Empresário explica ausência de Monson

Share it

Alex Davis. Foto: Olivar Leite

Mais uma vez, ao esperar pela chegada de Jeff Monson no aeroporto, o lutador não apareceu. Esta é a segunda vez que isso acontece no Bitetti Combat, a outra no BC 5, em São Paulo, e quase que Glover Teixeira fica novamente sem adversário. Empresário de Jeff, Alex Davis explica o que houve.

“O Jeff tem uma situação judicial pendente nos Estados Unidos, que, para sair do país, tem que ter autorização do juiz e de um oficial. Este oficial é encarregado pelo governo americano de acompanhar os condenados em condicional. O Jeff conseguiu a autorização do juiz, mas não do oficial. Se ele viesse, seria preso na volta ao país. Ele se esforçou e foi isso que aconteceu. Vamos trazê-lo em breve, porque ele quer essa luta, mas teremos que fazer com muita antecedência. O problema é que o Jeff em nenhum momento me avisou”, explica Alex.

O empresário conta que o ofício não é fácil.

“No MMA, há muitas coisas que acontecem nos bastidores. São coisas bizarras. Estou esperando o Jeff e ele não chega, não manda e-mail. Faz parte do nosso meio e passamos por milhões de situações desse tipo.”

O adversário de Glover será Joaquim Mamute.

Ler matéria completa Read more
There are 5 comments for this article
  1. Vagner at 5:00 pm

    É de se admirar que só na última hora o organizador ficou sabendo que o Jeff não poderia vir. Ah é, vende-se primeiros os ingressos e depois…bem…depois informa isso aí ao público.
    Simples! Agora colocam uma galinha morta para lutar com o Glover de ultima hora e depois que perdeu o cara é entrevistado e diz que foi chamado de ultima hora e não deu tempo de se preparar. Quem perde? O espectador é claro e tbem o Evento que fica sem credibilidade.

  2. Marcelo at 6:12 pm

    Pegou pesado Vagner..

    Baita evento com um pessoal da melhor qualidade como Thales Leites, Paulão, Maldonado, Cristiano Marcelo e um esforço enorme da organização para fazer um evento de sucesso no Brasil que é muito difícil.

    Não é um “boneco de neve” que vai fazer diferença no card.

    O Joaquim Mamute 8 – 3 – 0 (Win – Loss – Draw) já ganhou de nada mais nada menos que do Júnior dos Santos “Cigano”.

    Viva o Brasil e WAR WAND!

  3. Luís Gustavo at 10:19 pm

    O duro é ler o post de um cidadão chamando o Mamute de galinha morta… Tsc tsc, só na net mesmo…

    Independente de ser o Monson ou o Mamute, são dois grandes lutadores e duas grandes pedreiras pro Glover. Vamo ver no que vai dar.

  4. Vagner at 10:43 am

    Cadê o Paulão, cadê o Maldonado, cadê o Monson..teve até um outro Japonês la que acabou desistindo tbém.
    E a luta do Talle? Piada né. Glover…piada né.
    E ainda tem gente que está discordando.
    Eu disse…

  5. Thiago A. at 10:54 am

    Concordo, em parte, com o comentário do Vagner. Os organizadores deveriam ter um card reserva para situações como essa. Aí os lutadores “reservas” teriam tempo para se prepararem. Mas também sei o qto é difícil viabilizar um evento de qualidade no Brasil. Parabéns ao Bitetti Combat, que mesmo sendo prejudicado com a falta de alguns lutadores, ainda assim, conseguiu realizar grandes combates.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *