Braga Neto pede desculpas: “Por alguns segundos perdi a razão”

Share it

3Quartas Romulo-Braga Neto

O jovem amazonense Antonio Braga Neto foi um dos destaques do WLPJJ, ocorrido nos dias 5 e 6 de dezembro, mas infelizmente não apenas por seu Jiu-Jitsu.

Hoje, em carta ao GRACIEMAG.com, Netão explicou por que ficou de cueca no campeonato, num ato que gerou repercussão aqui no site. Confira:

“Venho, por meio deste, pedir desculpas e explicar o fato ocorrido no evento do WLPJJ.

“No dia 6 de dezembro, várias pessoas estavam presentes assistindo ao evento e prestigiando os atletas que estavam competindo; mas acredito que poucos saibam realmente o que é estar na semifinal de um absoluto na faixa-preta, com toda a tensão e pressão do momento, e ainda com a oportunidade de ganhar 8 mil reais de prêmio.

“Infelizmente, algumas coisas que acontecem dentro do tatame, não são presenciadas pelas pessoas que estão assistindo à luta, devido à distância tatame\arquibancada.

“No decorrer da minha luta contra o atleta Sérgio Moraes, o placar marcava 2 a 2 e a luta seguia amarrada na guarda 50-50, levando os três árbitros a concordarem com uma punição para ambos; essa seria a minha primeira punição, e a segunda para Sérgio Moraes, que já havia tomado uma por fuga. Sendo assim, o placar passaria a 4 a 2 para mim.

“Com o combate interrompido, os juízes conversaram com os organizadores do evento, Fernando Lopes, o Fepa, e Barbosinha. Logo em seguida, durante a luta, veio um pedido de desculpas informal, pelo juiz central, que era o atleta Fabio Negão, dizendo que não achava aquilo certo, mas que “os caras” falaram para ele fazer dessa maneira: uma das punições dada ao atleta Sérgio Moraes estava sendo retirada.

“Diante da notícia fiquei extremamente revoltado e por alguns segundos perdi a razão dos meus atos. Nada justifica o que eu fiz, mas antes de pedir desculpas, gostaria de dizer que em momento algum eu exibi minhas partes íntimas; mas, numa atitude errada, eu abaixei sim as calças, e de cuecas segurei minhas partes e apontei para o juiz lateral e para os organizadores. Não pela derrota, como foi insinuado no texto do Rafael Marangoni (publicado no GRACIEMAG.com) que dizia: “O atleta saiu da área de lutas nervoso e achando que estava totalmente com a razão pelo seu feito”; mas sim diante da revolta pela falta de respeito comigo como atleta, que havia saído de outro estado para participar do evento.

“Mas como já disse antes, nada justifica o que eu fiz. Gostaria de me desculpar com todas as pessoas que estavam no ginásio, todos que admiram meu trabalho como profissional e todos que foram afetados com o meu ato de protesto impensado. Que isso não sirva de exemplo para que outros não venham cometer o mesmo erro.

“Pretendo continuar desempenhando meu trabalhado como sempre fiz; dentro do tatame buscando a finalização através de um Jiu-Jitsu bonito, e fora lutando pela igualdade de todos. Eu vim de muito longe e poucos sabem da minha história, apenas Deus e eu sabemos as dificuldades pelas quais já passei para conquistar meus sonhos. Por isso mesmo, falo para todos aqueles que também sonham em um dia ser um atleta: não se desestimule com as situações adversas; cada dia é uma batalha e devemos ter humildade para reconhecer nossos erros e saber usar as dificuldades para aprender e nos fortalecer.

“Segue aqui o meu esclarecimento sobre o assunto, e mais uma vez o meu pedido de desculpas pelo ocorrido. Obrigado a todos,
Antonio Braga Neto”

Ler matéria completa Read more
There are 22 comments for this article
  1. Fancio at 5:09 pm

    Nada justifica a sua atitude no tatame.

    Parabens pela hombridade de publicar suas desculpas e reconhecer o erro.

    Pra frente Campeao.

    Abs

  2. giovana at 5:29 pm

    Mesmo assim acho que ele deveria ser punido e ficar uns anos sem competir pelas confederações. Erro de arbitragem tb deveria ser punido da mesma forma , e o arbitro que errou tb deveria ficar anos sem poder arbitrar.

    Se queremos ser olimpicos , nao existe perder a cabeca e abaixar as calcas.Na proxima que tiver valendo 10 mil vai fazer o que dar um soco no juiz???

    Claro que tem que pedir desculpas, foi horrivel, tinha criancas e mulheres . Nao e de hj que ele e destemperado. Ser faixa preta nao e so ganhar campeonato, e ter atitude de sabedoria e autocontrole. Se ele nao for punido, sera um exemplo para os mais novos.

    Na minha opiniao o braga neto e um dos melhores lutadores de jj da atualidade no mundo, dentro do dojo, lutando e um fenomeno, mas essa atitude nao merece perdao, merece ser punido.

    Mas como claro, nada vai acontecer , segue a vida, e tomara que um dia ele nao perca a cabeca e espanque alguem, pq vai ser dificil segurar.

    Uma vergonha!!

  3. isaias bsb at 5:35 pm

    Grande atleta é Braga Neto,muito profissional, POREM, todos tem que assumir seus erros- um punição por parte da das federações responsaveis (CBJJ,entre outras)torna-se essencial pois senão,o exemplo ficara para outros atletas sem muito preparo para emoções fortes nas horas de decisão. Não se vence dependendo de juizes, o ideal é marcar gol. Quem se arrisca mais corre risco de ficar vulneravel mas é a vida. Que as sanções venham pois se não virem, esperaremos mais uns 20 anos para alguem defender a seriedade do esporte e o sonho olimpico. Grato pelo espaço!

  4. Luís Gustavo at 9:58 pm

    “Não fez mais do que uma obrigação”, “vir a público pedir desculpas é o mínimo que o atleta poderia fazer”, porém, quem somos nós pra julgar uma atitude tomada no calor da emoção???
    Que levante a mão quem nunca proferiu uma palavra ou gesto de baixo calão em protesto contra a arbitragem, independente do esporte..
    Tenho em mente que esta atitude não foi nada mais do que reflexo da “excelente” arbitragem… Eles são os verdadeiros culpados !

    Braga Neto, vc errou, errou feio. Agora é hora de passar uma borracha nisso tudo e seguir com a carreira… O que não pode “ficar baixo” ai é essa historinha de complô da arbitragem… Isso deveria ser apurado.

    Um abraço, Luís – Draculino Team

  5. Valdir Reis at 10:36 pm

    Antonio Braga Neto, só tem a ganhar à admiração de todos com esta carta de desculpa é claro eu fui uma delas a achar um grosseria a essa atitude e por isso … parabéns Braga vc provou mais uma vez ser um verdadeiro campeão … osssssssssssssss

  6. Felipe at 10:42 pm

    Bonita atitude a do Braga Neto, assumiu seu erro e se desculpa pelo fato, agora eu pergunto quem nunca errou? todos somos diginos de erro ele hoje esta sendo crusificado mais se ficam no lugar dele no momendo da luta, vendo a organização e juízes reunidos para definir o vencendo da lutar sem merecimento, isso deixar qualquer ser humano fora de si, revoltado, indignado, ele errou sim mais merece ser perdoado mesmo pq foi a maior sacanagem a que fizeram com ele, conheço ele e sei o quanto é um menino tranquilo, luta por seus ideais, o problema é que ele é um campeão em todas as faixas tem muita gente querendo o cabeça dele, mais segura essa garoto pq tu ainda vai calar a boca de todos esses que estão ti sacaneando.

  7. isa at 12:15 am

    Concordo completamente com a Giovana.
    Parabens pela atitude e coragem de vir pedir desculpa
    mas assim como o arbitro deveria sim ser punido.

    Como o Isaias disse, não se pode depender de decisão de juiz!!

    Parabens pela humildade.
    Mas ainda sim, foi um sem noção, deveria ser punido, e se mostrou ou não as partes intimas pouco importa, quem estava la viu a cena ridicula que eu vi.

    Braga Neto obrigad pelo pedido de desculpas e espero que tenha aprendido com o erro meu velho
    por favor poupe-nos de mais eventos como este, e federações vamos começar a punir arbitros e atletas

  8. Tiago Oliveira de Carvalho at 12:23 am

    Eu admiro muito o Antonio Braga Teixeira Neto (Vulgo Braga Neto), como pessoa e como amigo! O conheço bem, e sei que as vezes ele perde a cabeça, e por conta de seu temperamento acaba perdendo a razao! Mas tambem sei que ele e um otimo ser humano de um coraçao gigantesco!

  9. Tiago Oliveira de Carvalho at 12:29 am

    E MUITO FACIL CRITICAR! TAMBEM E MUITO FACIL FALAR! MAS O MAIS DIFICIL E SE REDIMIR E RECONHECER OS PROPIOS ERROS!!! QUEM NUNCA FEZ BESTEIRAS??? QUEM NUNCA FEZ ALGUMA BOBAGEM QUE NAO SE ARREPENDE? QUEM NUNCA ERROU E PECOU QUE ATIRE A PRIMEIRA PEDRA! DEMAGOGIA DEMAIS! (CONHEÇO ELE A MAIS DE 10 ANOS)

  10. Linario José Leal Junior at 11:13 am

    Parabéns Antonio Braga Neto como disse antes, segundos de um erro, não poderiam destruir uma historia tão bonita. Sou admirador de Jiu Jitsu e sei de seu trabalho que muitos gostariam de ter ser histórico.

    Você é jovem treine, para melhorar sua mente, pois Jiu e demais técnicas vc tem. Que esse evento: fato, reclamação e pedido de desculpas, sirva de exemplo aos demais jovens lutares. Primeiro não façam segundo se fizerem peçam desculpas ou corrijam seu erro.

    Quanto a punição que todos pediram, porém quem deve fazer é seu Mestre, seu Professor, ou Líder de sua equipe, somente ele tem direito sobre você. Agora as demais conseqüências você tem direito a defesa, não só você, mas qualquer pessoa, pois ninguém pode ser julgado, condenado e estigmatizado pela multidão.

    Como já afirmei demos sempre zelar pelo nosso bem comum, que no caso é o nosso Jiu Jitsu, todos nos de forma ordeira e justa.

    Parabéns e continue com as desculpas pessoalmente aos demais interessados.

    Abraços BRAGA NETO tenha cabeça. Sensey Gordo aperta ele!!!

    A colega GIOVANA, respeito sua indignação, contudo sou contra, inclusive em minha vida profissional, contra bodes expiatórios ou bois para piranha, antes dele tem muitos na fila, ou puni desta forma a todos de forma rigorosa como sugerido; que ai eu concordaria com você.

    Mesmo assim ANTONIO BRAGA NETO tem a idade, as circunstancias, e as pressões que ele esta passando não foi só o premio, mas o momento de MMA que agora passa, há possibilidade de grandes contratos e grandes obrigações, lembrem o jovem que ele é.

    Lembrando que em vários esportes, que inclusive eu já competi também federado, sinais e ofensas chulas, ofensivas, são comuns, todos esportes olímpicos, e quando há punição é sexta básica ou meses de suspensão. Cuidado a intolerância é uma das características da ignorância.

    Abraços GIOVANA o preço da Democracia é aceitar o diferente e impor limites a vontade.

  11. Renan Vital at 12:36 pm

    Parabéns Netão, mais uma vez você mostrou ser um campeão não só dentro dos tatames!
    “Familia Evolve Gordo jiu-jitsu”
    obs:Rumo ao topo sempre, pois sempre vão existir pessoas a torcer contra o nosso sucesso.

  12. fabio at 12:56 pm

    vc esta certo, isso nao é uma atitude profissional e acho que vc tem o direito de protestar, mas tambem temos que ver a atitude dos organizadores!!!!!! por que nessa historia o culpado é quem pune sem ver,
    pra que por juiz no tatame???
    ele já nao tinha punido o outro atleta!?!?!?

    entao porque os organizadores mandaram retirar a puniçao????

    é pessoal, no brasil nao é só na politica que á manipulacoes de resultados!!!!

  13. Marcos at 2:24 pm

    Tenho a luta inteira gravada e inclusive a cena tāo comentada.
    Estive nos dois dias do evento, participando e torcendo pelos companheiros de equipe!

    Acredito que todos temos um ponto de vista comum.

    O atleta reconheceu o seu erro mas se deixou levar pela emoçāo no domingo, atitude errada que teve suas conseguencias. (Foi desclassificado).

    Deixo aqui o meu protesto á arbitragem do evento, com toda certeza foram mais acertos que erros durante todo o evento, porém os erros mais cabeludos tbm sāo méritos “destes”.

    Oque acabam com qualquer tipo de imagem do evento a curto e longo prazo. (Isso em todas as faixas) …

    Aproveito e pergunto, até qdo teremos estas balaias ridiculas no jiu jitsu? me refiro a ORGANIZACAO (horarios e cronogramas que nuca se acertaram), Arbitragem (velhos erros,duvidas e etc ) Atletas perdendo a “cabeça” e etc. ??????

    Nao estou dizendo que o evento foi horrível e sim de maneira geral para o jiu jitsu, que mesmo depois de 10 anos que pratico e participo de competicoes ainda hoje estas polemicas sāo cotidianas, eu poderia assim como vocês citar inumeras lutas que ocorreram e geraram polemicas referentes a sua arbitragem. mas levantar mais poeira nāo é soluçāo.

    O jiu Jitsu esta se profissionalizando pois ainda nāo alcançou a execelencia (quem sabe nao venha ali das Arabeas né…rs Estamos á tanto tempo com ele nas maos e ainda assim qdo vem um de fora faz algo maravilhoso,nao da pra entender…)

    Possuimos e exportamos os melhores do jiu jitsu Mundial, mas ainda tropeçamos neste caminho de Profissionalismo de um Esporte .(8 milhoes de federcoes e mundiais e por ai vai o famoso amadorismo – ao inves de juntar forças, ainda lutamos para fazermos sozinhos e achar que vamos conseguir.
    mas alguma coisa sempre acontece , pode ser boa ou ruim) perdoem o desabafo mas é uma opniao particular.

    Sem duvida os atletas de hj em dia estao cada vez mais profissionais (fora e dentro do tatame tanto jovens qto os mais experientes)

    Nossas atitudes sāo refelxos de outras atitudes, se fez tem que assumir, se esta errado tem que pagar, a puniçao nem sempre é um castigo.

    Eu agradeço o espaço para poder nāo só me manifestar referente ao ocorrido na semi do Braga com o Serginho mas tbm por deixar aqui o meu protesto cansado de que mesmo com todas estas mudanças pra melhor dos ultimos tempos, ainda vendemos mais polemicas por nao termos da parte organizacional um modelo mto mais eficaz de julgamento e competiçāo/organizaçao.

    Abs.

    Boa sorte na sua caminhada!

  14. felipe maia at 3:44 pm

    Pessoal acordem, nao vi em nenhum momento a giovana crucificando o braga neto, ela so quis dizer, pelo que entendi que os dois deveriam ser punidos e o atleta deveria ter auto controle. Isso é errado? Certo entao e abaixar as calças no meio de familiares , mulheres e crianças? Agir igual um louco isso é o certo, por dinheiro?

    Ate onde eu sei existe uma filosofia por tras da arte marcial, uma disciplina, nos brasileiros temos que ser exemplos , dinheiro e fama nao sao o mais importante e sim saber competir vencer ou perder com dignidade.

    Voces que sao amigos desse atletas estao ajudando e dando palavras de incentivo, mas qdo acontecer novamente, e vcs nao tiverem carinho pelo atleta vao tacar pedra tenho certeza, pois a atitude foi de marginal.

    Ponham a mao na consciencia e vamos fazer o esporte evoluir e nao regredir aos pitboys de antigamente. No fim, acredito que a Equipe Gordo deveria ser punida, juntamente com o atleta. Acredito que tomar decisoes assim como fazem no futebol. O fepa agiu corretamente em punir o atleta. Erros fazem parte de uma arbitragem, e punicao a arbitragem tb.

    Pra ser justo , tanto os arbitros como o atleta deveriam ficar dois anos sem competir de pano em confederações e que sirva de exemplo para os mais novos que nao repitam esse tipo de baixaria, e pagar 14 cestas basicas a alguma instituição carente.

    O esporte e maior que o braga neto. Ele é ótimo, mas o esporte e maior, e sem uma filosofia por tras, teremos outros bragas netos abaixando as calcas nos eventos ou brigando etc.

    Obrigado por postar meu comentário, estou indignado com essa situação e acredito que dois anos sem competir é justo. E pagar 14 cestas basicas a alguma instituicao carente. Como ele e novo qdo chegar aos 23 ou 24 vai estar mais maduro e pensar antes de prejudicar a nacao do jj.

  15. kudeira at 5:02 pm

    Parabéns pela honestidade do Braga Neto de cabeça fria assumir o erro, durante a competição todos ficam de sangue quente, ainda mais um evento de jiu jitsu com premiaçao em dinheiro, mas a opinião de que deverá haver uma punição para o mesmo como exemplo para o esporte e evolução ao profissionalismo do jiu jitsu deve acontecer.
    A declaração do Braga Neto elucida mais um fato que deve ser apurado nos campeonatos (arbitragem), pois como sabemos vários atletas estão sendo escalados para arbitrar eventos e os mesmos fazem parte de equipes, que mesmo no papel de árbitros, treinam com atletas que estáo arbitrando a luta e pela declaração do Braga pareceu que o Negão quis fazer uma social com o Braga, as federações devem formar árbitros que sejam neutros e que não tenham ligações com agremiações, todos sabemos que uma decisão nas mãos da arbitragem pode pesar pelo lado da amizade. Será que se a luta terminasse empatada não levantariam a mão do Serginho para compensar outros erros ocorridos perante a Alliance? Pela evolução e bem do jiu jitsu temos que formar árbitros e náo atletas-árbitros e que sejam neutros.

  16. Dann Thomas at 9:04 pm

    o primeiro passo para uma reforma intima e o reconhecimento dos erros,
    e muito dificil reconhecer, ainda mais em publico,
    atire a primeira pedra quam nunca erro,
    parabens braga neto,

  17. Fred SP at 9:22 pm

    Realmente era o mínimo que o atleta Antonio Braga Neto poderia fazer, pedir desculpas, foi sim um ato de humildade. Mas, como já dito nos comentários acima, uma maior punição não deve ser descartada. Se assim fosse, os homicidas poderiam se eximir de suas condenações pelo simples pedido de desculpas, alegando ser um ato impensado? NÃO, as coisas não funcionam assim, ou, pelo menos, não deveriam funcionar.

    Já que não há como voltar atrás e mudar a atitude do atleta, nós, também atletas de jiu-jitsu, esperamos que este acontecimento sirva como ponto de partida para uma melhor organização para punição de todos os responsáveis, sejam eles árbitros ou competidores. O que não se pode deixar é “passar batido” somente pelo pedido de desculpas do Braga Neto.

  18. Fred SP at 1:57 am

    Realmente era o mínimo que o atleta Antonio Braga Neto poderia fazer, pedir desculpas, foi sim um ato de humildade. Mas, como já dito nos comentários acima, uma maior punição não deve ser descartada. Se assim fosse, os homicidas poderiam se eximir de suas condenações pelo simples pedido de desculpas, alegando ser um ato impensado? NÃO, as coisas não funcionam assim, ou, pelo menos, não deveriam funcionar.

    Já que não há como voltar atrás e mudar a atitude do atleta, nós, também atletas de jiu-jitsu, esperamos que este acontecimento sirva como ponto de partida para uma melhor organização para punição de todos os responsáveis, sejam eles árbitros ou competidores. O que não se pode deixar é “passar batido” somente pelo pedido de desculpas do Braga Neto

  19. Tribal at 1:44 am

    O Braga Neto foi homem, veio aqui e se desculpou.
    Agora quero ver a arbitragem e os organizadores do evento fazerem o mesmo. DUVIDO? vão ficar tudo de mutuca.

    Por isso, como já disse antes e apagaram o meu comentário, tem que lutar CBJJ e FJJ Rio, o resto é tudo federaçãozinha de bairro, não vale nada, e o pior é que tem um monte dessas aparecendo por aí, e por causa da grana que oferecem vai geral lutar. Aí fica se submetendo a isso que lemos, juiz tendo de pedir desculpa porque organizador quer que o amiguinho ganhe…

    Apage esse comentário aí também o administrador!!! só porque falei a verdade curta e grossa no outro…

    • Marcelo Dunlop at 1:51 am

      Fala Tribal,

      mensagens com xingamentos e ofensas pessoais serão sempre apagadas, sei que é duro não ver seu recado publicado, mas é o que temos de fazer para não virar bagunça. Abraços.

      Marcelo Dunlop – “O administrador”

  20. William Ferreira at 8:13 pm

    Parabens Braga!!!
    Não só pela sua atitude de vir a público pedir desculpas mas também pela sua atuação no evento…
    Ninguém tem e nunca terá o direito de lhe julgar pelo que fez, ainda mais sem te conhecer, eu não lhe conheço mas sei um pouco da sua história e sou seu fã…
    Sou competidor e sei como é ser “garfado”, ainda mais da forma como você foi, ta na hora desses juizes ai aprenderem a distinguir o que é “querer lutar” de “querer amarrar a luta”, por essas e outras é que o jiu-jitsu não tem alguma chance de se tornar esporte olimpico…
    Bicho mais uma vez PARABENS por tudo, que você continue a ser esse rolo compressor no tatame e que venha calar a boca daqueles que te criticam…
    Bons treinos e fica com Deus…
    Ooooooooossssssss!!!

  21. Roney at 8:53 am

    Bom galera o que o Braga fez foi errado porem punir desta maneira eu nao acho legal pois nao sei se muitos de vcs sabem ficar fora de campeonatos implica em muitas coisas.
    Tais como quebra de contrato de patrocinio quebra de ritmo entre essas a mais grave perca de dinheiro oe no estagio que este atleta esta ele necessita de (trabalho) para se sustentar e sustentar a sua familia.
    O braga errou e tenho a certeza que ja se arrependeu. galera o cara precisa trabalhar ele nao foi como estes filhinhos de papai que acorda para treinar e comer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *