Notas de um domingo sem descanso no Europeu 2010

Share it

Fabio Gurgel é de novo campeão entre os adultos em um campeonato da IBJJF, o que não acontecia desde 2001, mas confessou que ficou mais feliz com o título por equipes da Alliance, que terminou o adulto dois pontos a frente da CheckMat.

A Atos Jiu-Jitsu já reúne uma turma de feras impressionante.

Rodrigo Cavaca, apesar do bicampeonato no peso, não levou sorte em Lisboa. Ano passado foi finalizado por uma zebra finlandesa e este ano teve o braço estalado na final do absoluto. Mas foi um dos grandes nomes do campeonato.

Já o campeão Guto Campos não ia nem lutar o absoluto, mas foi na pilha de Rafa e Gui Mendes e companhia e acabou com o ouro no peito.

Depois da ausência de sábado, Ricardo Demente reapareceu e levou o superpesado. E ainda revelou que operou o joelho e que pode estar trocando de equipe.

Entre as meninas, destaque total para Beatriz Mesquita. A faixa-marrom de Letícia Ribeiro mais uma vez passou por cima das adversárias para levar peso e absoluto da marrom/preta.

Os irmãos Mendes parecem cada vez mais fortes, com seu jogo estranho e eficiente que irrita, assusta e admira os adversários. Rafael e Guilherme foram mais uma vez campeões, o primeiro do pena e o segundo do pluma.

Megaton segue sendo um sucesso de público e uma simpatia.

Lucas Lepri e Michael Langhi cruzaram o peso leve e chegaram à final juntos. Segundo Langhi, o título ficou com o mais feio: Lepri, que protestou.

Tarsis Humphreys deixou para trás a decisão do juiz que o deixou fora da final do absoluto e reinou entre os meio-pesados.

Se nas faixas coloridas o Brasil não tem  hegemonia na já tradicional disputa por paises, na marrom e preta o domínio é total. No leve, 3 a 0 na Polônia; no pesado, 3 a 1 na Finlândia. Marko Helen mais uma vez fez o ponto finlandês.

O Europeu se consolidou como um sucesso de público e de participação de atletas. Com 1500 lutadores, o evento de abertura do calendário fica cada dia mais atrativo para quem luta e para quem assiste.

Para fechar, uma galeria de fotos exclusiva com os grandes momentos do domingo de batalhas no complexo Casal Vistoso, em Lisboa, Portugal.

Em 2011 tem mais. E não perca a edição de março de GRACIEMAG, que trará a cobertura completa do Europeu 2010. Os resultados completos você confere aqui .

[flickr set=72157623323466412]

Ler matéria completa Read more
There are 12 comments for this article
  1. Roberto Subrinho at 11:59 pm

    Infeliz comentario sobre o atleta da CHECKMAT Rodrigo Cavaca, BI CAMPEÃO EUROPEU no peso e VICE no absoluto e não da sorte em Lisboa????
    Não sei qual o conceito de sorte entao…. a não ser que ele tenha q ganhar peso e absoluto e finalizar todas as lutas!!!!!

  2. dann thomas at 4:46 pm

    Na boa, foram muito infelizes em afirmar que o Rodrigo Henrique Cavaca um cara que sempre boto a cara em campeonatos desde faixa azul e foi campeão mundial em todas elas nao teve sorte no Europeu, Fez 7 lutas e so perdeu na final do absoluto pra outro grande atleta que e o Guto, Cavaca e um exemplo como pessoa e atleta e nao merece receber esses tcomentarios sem fundamentos, quando erramos temos que assumir nosso erro, igual voces bateram na tecla quando o Braga neto erro e o fizeram pedir desculpa, o mesmo com voces agora.

    • Marcelo Dunlop at 5:25 pm

      Dann,

      entendo o ponto de vista seu e da galera, mas o que o repórter quis passar foi que, justamente por estar fazendo um Europeu brilhante, o Cavaca merecia melhor sorte no finzinho.

      De repente a frase ficou infeliz mesmo.

      Forte abraço

  3. paty feitosa at 4:49 pm

    Quem nao teve sorte foi o atleta que perdeu na primeira luta, saiu do brazil e gasto mo grana pra isso,
    O Cavaca ganho o peso batendo um atleta da nova geração que e o Batista e chego a final do abs, realmente ele nao teve sorte,
    ele teve competencia pra isso…

    parabens cavaca.

  4. malocka at 4:52 pm

    Sorte ?
    quem precisa de sorte e quem nao treina,
    o Cavaca e competente suficiente pra ganhar peso e so perde na final do abs,
    portanto, PARABENS CAVACA.

  5. Ivan Trindade at 5:25 pm

    Caro Roberto. Sorte é exatamente o que foge ao nosso controle. Cavaca foi brilhante ao ser bicampeao, mas foi surpreendido nessas duas ocasioes. Ter azar nao significa ser incompetente.

  6. rafael fre at 12:37 am

    pessoal, realmente a frase foi infeliz, pois o cavaca fez um grande campeonato e apenas perdeu para o Guto que estava destruindo, em grande fase.
    Minha critica fica na falta de espaco na reportagem a respeito de quem foi, INDISCUTIVELMENTE, o grande nome do campeonato: GUTO CAMPOS…..

    acho que devem corrigir esta grande mancada… serà que eh so pq ele eh de fora do eixo rio-sp?

    fica aqui a duvida

    abraco e parabens GUTO!!!!!! GRANDE CAMPEAO DO EUROPEU!

  7. thiago duarte at 12:42 pm

    pra mim! o atleta da categoria galo Bruno malfacine, é o melhor do mundo! e sempre vai continuar dando o melhor do show dele,
    eu axo que os reporte deverião da mas enfase nele, ate porque ele vai da oque falar e muinto no mundo do jiu-jitsu!!!

  8. paulo santiago at 11:41 am

    o pessoal da gracie mag com todo respeito sao mestres em provocar gafes, essa sobre o cavaca foi so mais uma.

    vejo uma supervalorizacao em relacao a poucos atletas, e nenhuma valorizacao quem nao e da panela.

    cavaca e um grande atleta fez altos combates e nao recebeu nenhum valor, isso e realmente triste, mas como eu disse , ele nao foi o primeiro, isso sempre acontece.

    vcs precisam ser imparciais , e valorizar mais os atletas, mesmo os que perdem, pois sem um derrotado nao ha um campeao, esporte e isso.

    fica aki a critica, e torco para que vcs se retratem e considerem tb quem perde pois os atletas merecem ser reconhecidos.

    obrigado

  9. Mike at 12:19 pm

    Faltou também uma nota sobre o Master em faixa preta, com hegemonia total de Sérgio Canudo, vencendo o peso e o Absoluto, alías como já tinha acontecido em 2009!!!

Deixe uma resposta para Roberto Subrinho Cancel comment reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *