UFC 105: nova polêmica, nova revanche?

Share it

Mais que a luta, o que marcou o UFC 105, que aconteceu neste sábado, na Inglaterra, foi o resultado do combate entre Randy Couture e Brandon Vera, o principal da noite. Após visível vantagem de Vera nos dois últimos rounds, as papeletas anotaram vitória unânime para Couture.

A caminho do Octagon, ovacionado pelo público inglês, Couture, de 46 anos, teve até o boné roubado pelos fãs. Mas a euforia rapidamente reverteu-se em vaias. O assalto inicial foi bem morno. Vera começou com boa trocação e Randy tratou de prensá-lo nas grades. Na parcial seguinte um pouco de ação. Couture tentou repetir a dose no gradeado, mas levou um knockdown após um chute e uma joelhada na linha de cintura.

Vera foi novamente prensado no round final, quando sofreu algumas cotoveladas. Entretanto, na sequência, surpreendeu o wrestler, quando entrou nas pernas, quedou o ex-campeão e chegou à montada. No fim, Randy Couture recebeu a vitória por decisão unânime. “Nunca se sabe o que se passa na cabeça dos árbitros”, foi parte da declaração do vencedor ao entrevistador oficial Joe Rogan, que tentava explicar o resultado: “Você controlou a maior parte da luta.”

Sem fazer muito alarde, Vera comentou ironicamente: “Obrigado aos jurados”.

Outra luta equilibradíssima de Couture foi contra o carioca Pedro Rizzo. À época, o combate foi reeditado rapidamente, com vitória do americano. Será que Dana White, presidente do UFC, fará nova revanche? Façam suas apostas.

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *