, no hotel Quality Suítes Vila Velha, Avenida Antônio Gil Veloso, 856, Praia da Costa, Vila Velha. Os combates acontecerão no sábado, a partir das 20 horas, na arena montada nas areias da Praia do Costa.

Pela primeira vez, Vila Velha recebe o Jungle Fight Championship by Apregoa.com. “O Jungle Fight realiza um sonho antigo de trazer o maior show de lutas da América latina para um dos mais importantes estados do Brasil, sem o empenho do senador Magno Malta e do prefeito de Vila Velha Neucimar Fraga isso não seria possível”, conclui o promotor do evento Wallid Ismail.

Jungle Fight 17
Praia do Costa, Vila Velha, Espírito Santo
Sábado, 27 de fevereiro

Luciano Gadi x Rogério Bezerra (kickboxing)
Marcelo Guimarães x Gilmar de Andrade
Roy Parete x Edilberto Crocotá
Renan Barão x Sergio Bomba
Carina Damm x Aline Sério
Erick Silva x Igor Tokaryuk
Gerônimo Mondragon x Edson Conterrâneo
Ivan Pitbull x Rodrigo Damm
Luciano Olho de Tigre x Oscar Bruno Fuchs (boxe)

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *