Brock Lesnar renasce para o MMA

Share it

O gigante Lesnar: campeão do UFC quase abandonou a carreira. Foto: Josh Hedges.

Brock Lesnar acabou com as dúvidas sobre o retorno ao Octagon. Em entrevista ao “Sports Center”, programa que vai ao ar no canal de TV ESPN, o campeão peso pesado do UFC falou sobre os problemas de saúde que quase encerraram a carreira.

Além da mononucleose – diagnóstico reportado aqui no GRACIEMAG.com -, o lutador estava com diverticulite, que é uma inflamação no intestino grosso.

“Estava com um buraco no meu estômago”, disse Lesnar, que admite ter mudado o modo de ver a vida após o problema.

“Sempre tive o controle da minha vida. Por alguns dias, não tive controle sobre nada. Agradeço muito à minha família, ao Dana White e ao UFC por ficarem ao meu lado.”

O caso do lutador foi grave. Brock perdeu cerca de 18kg enquanto estava internado. Não conseguia comer nem beber e esteve muito próximo de fazer uma cirurgia para retirar o cólon.

“Voltei para a academia e recuperei o meu peso. Quando fui ao médico, no dia 5 de janeiro, eles ficaram perplexos. Não encontraram quaisquer sinais de problemas no meu estômago. É um milagre para mim”, falou.

Ainda sou o campeão dos pesados no UFC” Brock Lesnar

Sem ter data definida ainda para voltar a lutar, Lesnar terá de acompanhar o combate entre o desafeto Frank Mir e o invicto Shane Carwin, que vale o cinturão interino peso pesado e acontece no dia 27 de março, no UFC 111, em Nova Jersey.  Entretanto, ele avisa a quem interessar possa:

“Vamos ser bem claros quanto a isso: ainda sou o campeão dos pesados no UFC.”

Ler matéria completa Read more
There are 2 comments for this article
  1. Claudio Seabra at 11:54 am

    A verdade é que o Brock Lesnar ainda é o campeão dos pesados do UFC mas, sinceramente, nunca mereceu esse cinturão. O UFC é o evento mais importante do mundo e com o cartel que esse lutador tem, ele jamais deveria ter tido a chance de lutar pelo título. É um atleta ruim na trocação, infantil no chão, mas com uma mão pesada (sua única qualidade). Em 2008, quando ganhou o cinturão do Randy Couture, tinha apenas 3 lutas, sendo 2 vitórias (Heath Herring por decisão – UFC e Min Soo Kim por finalizãção – K1 Heros) e 1 derrota por finalização para Frank Mir – UFC.
    Acho que nenhum lutador com esse record está credenciado a lutar pelo cinturão do maior evento de MMA do mundo, mas….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *