Sarah Menezes é a atleta do ano

Share it

As artes marciais estiveram em evidência no Prêmio Brasil Olímpico, considerado a premiação mais importante de esportes olímpicos no Brasil. A atleta do ano em todas as modalidades foi a judoca Sarah Menezes, do Piauí, com 46% dos votos.

Aos 19 anos, a judoca já faz história. Foto: CBJ

Aos 19 anos, a judoca já faz história. Foto: CBJ

Entre as meninas, das três indicações para atleta do ano, duas vestem kimono. Além de Sarah Menezes, Natália Falavigna, do taekwondo, também representava as artes marciais. A terceira candidata era a nadadora Poliana Okimoto.

Aos 19 anos, Sarah Menezes entrou para a história do judô brasileiro ao ser a primeira atleta a se consagrar bicampeã mundial sub 20 (júnior), em Paris. Além do ouro na capital francesa, Sarah conquistou mais cinco medalhas internacionais: ouro na Copa do Mundo de Madrid, ouro na Copa do Mundo de Lisboa, prata na Copa do Mundo de Belo Horizonte, bronze no Grand Slam do Rio de Janeiro, bronze no Grand Slam de Tóquio e bronze no Campeonato Pan-Americano de Buenos Aires. Outro destaque da temporada foi a quinta colocação no Campeonato Mundial Sênior, em Rotterdã.

“Estou feliz por ter concorrido com duas grandes atletas do esporte brasileiro. O prêmio veio para dar mais incentivo na minha vida de atleta. Agradeço a todos”, disse a lutadora, que, obviamente, também foi escolhida a melhor atleta do Judô.

O atleta do ano no masculino e na natação foi César Cielo. Voltando às lutas, Everton dos Santos foi o pugilista do ano, Laís Nunes de Oliveira a melhor na luta olímpica e Natália Falavigna no taekwondo.

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *