Time de Thales bate o de Ximu no Fatality Arena

Share it

Thales fica atento ao triângulo de Henrique Mello, que empatou o placar para seu time. Foto: Carlos Ozório

Com emoção até a última luta aconteceu neste domingo, em Niterói, o Fatality Arena. O evento, nos moldes da extinta organização americana IFL, trouxe o time de lutadores de Thales Leites (Snake’s Team) contra o de Gustavo Ximu (Eagles’s Team). Com destaque para Henrique Mello e Carlos Índio, os Snake’s viraram o placar para 3 a 2 na melhor de cinco lutas e garantiu a vitória a Thales Leites.

No primeiro confronto entre as equipes, Fabiano Soldado (Snake’s Team) já levava vantagem contra Janailson Kelvin (Eagle’s Team), quando montou no terceiro round e contou com a desistência do oponente. Depois de cair por baixo, Eduardo Simões (Eagles’s Team) finalizou rapidamente Walber Teté (Snake’s Team) com uma chave de calcanhar. Em seguida, Alexandre Pinheiro (Eagle’s Team) finalizou Mauricio Rossi (Snake’s Team) com uma Kimura, no assalto inicial, e marcou 2 a 1 no placar para a equipe de Gustavo Ximu.

Daí em diante veio a virada da equipe de Thales Leites. Funcionário da Comlurb, sem muito tempo para treinar, Henrique Mello (Snake’s Team) teve de usar a própria esposa e filhas na preparação para luta. “Fazia até entrada de quedas nelas”, comenta. Contra Aloísio Dado, Mello não teve moleza, e sofreu no ground and pound. Mas, no segundo assalto, usou o Jiu-Jitsu e finalizou com um armlock do triângulo. Além de ser a oitava vitória seguida do atleta, o resultado empatou a disputa entre os times.

O árbitro Kabelinho corre para separar Índio, que nocauteou Baixinho. Foto: Carlos Ozório

A virada veio com Carlos Índio (Snake’s Team), que é campeão da categoria 84 kg no Shooto América do Sul. Contra o lutador com participação no UFC Alexandre Baixinho (Eagles’s Team), Índio nocauteou rapidamente depois de um alto chute lateral para alegria de Thales Leites.

Paulão diz para Maurício defender, Mas não teve jeito. Alexandre finalizou na Kimura. Foto: Carlos Ozório

Confira os resultados do evento, que ainda contou com mais dois combates de MMA e três lutas de muay thai:         

Fatality Arena

Domingo, 24 de janeiro de 2010

Niterói, Rio de Janeiro

 

Desafio Snake’s Team 3 x 2 Eagle’s Team

Fabiano Soldado (Snake’s Team) venceu Janailson Kelvin (Eagle’s Team) por desistência no R3

Eduardo Simões (Eagles’s Team) finalizou Walber Teté (Snake’s Team) com uma chave de calcanhar no R1

Alexandre Pinheiro (Eagle’s Team) finalizou Mauricio Rossi (Snake’s Team) com uma chave kimura no R1

Henrique Mello (Snake’s Team) finalizou Aloísio Dado (Eagle’s Team) com um armlock do triângulo no R2

Carlos Índio (Snake’s Team) nocauteou Alexandre “Baixinho” (Eagle’s Team) no R1

Lutas de MMA

Gegê (Oriente Jiu-Jitsu) venceu Junior Abedi (Relma) por decisão unânime

Aline Sérgio (Diogo Tavares) venceu Jennifer (Relma) por desistência no R1

Muay Thai

Tony Carlos (Hegas Zulu) venceu Ricardo Dias (Diogo Tavares) por interrupção médica no R2

Mauro Pedra (Diogo Tavares) venceu Emerson Falcão (Hegas Zulu) na decisão unânime dos juízes

Felipe Boneco Assassino (Diogo Tavares) nocauteou Felipe Cabeça (Hegas Zulu) no R1

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *