Megaton confirma presença entre os penas no Europeu

Share it

Megaton em competição no Rio Open, julho de 2009. Foto Gabriel Menezes

Megaton em ação no Rio Open, em julho de 2009. Foto: Gabriel Menezes.

Wellington Dias, o Megaton, está treinando com afinco para competir no Europeu de Jiu-Jitsu, que vai rolar em Portugal em janeiro entre os dias 28 e 31.

Enquanto o também peso-pena Rafael Mendes pretende usar o fôlego como arma, Megaton tem como trunfo algo que ninguém lhe tira, a experiência.

“Há muito tempo que eu treino né? Não tenho outra coisa para fazer”, justifica, bem-humorado. “Eu gosto muito de competir. Hoje em dia não tenho mais nada para provar a ninguém, mas adoro estar lá naquela adrenalina. Gosto de ir a um campeonato e ver a galera da organização – Siriema, André, mestre Carlinhos Gracie, Alvaro Mansur. Os atletas também”, disse empolgado o faixa-preta da Gracie Humaitá.

“Poxa, eu já vi muitas gerações passarem. Já vi muitos campeões no absoluto. Vi todos eles né? Pé de Pano, Margarida, Saulo Ribeiro, Comprido. Pode falar aí quem que for, que eu já vi. Quem mais? Roleta, Gordo. Por eu estar aqui nos Estados Unidos, em Phoenix, campeonato para mim é a ocasião perfeita para rever meus amigos, bater aquele papo. Boto uma pilha no outro. Acho essa coisa muito bacana. Gosto também de ajudar como juiz e aquela coisa, mais cedo ou mais tarde vou ter que parar de competir e gosto de estar mais envolvido o possível”, afirmou Megaton.

“Já vi muitas gerações passarem, vi muitos campeões no absoluto. Vi todos eles né? Pode falar aí quem que for que eu já vi” Megaton

Pai coruja de sempre, Megaton disse que vem treinando forte com a filha Mackenzie Dern, que irá estrear no Europeu. E se orgulhou do título dela no Mundial de Jiu-Jitsu. “Ela vai com força total para o Europeu 2010. Este ano ela ganhou o Mundial na azul, categoria adulto, e levou o Mundial sem kimono também. Tudo no adulto. E ela tem só 16 anos. Foi campeã nacional americana também. Os únicos títulos que ela não tem são o Pan e o Europeu”, disse Megaton.

“Eu e minha filha já começamos a parte física por aqui no Arizona. Agora, para dar uma ajudada na parte técnica, além dos meus alunos, sempre que posso dou um pulo no Royler, no Regis Lebre e no Xande”.

Megaton_julho2009_rio open_by Gabriel Menezes

“Não tem tempo bom, só tempo ruim direto. É malhação, é ralação o tempo todo, é o único jeito. E chegando lá sempre vêm uns cascas-grossas né, brother? O Mário Reis e o Mendes vão pro Europeu. O Cobrinha ouvi dizer que não vai. Enfim, tem sempre uma galera dura entre os penas”, encerrou Megaton.

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *