Peinado: “Medalhinha de bronze não serve”

Share it

Antonio Peinado, o popular Batista, está longe de ser o maior craque da Alliance para este 14º Mundial, cuja disputas da faixa-preta começam logo mais, neste sábado.

Porém, pela franqueza e pelo bom papo, é seguramente um dos porta-vozes da equipe de Fabio Gurgel e Romero Jacaré. Nesta manhã na Pirâmide, em Long Beach, entre um açaí e outro, GRACIEMAG conversou rapidamente com o atleta super-pesado. Confira:

O que achou da sua chave no super-pesado?
Ótima, se vencer a primeira contra o cara da CheckMat, minha segunda luta é com Braga Neto. Estou chegando agora e não vejo alternativa se não sair na mão com os grandes da categoria. Muita gente comemora quando sai a chave e está longe dos favoritos, eu não. Vê se os caras com quem eu treino, o Marcelinho, o Lucas [Lepri], o Michael [Langhi] gostam de ganhar bronze? Medalhinha de bronze ou prata não está bom pra mim não, quero brigar para um dia ser o melhor.

Como foi a escolha de Gabriel Vella e Tarsis Humphreys para representar a Alliance no absoluto?
Fabio chegou na academia e perguntou quem queria ir: dez levantaram a mão, só sinistro. Mas eles dois estão mais preparados mesmo. Vella já até me chamou aqui pelo rádio, está com aquela risada psicopata dele: “(Imita Vella) E aí espartano? Como está o clima aí no ginásio?” Me dou muito bem com ele, sempre divido quarto com ele nas viagens. Claro que vez ou outra a gente discute, outro dia na Jordânia o clima pesou entre a gente no quarto, daí ele levantou com aquela cara de psicopata dele e mandou: “Por isso que eu gosto de você, você enfrenta o perigo!” Enfim, ele vem lá do Ryan mas eu também encaro qualquer parada.

Você chegou cedo para acompanhar os marrons. Está de olho em quem?
Cheguei há 15 dias nos EUA e nao saí nem para comprar uma agulha, estou concentrado. Tem o Ian McPherson, aluno do Romero em Atlanta que não cansa nunca; o Gabriel Goulart, que começou com o Elan em Minas e já venceu o Kayron, muito bom; o Leo Iturralde, pesado do Soluço no Equador, e o Léo Nogueira, campeão absoluto ontem. Está todo mundo muito motivado, e isso vem de cima. Fabio [Gurgel] está muito bem treinado, num nível absurdo, e o Romero Jacaré melhorou também de saúde, já está dando uns treinos com os coroas na academia. Eles são em muito boa parte o combustível para todos nós.

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *