Muhammad Ali fará tratamento em Israel




Share it

O americano Muhammad Ali, a lenda do boxe, será submetido a novo tratamento contra o Mal de Parkinson, doença que vem debilitando sua saúde há décadas. A iniciativa é da empresa Brainstorm, de Israel, especializada em biotecnologia.

De acordo com o porta-voz da empresa, a filha do ex-pugilista, Rashida Ali, revelou que o pai está disposto a tentar o tratamento com células tronco. “A filha de Muhammad Ali contatou-nos após ouvir falar do nosso trabalho com células tronco adultas e assegurou que seu pai quer fazer parte dos testes que faremos”.

O tratamento, dirigido inicialmente a pacientes que sofrem de esclerose, pode ser ampliado para vítimas do mal de Parkinson, como o pugilista. Segundo a Brainstorm, os testes realizados com ratos contra a esclerose, incluindo o Parkinson, tiveram sucesso. O próximo passo é provar sua eficácia em seres humanos.

Muhammad Ali encerrou em 1981 sua carreira de campeão dos pesos pesados. Em 1984, teve diagnosticada a doença, que afeta gravemente sua capacidade de comunicação. Rumores dão conta de que os golpes sofridos pelo americano poderiam ter causado o Parkinson, mas isso nunca foi comprovado cientificamente.

Confira um vídeo campeão de audiência no YouTube com os grandes lances da carreira do lendário atleta.

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article
  1. felipe amorim at 11:21 am

    sei que não é a linha da graciemag, mas uma super matéria com essa lenda do boxe seria interessantissíma, recentemente adquiri o documentário muhammad ali aos olhos do mundo, e o filme ali com will smith no papel principal, e posso dizer sem medo de errar, muhammad ali transcedeu os ringues de boxe, foi sem dúvida nenhuma, uma das grandes-se não a maior-, personalidade esportiva do século xx. que Deus o abençoe no tratamento de sua doença, que inclusive gera opiniões diferentes, uns dizem se tratar de mal de parkinson, outros dizem se tratar de um mal específico de lutadores de boxe,força ali. ali bombaye.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *