As emoções do segundo dia do Europeu 2010

Share it

Arquibancadas lotadas durante todo o dia. Gritos de alegria na vitória. Revolta e choro na derrota. Reclamações com a arbitragem.

Tudo isso e os faixas-pretas ainda nem colocaram o kimono.

O segundo dia de competições do Campeonato Europeu de Jiu-Jitsu 2010, nesta sexta-feira, em Lisboa, provou mais uma vez que a força da arte está na paixão de cada praticante, que leva às competições amigos, companheiros de treinos e, claro, suas famílias.

Nas oito áreas de luta, vários exemplos dessa paixão.

Herbert e seu caderno

Nicholas Herbert tem 53 anos e treina Jiu-Jitsu desde 2005. Aluno da Jiu-Jitsu Factory, o holandês nascido em Bahrenfeld já coleciona nove medalhas do Europeu, todas na faixa-azul. Mas isso não é nada, o protético que hoje reside em Ede carrega num pequeno caderno um verdadeiro monumento de dedicação ao esporte. Faixa-preta de judô e também praticante de sambo e ju-jitsu tradicional japonês, Herbert registra nas páginas já amareladas o resultado de cada uma das competições que participou desde, pasmem, 1972. E por que tanta dedicação? Por que competir?

“Para sobreviver!”, responde.

Por outro espectro, Makenzie Dern está prestes a completar 17 anos. O jovem e belo talento vem de linhagem nobre. Filha de Wellington “Megaton” Dias, a agora campeã européia tem no pai o maior incentivador e, ao mesmo tempo um imovível guia. Vencedora de sua categoria em diversos campeonatos, inclusive o Mundial 2009, Makenzie ainda deve passar algum tempo à espera da faixa-roxa.

– Ela tá muito jovem ainda!, resume Megaton.

Makenzie desfilou tecnica, garra e beleza na faixa-azul

Talento que passa de pai para filha

Da Grécia, vem outro exemplo. Andreas Michailidis fez 10 lutas na faixa-azul em Lisboa. Dessas, finalizou nove. Saiu do Ginásio Casal Vistoso com duas medalhas de ouro no peito, uma do pesado e outra do absoluto faixa-azul.  Na final do aberto, derrotou Kari Peltola por 6 x 0.

A fera grega Andreas

E por fim, a aluna de Renzo Gracie em Manhattan, Kay Stephenson faturou o absoluto feminino roxa com três finalizações em tres lutas.

Kay finsliza para o ouro

Quando as luzes apagaram no Casal Vistoso, ficou a certeza de que amanhã tem mais. As feras da faixa-preta vão entrar em cena e quem deu o show hoje vai sorrir e aplaudir amanhã. Um dia eles chegam lá.

Os resultados por equipe para a faixa-branca (Novice) e para a faixa-azul juvenil já foram divulgados. Confira:

Juvenile:

1- Ilan Turjeman Academy
2- Gracia Barra
3- Gokudo

Novice:

1- Alliance
2- Gracie Barra
3- Checkmat BJJ

Para conferir os resultados dos dois primeiros dias  do Europeu 2010, clique aqui.

Ler matéria completa Read more
There are 5 comments for this article
  1. Gonçalo at 5:49 pm

    Como participante só lamento que haja juizes que desclassificam lutadores por fazerem a guarda 50/50….aconteceu duas vezes com o mesmo juíz na faixa roxa. Imaginam esse juiz numa luta Mendes /Cobrinha? Há que elevar o nível da arbitragem URGENTEMENTE!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *