Lyoto quase pronto para voltar

Share it
Lyoto comemora na vitória sobre Shogun / Foto: Josh Hedges

Lyoto comemora na vitória sobre Shogun / Foto: Josh Hedges

Lyoto Machida foi uma atração a parte durante o Platinum Fight, no último sábado, no Rio de Janeiro. Receptivo, não negou fotos e autógrafos aos fãs, requisitado inúmeras vezes. Em dado momento, também bateu um papo com Paulo Filho, que não deixou de elogiar o atual campeão do UFC. Em conversa com o GRACIEMAG.com, Machida falou da recuperação após a cirurgia na mão esquerda, quando volta a trabalhar para a luta contra Maurício Shogun e muito mais. Confira e entrevista. 

Exige uma preparação especial” Lyoto Machida, sobre a luta com Shogun

Como está a melhora da mão? 

A recuperação está boa. Mais uma semana e tiro este imobilizador e intensifico a fisioterapia. Continuo o treinamento fazendo a parte aeróbica e musculação nos membros inferiores. Faço uma manutenção para não ter que começar do zero na volta aos treinos.   

E quando começa o trabalho para a revanche contra o Shogun? 

No momento estou meio que de férias, treinando leve. A partir de janeiro já inicio a preparação voltada à luta com o Shogun. Foi um combate realmente duro e exige uma preparação especial para termos uma alta performance neste evento em Montreal, no Canadá (no dia 1º de maio). 

A sua categoria no UFC conta com diversas pedreiras e agora, além da chegada do Rogério Minotouro e o retorno do Tito Ortiz, o Quinton Jackson também está de volta. Como será para manter esse cinturão? 

Realmente é a categoria hoje mais disputada. O meio-pesado traz pessoas técnicas e rápidas, que também são muito fortes. Contamos com muitos brasileiros nesse peso, já que somos o maior celeiro de lutadores. Isso dificulta a categoria, mas de um modo geral todo mundo ganha com isso, porque quem for o campeão terá muito merecimento. O público também ganha, porque pode acompanhar grandes lutas e grandes eventos. Só me resta treinar duro para manter o cinturão.

Os lutadores de MMA não se interessavam muito pelo karatê, mas isso mudou bastante, principalmente depois dos seus resultados no Ultimate…   

Prova que todas as artes tem o seu fundamento e merecem respeito. Todas foram criadas para o combate real. Por causa do crescimento do esporte (karatê), as regras foram modificadas e perdeu-se um pouco da essência da luta. Estamos trazendo de volta isso e não me considero o único responsável. Hoje existem muitos professores trabalhando nisso. Isso tudo é de grande importância para o crescimento do karatê. 

Os fãs te adoram. Como é lidar com esse assédio? 

Fico feliz, porque mostra não apenas o crescimento do esporte, mas o entendimento dos fãs. Isso também é devido ao trabalho de toda a imprensa e mídia especializada, que vem dando muito apoio. É de suma importância para o crescimento do esporte. Então esse assédio só acontece por todo esse trabalho e mostra que o esporte cresce mais a cada dia.

Lyoto bate um papo com Paulão ao lado do empresário Jorge Guimarães / Foto: Carlos Ozório

Lyoto bate um papo com Paulão ao lado do empresário Jorge Guimarães / Foto: Carlos Ozório

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article
  1. Edson Lima at 9:14 pm

    Gosto do Shogum, porém torço para o dragão Machida, pela humildade, profissionalismo e dedicação a um esporte que exige muita disciplina, coragem e esquecido em nosso país. Valeu Machida! Valeu Shogum! Valeu Brasil!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *