Monstros em colisão: Roleta x Wallid

Share it

Este carnaval não vai ser igual àquele que passou, especialmente o de 1996.

Era o primeiro Mundial de Jiu-Jitsu, no Rio de Janeiro, bem em fevereiro, e o lutador Wallid Ismail era um dos carros abre-alas da academia Carlson Gracie. E prometia atropelar quem estivesse no caminho.

Na semifinal dos meio-pesados, sob a batuta do mestre Sergio Ignácio, na arbitragem, Wallid enfrentou o recém-graduado à faixa-preta Roberto Magalhães, da rival Gracie Barra.

Atendendo ao pedido de dois leitores, eis o vídeo de uma das semifinais de Mundial mais clássicas de todos os tempos. Confira a luta, e a folia no Tijuca Tênis Clube, ao final.

Ler matéria completa Read more
There are 4 comments for this article
  1. Howe at 10:02 pm

    “Se a luta continuar assim, certamente a vitória é do Wallid, que está buscando a luta o tempo todo, e dá pra se notar claramente que o Roberto está só se defendendo”

    Pô, hein, Borracha… tudo bem q tem 15 anos já, mas que falta de noção de luta hein… rs foi bem o contrário…

  2. Carlos Eduardo Ozório at 3:00 pm

    Acho que o comentário está correto. O Wallid venceria, mas o Roleta “roletou” o amazonense e mudou tudo!

  3. Fernando Feliciano Flauzino at 10:54 am

    Jiu-Jitsu Clássico,lindo de se ver!!!
    Aquele mesmo ensinado pelo mestre Hélio,que pregava que a técnica apurada conseguiria vencer a força bruta!!! Luta memorável,grande Roleta!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *