No Strikeforce, Henderson já pensa até em Fedor

Share it
Foto: Josh Hedges

Foto: Josh Hedges

Depois de muita especulação, Dan Henderson finalmente definiu qual será o futuro no MMA. O lutador, que fez história no Pride, campeão em duas categorias de peso, se despediu do UFC e assinou contrato de quatro lutas com o principal concorrente da organização, o Strikeforce.  

“Estou muito feliz por fazer parte do Strikeforce. O evento, com sua lista cada vez maior de talentos mundiais, me proporcionará diversas lutas emocionantes, além da capacidade da organização de trazer novos fãs de todo o mundo para o MMA”, comemorou. 

Henderson fez parte do time olímpico de wrestling dos Estados Unidos em duas oportunidades. No UFC, foram cinco lutas e três vitórias. O lutador vinha reclamando do salário e até do brasileiro Vitor Belfort, que teria vez pelo cinturão antes do “Banguela”, como é chamado. Cabe lembrar que Henderson teve duas vezes a chance pelo título do Ultimate, com derrotas seguidas para Quinton Jackson e Anderson Silva. 

Apesar de mal ter chegado à nova casa, aos 39 anos de idade, o ex-campeão do Pride vem com moral e já comenta a possibilidade de encarar Fedor Emelianenko.   

Sem comentar qualquer possibilidade de tal combate, o novo patrão do wrestler, Scott Coker, está contente com o reforço de peso. “Estamos muito animados em recebê-lo”, finaliza.

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *