Rolles comenta derrota

Share it

Mal acabou o UFC 109, no último sábado dia 6, e a pergunta na cabeça do fã de Jiu-Jitsu era relativa não à última luta da noite, entre Couture e Coleman, ou outra qualquer do card principal.

O mistério era o que acontecera no primeiro desafio da noite, ainda com uma Mandala Bay vazia, em Las Vegas, com os espectadores ainda chegando.

Contra Joey Beltran, Rolles Gracie, 31 anos, rendeu abaixo do esperado e, dominado pelo cansaço, perdeu por interrupção do juiz no segundo assalto – Rolles finalizara todas as suas lutas anteriormente.

GRACIEMAG.com perguntou rapidamente à equipe do lutador o que ocorrera, e publicou a explicação na madrugada de domingo: aparentemente a adrenalina vencera a preparação do atleta, consumindo-o e consumindo seu gás.

Ao retornar de Las Vegas, Rolles conversou com o GRACIEMAG.com, por e-mail. Confira:

O que deve deixar mais chateado nessas horas é ver que todo o treino duro não deu o resultado esperado. A que conclusões você chegou depois da luta?

Claro, todas as horas de treinamento e o tempo longe da família pareceram não compensar. Evidente que isso me chateia. Mas eu também aprendi que eu preciso reestruturar meu programa de treinos. A verdade é que atuei muito abaixo do esperado, abaixo do meu melhor. O que eu preciso agora é treinar ainda mais forte e seguir lutando.

A impressão é que até a montada tudo seguia o roteiro certinho… Quando você sentiu o cansaço?

Acho que qualquer um que assistiu à luta pode ver que as coisas iam bem nos primeiros minutos. O primeiro assalto era meu. Para ser honesto, não lembro exatamente quando a exaustão se instalou, provavelmente no fim do primeiro round. Eu então deveria ter controlado meu ritmo melhor, mas continuei partindo para cima e esgotei minha energia.

O que posso dizer? Não era meu dia. Quero dizer, é MMA, não golfe” Rolles

A mudança de oponente em cima do laço, ou seja, ver ali na frente um cara completamente desconhecido, influenciou de alguma forma, talvez no subconsciente?

Acho que eu estaria mentindo se dissesse que isso não afeta ali na hora. Mas na verdade isso acontece toda hora. Das minhas quatro lutas, em três meu oponente mudou graças a lesões, e em uma a luta teve que ser cancelada – foi tão em cima que foi impossível arrumar um substituto. Faz parte do esporte, você apenas tem de tentar se adaptar e seguir em frente.

Como você tem lidado com as críticas?

Olha, eu entendo que os fãs estejam desapontados. Eu agradeço por todo apoio que recebi e eu realmente queria fazer um show bonito. O que posso dizer? Aquele não era meu dia. Quero dizer, é MMA, não golfe. Os fãs são uma força diferente, e quando ficam com raiva eles definitivamente fazem chegar isso a você. Com a internet, twiitter, e-mail, facebook, todos estão tão acessíveis que, com o clicar do botão, você é capaz de dizer ao atleta exatamente o que pensa de sua atuação. É o jeito que as coisas são hoje. E eu fico feliz de fazer parte de um esporte onde os fãs participam com tanta paixão.

Algum recado para seus fãs no Brasil, Nova York e no mundo?

Gosto de interagir com meus fãs, sempre curto os comentários, negativos ou positivos. Então continuem mandando ver. Quero lutar de novo logo. Eu já sou um lutador melhor após essa experiência.

Ler matéria completa Read more
There are 15 comments for this article
  1. André Oliveira at 12:44 pm

    Prezado Rolles

    Seu desepmenho foi péssimo nesta luta, e pelo que se viu dentro do ringue, você não tinha condição técnica e física para sequer estar no evento. No entanto acredito que você tenha condições de reagir e se recuperar no cenário do MMA. Treine muito e boa sorte. Encare esta derrota como uma chance de recomeçar. Em nome de seus antepassados Carlos e Hélio não desista. Mas entenda que você tem muito o que aprender.

  2. Fabio branco at 3:58 pm

    Quem luta sabe o quanto é dificil lutar machucado,principalmente quando o adversário é duro,é facil julgar o rolles vendo televisão é só sentar no sofa da sala e ficar criticando,ninguem é invensivel,ninguem foi e nem será,rolles não foi bem na luta contra joey mas isso não significa que ele não é um bom lutador,estar machucado não é desculpa pra inimigo mas pra amigo sim pois é só tentar se colocar no lugar dele,quando xande ribeiro perdeu para braulio estima na final do ultimo adcc devido uma lesão ninguem criticou ele ,talves porque ele não era o alvo dos criticos de plantão…

  3. neto at 5:17 pm

    Cara, e praticamente imposivel vc lutar sem sentir uma ou algumas lesoes!
    O treinamento eh e TEM QUE SER mto mais pesado que a luta.O Rolles passou uma imagem de quem nao estava preparado para aquela luta, o condicionamento fisico eh primordial e o dele estava fraquissimo. Quem nao cansa tentando botar o adversario para baixo 4 mil vezes em 5 minutos? Se ele tivesse ganho nunca iriam comentar de contusao como o Carcara fez.
    Ai vem o cara aqui falar que qdo o Xande perdeu pro Braulio na FINAL do ultimo ADCC ele estava machucadoe ninguem falou nada pq o cara nao esta na midia. Porra o cara perdeu, mais perdeu na FINAL, e mesmo asim fez algumas lutas pra chegar la.
    Perder pq cansou nao eh desculpa, dizer que foi mal treinado tbm nao pode ser, com o Renzo e o GReg Jackson no corner e te treinando todo dia. Irmao, tem mta coisa errada ai, e pra mim faltou uma coisa que ele tem so no sobrenome e nao no nome. O Rolles nao tem experiencia mais o Gracie tem.

  4. isaias at 6:27 pm

    Sou leigo em MMA mas o que vimos na luta do Rolles foi …desconcertante…parecia que tinha tomado alguma agua Argentina para ficar sonolento (como na copa do mundo de futebol kkkk) Se ele apenas segurasse o mexicano na montada, como Roger o faz com maestria, o oponente iria cansar em minutos tentado sair dai era so pegar um braço, ou ceder um espaço e aplicar o mata-leão. Ele infelizmente entra na proxima com um debito nas costas. Uma verdade seja dita- tamanho não é documento no UFC ! boa sorte para ele!

  5. Kaike at 10:22 pm

    Carlos, Helio , Carlson e Rolls estão se revirando no Tumulo !!!

    Foi pouco abaixo não foi muito abaixo do esperado e como falaram num era pra está no evento se nas proximas lutas continuar achando q MMA atual eh brincadeira deve aposentar mais cedo!!

  6. felipe at 8:09 am

    GRANDE ROLLES CABEÇA PRA CIMA MONSTRO, TREINAR MAIS E TER HUMILDADE QUE ERROU NAO FAZEM MAL A NINGUEM, TEU CARRO CHEFE É O JIU-JITSU É ISSO QUE VOCE FEZ E FAZ A VIDA TODA ENTAO NAO PROXIMA LUTA ACREDITA NELE TENHO CERTEZA Q SE VOCE PUXASSE AQUELE GORDINHO IA RASPA CAI MONTADO E PEGA NO BRAÇO…E OUTRA QUEM TE CRITICA NAO TEM CORAGEM AO MENOS DE SUBIR NUM RINGUE, SAO LUTADORES DE LINGUA, QUEM JA ESTEVE LA SABE DO QUE ESTOU FALANDO.

    ABRAÇOS….

  7. maicon santos at 2:11 pm

    A maior vergonha para a familia Gracie que levou anos para levantar o nome da familia e do jiu jitsu. Me desculpem, mas foi ridiculo.
    Agora entendo a faixa preta do Rashad Evans

  8. João Ricardo Rangel Mendes at 8:24 pm

    Quem acompanhou as outras lutas do Rolles sabe do que ele é capaz, quem tiver nesse “fórum” anota o que eu vou falar, em pouco tempo ele tá entre os melhores do UFC e um pouco depois disso com o cinturão.
    O mesmo já aconteceu com Anderson Silva (bateu no triangulo pra japones desconhecido) e com alguns outros campeões….alguns dias simplesmente “não é o seu dia”.
    Rolles lambe as cicatrizes e bola pra frente!
    Abs do seu fã,

    João Ricardo

  9. anderson at 10:07 am

    vergonha e vexame, despreparo ainda tem lutador que acha que no mma ainda existe criança e só com a arte suave vai ser sair bem.
    e agora essa de machucado tentando, justificar meu amigo voce estava morto nao era machucado. o pior são os puxa sacos passando a mão a na cabeça, cara tem que descer a lenha mesmo errou errou corrija, não fingindo que não aconteceu que se resolve nem se da a volta a por cima.
    boa sorte e bons treinos.

  10. BB Gigogo at 10:36 pm

    A luta do Rolles foi horrível, não foi dígna de uma lutador que ganha a vida no mundo das lutas e principalmente de um Gracie. Sabemos que não é fácil entrar lá e ganhar, e não podemos esquecer que muitos brasileiros bons entraram lá ou em outros eventos e não venceram, e teve até alguns que pouco mostraram de sua real categoria.

    Ex: Alexandre Café, Wallid, Carlão Barreto, Amauri Bitetti, Saulo Ribeiro, Rafael Carino ( Apenas exemplos ). Mas nenhum dessas lutas se compara a do Rolles, ele foi lento, sem preparo físico nenhum, sem mostrar nenhuma técnica, enfim parecia um lutador de rua cansado. Não vamos tapar o sol com a peneira, ele tem que mostrar evolução, ou se não é o fim da carreira dele como lutador. As vezes na vida é melhor sermos coadijuvantes do que tentar ser uma estrela, pois o brilho pode enão vir e fazermos um papel ridículo.

  11. Paulo Shark at 11:28 am

    Entendo a falta de gás e tal, mas alguém prestou atenção nas pernas e o giro do tronco e a pulsão do braço na hora do soco? Me desculpem seus técnicos, mas ir para o UFC sem o mínimo de Boxe, Karate ou qualquer outra arte marcial é pedir para perder. Somente Jiu Jitsu e depois esperar o oponente de dar um mole de ir para o chão com um Gracie, FALA SÉRIO. Quando socava o ar, seu corpo continuava. Meu Deus. Pela idade que se encontra, alguém deveria ser honesto com ele. Como diz a minha avó: “Não se gasta bala com índio morto”.

  12. Luciano at 10:59 am

    Assisti a luta e ela não saiu da minha cabeça. Como você pode queimar seu filme daquele jeito, meu chapa? Pô com 31 aninhos tu era para estar mais esperto, parecia que estava chapado, estava grogui no octagonon, já entraste com guarda baixa, parecia cansado antes do início da luta. Na real, vendo a luta do Renzo muito mais velho e aparentemente menos em forma do que vc e aguentando honradamente a performance do adversário, fica difícil saber o que houve contigo. Acredito que vc foi sem vontade para a luta, pois, com todo o teu treinamento, se vc puser vontade nos punhos ainda dá!
    Vá à luta parceiro! Apesar da crítica, nós, brasileiros e amantes das artes, acreditamos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *