Punição para falta de decoro?

Share it
Braga Neto, em foto de Alicia Anthony.

Braga Neto, em foto de Alicia Anthony.

O GRACIEMAG.com recebeu e-mail indignado com a falta de postura do faixa-preta Antonio Braga Neto, que ao ser derrotado no último fim de semana, em São Paulo, baixou as calças para a arbitragem.

“Meu nome é Rafael Marangoni, sou faixa-preta do mestre Demian Maia, e acabo de voltar do campeonato da WLPJJ.

Fiquei imensamente indignado com a conduta do atleta e campeão de diversos campeonatos Antonio Braga Neto.

Participei do torneio, diversos alunos meus lutaram, dentre eles varias garotas e crianças, e até então o campeonato seguia totalmente perfeito, até o dia de domingo, no qual o atleta Braga Neto, independentemente do motivo pelo qual perdeu a luta contra o atleta Sérgio Moraes, abaixou a calça diante do juiz (e do mestre Barbosa, que estava ao lado) e chacoalhou suas partes íntimas diante de centenas de pessoas que estavam torcendo e vibrando com o andamento do campeonato.

O atleta saiu da área de lutas nervoso e achando que estava totalmente com a razão pelo seu feito.

Atitude totalmente arrogante, agressiva e nojenta.

O atleta cometeu atentado ao pudor e, no mínimo, deveria ser punido com alguns anos sem poder competir em qualquer campeonato de Jiu-Jitsu ou qualquer outra atividade.

Mas infelizmente a organização somente o desclassificou, dando a vitória a Sérgio Moraes.

Enquanto atletas assim não receberem a menor punição, nosso Jiu-Jitsu não vai para a frente, e muito menos para as Olimpíadas.

Espero que este e-mail chegue às mãos de pessoas de grande cargos no nosso Jiu-Jitsu e tomem alguma atitude.”

E você, concorda com uma punição para atletas que perderem a cabeça? Comente.

Ler matéria completa Read more
There are 57 comments for this article
  1. Solange Andrade Silva at 6:17 pm

    Concordo plenamente!
    Fui levar meu filho para assistir o campeonato quando me deparei com uma situação dessas.
    É um absurdo!
    Coisa mais desrespeitosa!
    Perdeu a luta, perdeu a cabeça e perdeu o respeito por todo mundo! E perdeu feiooooo!
    No mínimo teria que vir pedir desculpas pra todo mundo, q assim como eu estava no campeonato.

  2. cassio diniz teixeira at 7:25 pm

    O Sr. Braga Neto não percebeu ainda que ser faixa-preta é ser mais do que um simples atleta, ele não pensou no seu futuro como professor, como formador do caráter de jovens, ele pelo menos sabe da importancia que esta arte, tão grosseiramente praticada por ele, é um veiculo socio-economico que da diversas oportunidades para a recuperação e salvação de jovens carentes (carentes de tudo; dinheiro, afeto,noções de respeito, companherismo, disciplina, e muito mais).

    Isto sem contar que com tal ato ele denigre não só sua imagem mas a da arte por ele praticada. Será que ele se deu conta que através do jiu-jitsu temos a reunião das mais diversas classes sociais. mas o mais importante é que não deixemos que tais atos tirem o brilho que o jiu-jitsu possui, precisamos sim unificarmos a regras para a pratica deste esporte e para os indciplinados PUNIÇÃO SEVERA.

  3. Diego at 8:13 pm

    Concordo.
    Levei meus dois filhos no campeonato WlPJJ,(um de dez anos e outro de 12anos, praticantes de jiu jitsu)a organização estava excelnbte porém um fato lamentável, foi quando eu vi essa cena desse cidadão abaixando as calças, no tatame.
    Penso em tirar meus filhos dessa arte marcial e matriculá-lo em outra arte marcial.
    Esse é um campeão de jiu jitsu?
    Diego Souza

  4. CRUZ at 8:38 pm

    A ATITUDE DO NETÃO É INEXPLICÁVEL, MAS ESTA ARBITRAGEM É UMA VERGONHA.

    UM ATLETA SAI DO SEU ESTADO GASTA PRA COMPETIR, E É ROUBADO SEM A MENOR VERGONHA, NÃO TEM QUE SER PUNIDO, POIS O ÁRBITRO TAMBÉM NÃO FOI E NÃO SERÁ!!!!

  5. Gabriel Procópio at 8:48 pm

    Discordo, as autoridaddes do jiu jtsu tem é se preocupar em melhorar a arbitragem, q hoje tá uma vergonha, com juizes apitando sem saber a regra!!!

  6. Solange Andrade Silva at 10:36 pm

    Mesmo com erros ou não da arbitragem,não justifica tal atitude de mostrar as partes para ninguém! Oq será que ele pensou que conseguiria com aquilo? De nada adiantou!

    Como eu disse anteriormente e sem perder o foco! Cada um com seus problemas, mas não desrespeite ninguém! Eu não estava lá pra ver aquilo! Nem eu! Nem meus filhos!

    Foi uma atiude de muleque! Que não merece respeito nenhum também! Foi errado SIM! Foi grosseiro SIM! Que aprenda a conversar! Que aprenda a RESPEITAR!

    NÃO ME INTERESSA SE ELE SAIU DE QUALQUER ESTADO DO BRASIL OU DE QUALQUER LUGAR DO MUNDO! FOI UM HORROR ESSA ATITUDE!

    Não penso em tirar os meus filhos do Jiu-Jitsu, mas tenho certeza que atitude como essa eles nunca irão repetir! Educação vêm de berço!

  7. Ricardo at 11:11 pm

    Concordo Plenamente.
    Sou faixa preta e estava no campeonato com minha esposa e minha filha de 6 anos… estamos indo no caminho certo, um campeonato bem organizado, sem brigas de torcida, um ótimo ambiente… porem um marginal desequilibrado, imagina que o esporte se torna olimpico e o atleta faz isso com o mundo inteiro vendo sua atitude, seria uma vergonha nao somente pra ele e pra sua equipe como para o pais, a vontade que da é de se rebaixar mais que o proprio marginal pois pra mim uma pessoa assim nao é atleta, pois um atleta acorda cedo pra treinar, come direito, tem modos, para conseguir patrocinio e vincular a sua imagem)se o esporte quer se tornar respeitado tem que colocar respeito, na minha opniao o marginal tem que ser punido com a exclusao de sua participacao em qualquer federacao ou confederacao que se preze, queremos um esporte de respeito entao temos que exigir respeito. Juiz certo ou errado é o Juiz… é assim no futebol, é assim em qualquer esporte que dependa de um humano pra falar se esta certo ou errado.
    na minha opniao o Antonio Braga Neto é um marginal e tem que ser excluido do esporte.

  8. BB Gigogo at 11:22 pm

    Acho que a atitude do Antônio Braga Neto, foi no mínimo merecdora da punição que ele recebeu por parte da organização.

    Conheço bem esta pessoa, desde os tempos de Faixa Roxa

    Ele é um cara que quer muito vencer na vida com o Jiu Jitsu, pois na parte financeira ele não precisa de nada, pois tem uma boa situação de vida

    Acredito que ele deve ter tido os motivos, mas descordo de todos que por ventura venham a ser relatados por ele

    Vou deixar aqui o meu recado para você meu amigo, você sabe quem sou eu…

    Você é um excelente atleta de Jiu Jitsu, Submission, MMA

    Não precisa provar nada para ninguém sobre suas qualidade dentro do tatame, agora você errou e feio… A maior virtude de um ser humano é saber que com os erros aprendemos.

    Tenho certeza que nunca mais na vida você repetira este ou quais gestos parecidos, mas é a hora de se desculpar com todas as pessoas que tiveram no Ginásio e principalmente com aqueles que nada tem a ver com o Jiu Jitsu, por isso faça a sua parte reconheça seu erro que com certeza ele será perdoado

    Do amigo que sempre foi teu amigo, fã e acima de tudo te deu diversos conselhos tanto pessoalmente quanto pela Net…

    Lembra que eu te disse uma frase:

    ‘ Na vida nossos objetivos são trasados, porém nunca serão alcançados, pois no dia que alcançarmos todos, a vida não tem mais sentido ‘

  9. kaike at 12:15 am

    concordo ele tem q entender que não eh mais um muleke lutando na rua dele , ele eh uma estrela do jiu jitsu e tem q se dar o respeito !!

  10. Isa at 1:00 am

    Absurdo…
    Eu pratico jiu jitsu tambem, sou faixa azul e estava no campeonato.
    Fiquei indignada e me senti extremamente mal por toda aquela situação.
    Nós mulheres já penamos muitoo pra treinar essa arte que é uma coisa maravilhosa, é familia e amigos que não aceitam muito menos namorado.
    Tentamos provar a todas as pessoas próximas e a sociedade tambem, que o jiu jitsu é um esporte sério e que não é praticado por marginais e pit boys, treinamos todos os dias com os olhos voltados mos grandes mestres e faixas pretas formadores de opinões e as pessoas que mais represetam nosso esporte pelo mundo a fora, que nos inspiram e nos mostram o caminho a seguir.
    Tento convencer minha familia a assistir os campeonatos, falo para o meu namorado que mesmo sendo um esporte de contato as mulheres são muitos respeitadas dentro do tatame e que não existe diferenciação de sexo.
    Tento mostrar a todos que o jiu jitsu é um esporte sério e sonho que ele um dia entre nas olimpiadas.
    Agora alguem me fala, que cara eu fico ante a essa situação PATÉTICA?!?! Como vou explicar pra minha mãe?! E pro meu namorado?! Como vou convece-los que existe hierarquia, respeito, honra, educação, entre outros pilares do jiu jitsu!?

    Antonio Braga Neto, um atleta exelente, um formador de opinião, uma pessoa publica fazer uma cena destas?!
    Não importa se a arbitragem errou ou não, não importa nada, FALTOU COM O RESPEITO, DISCUMPRIU AS LEIS, desculpe a palavra foi um OTÁRIO.
    Eu e minha equipe estavamos torcendo pra ele, e no fim agradecemos ele ter perdido.
    Papelão.

    Se todos começarmos a agir assim, se seu chefe brigar com você você bate nele, se baterem no seu carro você coloca seu corpo a mostra, se cobram errado seu pão na padaria você destroi o local…PARAAA!! somos humanos ou animais?! Ele agiu como um marginal, como alguem que não tem o minimo de educação, respeito e etc…

    ABSURDO ESTAMOS INDIGNADOS.
    Merecia ter sido algemado dentro do tatame, atentado ao pudor é crime.
    Agora me respondam vocês, e se tivesse sido um faixa branca que fez isso,ou até uma pessoa com menos poder, menos nome e etc… ele teria tido o mesmo tratamento?!
    Fica ai minha pergunta!!

  11. Gabriel at 1:06 am

    Concordo plenamente com a indignação do Rafael. Uma coisa que eu penso é a seguinte, vivemos num país de corrupção, onde todos nós pensamos em acabar com isso, porém por medo, ou qualquer outro porém nós ouvimos e vemos as coisas calados, e assim segue a vida.
    O que o Rafael fez, é o que qualquer um presente no evento, gostaria de fazer, porém pela mesma razão que eu citei acima “medo” viram a cena quietos, e voltaram pra suas casas. Sempre vai ter um pra bater de frente e reclamar, acho que o rafael reclamou com razão, pois realmente foi uma cena horrivel de se ver e acredito ter sido a primeira nesse nível que o jiu-jitsu ja promoveu em toda sua história. Tenho certeza que nunca nada chegou perto disso e fico triste pelo Mestre Barbosa que sem dúvida alguma não merecia e viu o fato de frente.
    Eu estava no campeonato e também fiquei sem reação no momento, considerava o Braga Neto como um excelente atleta de competição, porém como alguns já disseram acima, não basta ser faixa preta, quando você chega nesse nível voce é o espelho das outras pessoas, então tem de se portar como tal.
    Vi após a cena, uma garota pequena e seu pai indo tirar uma foto com o atleta, agora penso, como ele deve ter se sentido nessa foto? “Tem pessoas que me admiram, são fãs e eu fiz essa cagada?” Se fosse eu, na pele dele teria ficado muito constrangido comigo mesmo.
    Parabéns Rafael pela iniciativa, sei que precisa de muita coragem pra fazer o que você fez mas você ta certíssimo.

  12. Dann Thomas at 3:10 am

    Depois que um Pai de familia mete a porrada ou da um tiro num individuo que saco da pistola pra fora na frente de sua esposa, mãe ou outros familiares que estavam no evento ai o Jiu JIteiro e Pit Boy, maloqueiro entre outras coisas o Braga Neto tem um JJ pra frente bonito de se ver, mas nao e a primeira vez que ele apronta dessa em Porto Alegre ao perder pro ROdolfo VIeira ele tb saiu feito um caminhão desgovernado eu etava lá nnguem me conto, i eu vi professor conter aluno que queria tira satisfação com ele,
    entao numa dessas queima total o filme do BJJ.
    Braga Neto cabeça no lugar vc tem um futuro pela frente, não se queime por besteira.

  13. Linario José Leal Junior at 3:30 am

    Moro em Mogi das Cruzes e treino com autorização de meu mestre Fernando Yamasaki na equipe de Rafael Marangoni.

    O ato do atleta ANTONIO BRAGA NETO foi no calor dos fatos, face ao que ora ali valia, era uma luta de Jiu profissional, uma luta contra o Prof Serginho, valia muito; a cabeça estava cheia, muita pressão para controlar, talvez até cobranças externas que também o atormentavam, foi um ato de segundos, grave extremamente grave, ofendeu ao adversário, ao arbitro, ao Mestre Barbosa, aos espectadores, ao tatame – solo sagrado para quem vive nele e dele, mas acima de tudo ao Jiu-Jitsu.

    Porém peço a todos que reflitam foram segundos de um erro, em uma avalanche de emoção, peço a todos que olhem para a foto de Antonio Braga Neto é um jovem, peço que olhem para historia dele, a pouco era cotado para substituir ao Professor Celsinho, em suas aulas na Equipe Gracie Fusion, pois o grande atleta Celsinho agora dá aulas em São Paulo.

    Peço que reflitamos, pois os segundos de um ato de falta de decoro não podem destruir uma carreira por estigma.

    Peço que entendam o e-mail de Rafael como um ato de dever de oficio de um Professor de Jiu Jitsu e um aluno de 4º ano de educação física, também jovem demonstrou a revolta dos pais de seus alunos, aqueles que ele também levou ao local como responsável, e aquele ato de segundos ocorreu.

    Peço calma a todos, e tenho certeza que o atleta Antonio Braga Neto esta sofrendo a pior punição possível, ele sabe que errou e sua consciência esta o punindo. E todos nos sabemos com dói não? Eu já errei, os que postaram nunca erraram?

    Rogo a todos calma e perdão pelos atos precipitados de Rafael e do ato de Antonio Braga Neto. Pois são jovens e até a data de hoje só tinha conhecimento das pessoas boas que são. E ainda bem que é por estes atos que somente prejudicam aos evolvidos, e que estamos discutindo ambos possuem Mestre, é ele que deve tomar as providencias.

  14. KUDEIRA at 7:28 am

    Erros de arbitragem acontecem, nao sei o erro ocorreu ou nao e existem lances polemicos como no futebol, que podem deixar margens de reclamacao tanto para um lado como para o outro. O fato é que a atitude antidesportiva deste atleta só vem a causar transtornos nao so na imagem do atleta campeao de varios eventos como tambem do esporte.
    Pelo bem e avanço do esporte, as confederacoes deveriam puni-lo pelo ato.
    Sem mais

  15. FELIPE BERNARDES at 8:51 am

    O BRAGA NETO É UM GRANDE ATLETA MAIS COM A CABEÇA E O PSICOLÓGICO PEQUENO.
    QUEBROU TOTALMENTE OS PRINCÍPIOS DO JIU JITSU DE AO MENOS TER RESPEITO PELAS PESSOAS QUE ALI ESTÃO E PELO SEU OPONENTE.
    ACHO QUE DEVERIA TER PUNIÇÃO SIM, JÁ NÃO É A PRIMEIRA VEZ QUE ELE FAZ ISSO.
    É UMA PENA ACONTECER ISSO NO NOSSO ESPORTE.

  16. Vagner at 9:22 am

    Antônio Braga Neto, tudo que vc fez pelo jiu-jitsu será difícil de reconquistar. Jiu jitsu é arte marcial de contato agregado a controle emocional e filosofia de caráter, de respeito.
    Entendo sua posição de desconforto e revolta qto a arbitragem mas….
    É uma pena.

  17. Francisco at 9:29 am

    ESSA ATITUDE É SEM COMENTÁRIOS, E SIM DE ATITUDES:
    PELOS ORGANIZADORES DE CAMPEONATOS
    PELAS FEDERAÇÕES
    E PRINCIPALMENTE DA CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE JIU-JITSU.
    ESPERO QUE ESSES ORGÃOS TAMBÉM NÃO BAIXEM AS CALÇAS PARA O EPISÓDIO.

  18. eduardo geral at 9:49 am

    Acredito que este fato fugiu do nível desportivo, devendo ser tratatado na questão policial, pois o ato foi atentado ao pudor, ou seja, este indivíduo que faz o jiujitsu andar dez passos pra trás enquanto estamos tentando andar um passo pra frente, deveria ter saído algemado, pois cometeu um ilícito penal, sem contar a sua banição dos campeonatos, de qualquer federação !

  19. Carlos at 10:04 am

    Braga Neto perdeu a cabeça, a razão e decepcionou por sua postura idiota e falta de tecnica na luta, eu lutei, meus alunos lutaram, meu filho lutou e estavamos todos lá, além de minha mae e minha mulher. E SE FOSSE TODA A FAMILIA DESSE ATLETA????? COMO ELE SE SENTIRIA????

  20. Ciro at 10:14 am

    Fiquei sabendo deste acontecimento lamentável e gostaria de dividir minha indignação com Rafael. Eu não estava in loco, mas muitos que presenciaram me falaram que o campeonato seguia bem, com uma grande platéia de mulheres, crianças e atletas. Braga fez um gesto e no mínimo deveria pedir desculpas. Gostaria que a CBJJ tomasse alguma providência. Não podemos deixar que atletas indisciplinados acabem com todo o trabalho que o grande mestre Hélio Gracie teve ao conquistar o respeito e a credibilidade do esporte. O juiz era o faixa-preta Pindá, da Cia Paulista, um cara íntegro e bastante competente, apaixonado pela arte suave. Sem mais

  21. Mark at 10:22 am

    Sou praticante de jiu-jitsu a mais de 8 anos e já pratiquei outras artes marciais também. Acredito que nunca ouvi uma estória tão repugnante quanto esta em minha vida. Esta atitude deveria ser punida mais severamente se esperamos que esse esporte cresça mundialmente e seja respeitado por leigos e novatos como nós praticantes o respeitamos.
    A comunidade do jiu-jitsu já está punindo o atleta com seus comentários aqui postados. No entanto, falta uma postura mais ativa de nossos dirigentes (que em teoria deveriam representar os interesses do esporte e da comunidade) na punição de atos como estes. É realmente inadimissível o que aconteceu.

    Para o indivíduo Braga Neto, vale aqui uma reflexão: nosso jiu-jitsu é uma ferramenta de formação de melhores indivíduos, mais do que apenas excelente atletas de competição. Todos nós praticantes ganhamos e perdemos diariamente dentro e fora do tatame. E nem por isso tomamos atitudes como esta. O mínimo que podemos esperar é seu pedido de desculpa oficial (que inacreditavelmente ainda não veio) que seria a PRIMEIRA atitude de um verdadeiro atleta deste esporte. Não é vergonha pedir desculpas. Aliás, no seu caso, é vergonhoso se esconder e não se pronunciar…

  22. Fernando Lopes at 10:29 am

    Gostaria de dizer que concordo plenamente com o Sr. Rafael Marangoni.
    Mas eu (Fêpa) só comando as competições da WLPJJ, e nelas o Sr. Antonio Braga Neto esta expulso!!!
    A atitude do lutador foi uma vergonha, ele não só mostrou que não tem nenhum auto controle, como também cometeu um crime, e na hora do ocorrido eu me dirigi ao meu chefe de segurança que também é policial, e pedi que o levasse preso!!!
    Pela WLPJJ estar no seu primeiro ano de funcionamento, alguns atletas renomados acham que poderão pelo seu prestigio ditar regras nas nossas competições, e isso nunca irá acontecer!!!
    A WLPJJ esta com vc Rafael.
    Abs à todos.
    Fernando Lopes

  23. Marcio at 10:39 am

    Sou lutador de Jiu Jitsu não conheço o Mestre Rafael mas concordo inteiramente com ele, e o parabenizo pela iniciative do e-mail.

    Durante anos o Jiu Jitsu foi marginalizado pela sociedade e ignorado pelos orgãos do desporto nacional, com a dedicação de todos que amam o Jiu Jitsu esse panorama mudou, com muito suor e convencimento. Não podemos deixar em hipótese alguma que atitudes ridículas desse tipo nos façam retroagir “manchando” a imagem do jui jitsu. Independente do status do lutador deverá ser punido. Por isso torço para que o Mestre Carlos Gracie (Presidente da CBJJ) leia esse comentário e se solidarize com as aoutras federações e ao menos envie um comunicado de repúdio a esse tipop de atitude. O espirito do Jiu Jitsu não é esse e deixa todos os amantes do esporte tristes.

    Desculpas pelo desabafo.

    Marcio Luiz

  24. Carlinha at 10:48 am

    FIQUEI INDIGNADA!!!!

    A WLPJJ está de parabéns pela atitude, q falta d educação e d respeito!!!!! Problemas na arbitragem acontecem o tempo todo e em todos os campeojnatos do mundo, é vergonhoso um faixa preta campeão mundial ter esse tipo de atitude, péssimo exemplo….

  25. MARCIO at 10:54 am

    ESTÃO BOTANDO ARBITROS QUE NAO SABEM O QUE FAZEM.

    NAO TO FALANDO QUE ELE TA CERTO, MAS O ATLETA TAMBEM NAO PODE SER PREJUDICADO. OS ORGANIZADORES TEM QUE PRESTAR ATENÇAO, ALGUEM TEM QUE VIGIAR A ARBITRAGEM. NO GERAL, EM TODAS AS FEDERAÇOES E CONFEDERAÇOES.

    COM NETAO FOI DESCARADO QUEM TAVA LA VIU DOIS JUIZES DERAM O PONTO DE AMARRAÇAO PARA O NETO O OUTRO JUIZ TIROU E DEU VANTAGEM PRO ATLETA DA ALLIANCE.

  26. Wendel at 11:11 am

    É um absurdo, essa atitude não deveria ser aceita! Isso não é atitude de um atleta, muito menos atitude de um Faixa preta, que tem como função não só passar seus conhecimentos sobre a Arte Marcial, mas sim formar um cidadão consciente. É por esses e outros motivos que o nosso Jiu Jitsu ainda sofre preconceito. Ele deveria ser punido severamente para que outros atletas não façam o mesmo. Inaceitavél!

  27. ROBSON RODRIGUES DA SILVA at 11:17 am

    Em qualquer país sério Antonio Braga Neto seria preso em flagrante e sairia do local algemado. Trata-se, como se pode ver, de crime, classificado na nossa legislação penal como ATO OBSCENO e que está a merecer a necessária reprimenda legal,além da punição por parte das Autoridades Desportivas. Nada justifica um comportamento como esse,na presença de mulheres e crianças, notadamente por parte de um atleta, que deveria dar bons exemplos. Esse rapaz deve ter sido muito mimado na infância e, por isso, essas crises de pirraça. Alguém deveria comunicar o fato à Delegacia local, para fins de Registro de Ocorrência e demais medidas cabíveis, para que fatos como esse não voltem a se repetir, manchando o nome do JJ brasileiro e prejudicando atletas sérios e respeitados. É claro que todos estamos sujeitos a cometer algum deslize na vida e devemos ser tolerantes com os erros alheios. Mas tolerância não significa cumplicidade com os erros. Se existem leis é para ser aplicadas e não violadas.

  28. Gouveia JJ at 11:25 am

    Foi uma atitude lamentável. Perder, ainda mais quando se é injustiçado (pela visão dele), é muito revoltante, porém, nada justifica uma atitude dessas.. Na minha opinião, ficou feio pra ele, pra equipe dele e principalmente para os seus patrocinadores que, querendo ou não, tem a sua marca associada a essa imagem de um “lutador” desequilibrado e inconsequente!

    Braga Neto, tu é grande no jiu-jitsu, tu não em noção da honra que é poder ostentar uma faixa-preta de BJJ na cintura, tu não tem ideia de quantos queriam estar no teu lugar, ter a tecnica que vc tem, então, cresça, e faça por onde merecer tal honra.

  29. Cecelo at 11:34 am

    O ato em sí foi excessivo sim, contudo a atitude de protesto contra uma arbitragem imcopetente (para não dizer mal intencionada muitas vezes) não pode ser esquecida também, hoje árbitro de JJ sente-se como um ser acima do bem e do mal, se acham os donos da verdade e por isso mesmo todos os seus erros, os grotescos inclusive nunca são punidos, atletas que se esforçam uma vida inteira para chegar à faixa preta, treinam o dia todo por messes a fio para o grande dia e quando chega o grande dia um ábitro mal preparado e incopetente tira a vitória da sua mão por um erro grotesco, por uma imterpretação errada da luta.
    Nada Justifica o ato do Netão, mas usemos esse descontrole momentâneo para rever a atuação dos árbitros e aplaudir e homenagear os bons e PUNIR os imcopetentes, e quem acompanha os campeonatos sabem quem são, pois são sempre os mesmos!
    E por final só quem já foi garfado em uma luta, ainda mais em um campeonato importante sabe o que é ser lesado, sabe a raiva que esse erro te dá, ainda mais em campeonato que o erro gera uma perda monetária.

  30. Ronnyeri at 11:51 am

    O que este tarado fez não ofendeu aos arbitros da luta e sim as famílias que estavam lá presentes.

    merecia era ser banido do esporte e preso por atentado ao pudor.

  31. paco at 12:12 pm

    Com certeza deve sr punido… Atitude como esta que estraga a imagem do jiu-jitsu. Será que ele iria gostar que eu fizesse isto na frente da esposa, irmã ou filha dele?

  32. rafael at 12:31 pm

    Perdeu a luta? {ega a filmagem da luta e mostra para o presidente da confederacao, ou se tiver como faz um processo na confederacao contra o arbitro…

    Agora fazer o que ele fez foi MOLECAGEM, ele ia gostar se eu fizesse isso na frente da namorada ou esposa ou mae dele? Nao ia. Entao ele tinha de tomar um gancho muito bom para poder criar cabeca de adulto ate porque seu ato apenas nao refletiu contra ele mas contra todo mundo que levou mae esposa criancas ao ginasio.

    Eu como atleta nao levo minha namorada quando vou lutar por causa disso, sempro invento algo com medo destas coisas qeu ate hj acontece e olha que tb sou faixa preta e ate hj fico com pe atras de levar ela para campeonato e um cara do nivel dele fazer isso na frente de todo mundo mostra que tenho plena razao, pratico jiu porque amo mas infelizmente ate hj isso acontece !

  33. TIAGO OLIVEIRA DE CARVALHO at 12:34 pm

    Sou amigo dele, e sei que isso nao e da indole dele!

    A ATITUDE DO ANTONIO BRAGA NETO NAO TEM PERDAO, MAS ESTA ARBITRAGEM É UMA POUCA VEGONHA.

    ta certo que isso nao se faz! Mas ele tem um nome a zelar e vem um arbitro folgado e “rouba na cara dura”!

  34. isaias bsb at 1:32 pm

    Comcordo 1000% com a sugestão, apelo, convocação de uma punição exemplar!!!!! por que sera que nos Emirados Arabes os atletas foram advertidos previamente quanto a reclamações deseducadas a arbitragem? la nas suas leis , estes poderiam ser presos. Aqui, por ex, torneio de Jiu Jitsu em Goiania GO, os juizes atletas invadem o tatame para discordar do juiz em ação. Uma vergonha!

  35. Fancio at 3:07 pm

    Que a arbitragem é muito ruim, isso não é novidade. Não há formação de árbitros decentes. Não ganham nada e sem dinheiro a coisa não anda. A CBJJ tem melhorado, mas ainda há um longo caminho.
    Não estive no campeonato e não presenciei a cena (ainda bem, já que o Braga Neto pelado deve ser um pesadelo!).
    Todos os esportes sofrem injustiças. Vejam no futebol quanta roubalheira e tapetão acontece. Sempre foi assim.
    O Palmeiras foi roubado descaradamente contra o Fluminense. Se não quisesse passar por isso, era só ter ganho de uns 3 ou 4 gols de diferença. No BJJ e a mesma coisa! Não quer ficar na mão do árbitro: FINALIZA! Nnao tem choro nem vela. Contra finalização não há roubo.
    Na minha opinião, o erro da arbitragem não justifica a atitude de um FAIXA PRETA de renome mundial como ele. Isso somente contribui para que o Jiu-Jitsu ande para trás. Como um esporte que tem pretensões olímpicas pode permitir isso? Como um esporte que tem uma imagem deturpada perante a sociedade pode reverte-la com atitudes assim? Existem inúmeras formas de se protestar por algo que se acha injusto. Essa é a menos inteligente. Com isso damos muitos passos para trás na evolução do nosso esporte. Fica uma pergunta:
    EM QUAL OUTRA ARTE MARCIAL, MUNDIALMENTE CONHECIDA, ACONTECE ISSO?
    Abracos

  36. wllisses oliveira at 6:19 pm

    Bom gostaria de deixar meu comentario sobre o fato ocorrido no domingo 06/12/2009 eu estava presente também na escola magno em sp no wlpjj o q aconteceu foi o atleta antonio braga neto foi vergonhosamente roubado.

    Não q eu esteja achando a atitude do atleta correta, mas acho q mais vergonhoso foi a atitude dos juizes de dar o ponto ao atleta citado, e perto do final da luta retirar o ponto.

    Fica meu comentario sobre o ocorrido, os organizadores precisam selecionar melhor os arbitros….

  37. Tomelirola at 7:06 pm

    Vejo aqui muita gente falando mal da arbitragem, como se fosse fácil… eu fiz o curso de arbitragem e qualquer dedo que você movimenta errado, a pontuação muda. Eu assisti a luta e realmente não estava mole arbitrá-la mesmo porque foi bastante amarrada, então para os que falam que ele treina o dia todo e blá blá blá, se fosse tão sinistro mesmo teria finalizado, e não ficado nas mãos do arbitro, to errado? Sendo que o arbitro principal era o Fabio Negão, um cara que sempre viveu do esporte e também tem o seu nome a zelar. Ele mais do que muitos tem um conhecimento elevado sobre a regra e está renovando o curso de arbitragem todos os anos, acho que vocês devem parar de criticar a arbitragem que só tem melhorado a cada ano que passa e se forem ver, erros de arbitragem tem em todo esporte, a todo momento, e isso não vai acabar, podem olhar o futebol, desde 1900 e bolinha o arbitro errava, e hoje em pleno século 21 ainda erram, porém não acontece essa reviravolta toda, e ninguem sai mostrando a brejereba pros outros verem.
    INDIGNADO!

  38. krilus yaliobis at 10:54 pm

    VOCÊ PENSA QUE O JJ É BRINCADEIRA? ATITUDES COMO ESSA SUA DENIGREM ANOS DE ESFORÇOS, SUOR E SANGUE DA FAMÍLIA GRACIE E TODOS OS QUE FAZEM O JJ.

  39. ryoto at 12:08 am

    Caros leitores, não tiro a razão do braga neto, pois todas as regras são decorrentes de uma única agremiação e na verdade eles não souberam usar a regra neste gigantesco evento.

    Sendo de total desrespeito um atleta lutar com kimono que não foi aferido, mesmo por estarem postando um aferidor de total diferença de uma outra agramiação cuja a regra é única e vigente que eu sempre vou acreditar que seja única e correta !

    “Como se pode colocar quem nunca fez um curso de regras para ser julgador de lutas de grandes nomes e assim mesmo deixar fugir das regras o julgamento de dois contra um mudar de norma para um contra dois.”

    Pois foi isso que eu vi neste evento muitos erros durante o decorrer do mesmo! Criticar é facil se colocar no lugar de quem saiu de um lazer para prestigiar este evento não é fácil .

    Sou atleta não gostei do que ele fez, mas tem horas que as organizações deixam a desejar como a wlpjj deixou!

    Vi um atleta parar a luta para que o outro trocasse o kimono isso esta errado só se faz isso quando rasga lutando !

    Assim como teria que ter colocado arbitros de grandes nomes para tais lutas que assim não fizeram !

    Deixo um recado para todos se o jiu-jitsu não pegar um único ritmo jamais alcançaremos a tão almejada olimpiadas!

    Aprendam a criticar as organizações e não grandes atletas! Obrigado pelo espaço!

  40. Wagner at 1:22 pm

    É esse tipo de atitude que rotula a arte suave como motivo de desrespeito de alguns cabeças de bagre.

    Faixa-preta não pode ter esse tipo de atitude, que tipo de lição um dessses vai passar pra seus alunos? e o respeito?

    atentado ao pudor não é caso de punição em campeonato mas está tipificado no código penal no Art. 233 – Praticar ato obsceno em lugar público, ou aberto ou exposto ao público:

    Pena – detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa.

    saiu bem barato pra ele, mas espero que sirva de exemplo a NÃO ser seguido.

    oss

  41. carlos at 8:38 pm

    Braga neto perdeu o controle, so que antes dele perder o controle
    alguem errou entao vamos aqui falar um pouco desse juiz, que deveria
    ter saido de casa para ser justo e nao foi… e assim agora todos ou quase todos julgam Neto julgar eh facil…Neto vc eh um grande atleta
    sei que vc errou e tenho certza, vc aprendeu com seu erro!Espero que as pessoas que organizam um evento desse tambem coloquem juizes de verdade!

  42. Daniel Dantas at 2:23 pm

    Olá! Meu nome é Daniel Dantas. Tenho 28 anos, sou faixa marrom de Jiu-Jitsu, pela GFTeam / J. Court, e Prof. de Ed. Física. Concordo com o Rafael sobre a conduta do atleta Braga Neto. Deveria existir no Jiu-Jitsu uma Comissão para tratar desses problemas e de outros que venho observando ao longo de minha relação com este esporte. A exemplo do Braga Neto, já presenciei várias lutas com atitudes sem nenhum FAIR PLAY.

    Certa vez numa luta de faixa preta o atleta que ganhou a luta aplicou um mata-leão, foi preciso a interferência de várias pessoas para poder solt-lo, uma vez que mesmo o outro atleta batendo e o árbitro paralizando a luta, aquele não largara o golpe. Conclusão, o atleta venceu e não sofreu nenhuma punição, que no caso poderia ter sido uma desclassificação. Outro caso é o uso de substâncias ilícitas que melhoram o desempenho esportivo, como a eritropoeitina, esteróides anabolizantes, diuréticos etc, pois não há exames antidoping. É hora de se pensar nisso para a evolução e sucesso do Jiu-Jitsu! Um abraço a todos! osss…

  43. paulo santiago at 3:38 pm

    Gostei da atitude do fepa de expulsar o neto das competições.Sao atitudes como essa que mostram o verdadeiro significado do jj . Expulsar o braga mostrou que o jj e importante pra ele, assim como pra nos.Essa atitude nos encoraja a participar das proximas edicoes, e inibi as estrelas sem auto controle. Parabens pela atitude fepa, erros em eventos acontecem, isso e normal, mas abaixar as calcas num evento internacional nao e normal. Se o braga neto fizer isso no ufc pode ter certeza que ele seria banido pela comissao atlettica . O jj so tem a ganhar com essa atitude. Nao podemos ser refem a um grande atletas outros melhores estao ai pra mostrar carater e o jj e maior que o braga neto. Palmas ao fepa.

    A arbitragem errou, isso é terrivel, e acho que os arbitros deveriam ser punidos severamente tb, isso nao tira a responsabilidade deles no que aconteceu. Eles erraram e feio, e merecem ser punidos.

    feliz natal

  44. Brenner Souza at 12:41 am

    kkkkkk..
    po, perde a cabeça, pra mim pode ser como ir pra cima de algum oponente por provocação…sei la..
    mas issu aii ja foii TOTALMENTE LOUCURA do atleta..
    acho que sua carreira foi mals..

  45. Ed Li at 11:29 pm

    O que nos deixa chocado é que um elemento desse é professor de alguém, como ficam seus alunos, ou melhor como eles são ensinados pelo “professor”?Será que esse Braga Neto vai conseguir olhar seus alunos nos olhos? Molecagem não combina com Jiu-Jitsu, é é uma agravante partir de um faixa preta. Quem lhe concedeu a faixa que se manifeste, sei que talvez ele não é culpado, mas para ser um faixa preta um dos requisitos é EDUCAÇAO, RESPEITO com o Jiu e com os menos graduados. Sou um simples faixa azul de 44 anos,mas tenho excelentes exemplos dos jovens graduados na minha academia.

  46. luiz francisco moreira at 11:12 am

    Concordo plenamente esse vandalo tem que ser expluso e indiciado por atentado ao pudor. Imaginem se ele faz isso no tatame imaginem o que esse deliquente faz na rua, que exemplo esse mostro de kimono vai passar para seus alunos vamos avaliar isso. Tinha que pedir desulpas em publico. vamos pensar antes

  47. Marco at 11:01 am

    Ei Fepa aproveita e publica os resultados gerais, por favor!!! Tem um monte de gente que competiu e os resultados não saíram em lugar nenhum!!!

  48. Marcelo at 12:33 am

    Concordo com a pessoa que ta protestando.
    Trata-se de um faixa preta ,onde no minimo ele teria que dar bons exemplos para as pessoas,isso é o minimo.
    Se fosse no judo ou em outro esporte sério isso seria visto de uma outra forma.
    Exemplo,Aoky da academia paraestra,mostrou o (dedo ),para o atleta depois que ganhou ,fui expulso da sua academia e ainda levou outra punições..

    Se não for punido pelas leis do esporte,vai ser punido pelo caminho dos tatames..

  49. PAULO CÉSAR CARDOZO (PC) at 10:53 am

    Creio que o desrespeito à área de luta, aos árbitros e/ou auxiliares, como por exemplo no futebol e no vôlei, deve ser repreendido sim com punição desclassificatória e de acordo com a gravidade do desrespeito, o atleta deve responder na CBJJ (ou na entidade que é ligado) pelo seus atos.

    Caso o desrespeito ultrapasse o limite, partindo para a agressão verbal (moral) ou física, o mesmo deve ser encaminhado para o registro de ocorrência policial, cumprindo-se assim a Lei, cumum à todos os cidadãos brasileiros. Creio que desta forma o respeito será imposto pelas normas legais de conduta, dentro e fora dos tatames.

    Um abraço à direção da GRACIEMAG pela iniciativa do debate.

    OSS, PC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *