Lana Stefanac, Raul Castillo e Clark Gracie vão a Abu Dhabi

Share it

Com organização de Claudio França, Renato Tavares e Marcos Vinicius, e arbitragem dirigida por Alvaro Mansur, a primeira seletiva norte-americana para o World Pro Jiu-Jitsu Cup arrebentou nesse domingo, com mais de 200 competidores lutando de kimono para viajar para os Emirados com tudo pago.

E quem chega com moral para o evento principal em Abu Dhabi, em abril, é Clark Gracie (BJJ Revolution), que fez uma das grandes lutas do dia, na categoria 83kg da roxa, marrom e preta.

Filho de Carley, Clark fez a final contra o primo Reylan, filho de Rorion, e não perdeu tempo: puxou para a guarda, raspou aos dois minutos de luta e montou, abrindo 6 a 0. Daí foi só administrar até o final.

No feminino, a surpresa geral ficou por conta de Kiri Liao, faixa-roxa de Saulo Ribeiro que venceu o absoluto leve, que reúne lutadoras da branca até a faixa-preta.

“Mas não acabou não”, comenta Renatinho Tavares. “No próximo fim de semana há a segunda seletiva aqui nos EUA, desta vez na Flórida, em Boca Raton. Juntamente com Helio Moreira, vamos realiza-la pela segunda vez, com expectativa de casa cheia”.

Roberto Traven, Hillary Williams e Marcello Salazar estão entre os nomes na disputa por mais passagens para o World Pro, nos dias 15, 16 e 17 de abril.

Mais informações: www.nafafighters.com

Classificados na Seletiva Costa Oeste, em Santa Cruz:

Roxa/Marrom/Preta: John Ramirez (65kg), Marcos “Yemaso” Torregrosa (74kg), Clark Gracie (83kg), Raul Castillo (92kg), John Devine (+92kg)

Branca/Azul: Issa Able (leve), Orlando Sanches (pesado)

Feminino: Kiri Liao (leve), Lana Stefanac (pesado)

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *