“Caras do Jiu-Jitsu me dão a chance de faturar o nocaute da noite”

Share it

Melvin Guillard é perigoso em pé, mas o Jiu-Jitsu tem sido sua falha. Foto: Josh Hedges.

Com boa trocação e habilidades no wrestling, a pedra no sapato de Melvin Guillard é o Jiu-Jitsu. A maioria das derrotas do experiente lutador, que possui mais de 50 lutas no cartel, foi por finalização, como na guilhotina sofrida contra Nate Diaz, no UFC Fight Night 19.

O adversário do americano no dia 6 de fevereiro, no UFC 109 de Las Vegas, é o faixa-preta Ronys Torres. Guillard diz que está preparado para o forte jogo de chão do oponente.  O lutador treina agora com o antigo rival Joe Stevenson e conta com o apoio do renomado treinador Greg Jackson para melhorar no quesito.

“Joe está me ensinando muito agora, especialmente a defesa da guilhotina. Isso é a minha maior falha, e o Joe é definitivamente o homem certo para este trabalho”, fala.

Sobre a luta contra Ronys, mais que confiante, Guillard dispara:

“Agora não fico mais preocupado, porque estou treinando com os melhores do mundo. Não importa se é contra lutadores de Jiu-Jitsu ou caras que trocam em pé. A coisa boa sobre caras do Jiu-Jitsu é que eles me dão a chance de conseguir o bônus pelo nocaute da noite. Este é o jeito que entrarei na próxima luta. Serei explosivo e vou descarregar tudo o que tenho sobre esse cara”, declarou ao site do UFC.

UFC 109

Las Vegas, Nevada, EUA

6 de fevereiro de 2010


Mark Coleman x Randy Couture
Mike Swick x Paulo Thiago
Demian Maia x Dan Miller
Nate Marquardt x Chael Sonnen
Matt Serra x Frank Trigg

Lutas preliminares
Justin Buchholz x Mac Danzig
Melvin Guillard x Ronnys Torres
Tim Hague x Chris Tuchscherer
Phil Davis x Brian Stann
Rob Emerson x Phillipe Nover
Rolles Gracie x Mostapha Al Turk

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *