Analisando o Mundial de Jiu-Jitsu 2009: absoluto

Share it

E se, a pedido do GRACIEMAG.com, o Mundial de Jiu-Jitsu fosse analisado por Paulo Vinícius Coelho, o jornalista da ESPN aficionado por datas, números e estatísticas, considerado o melhor comentarista esportivo do Brasil?

Com tantos dados, o PVC ia fazer a festa. Encerradas as inscrições, 240 faixas-pretas disputam o Mundial de Jiu-Jitsu 2009. Um contingente maior do que o número total de participantes de muitas competições, computando todas as faixas.

PVC: jornalista de olho nos números.

40 é o número de atletas da categoria mais populosa, o meio-pesado.

7 é o número da mais vazia, o galo.

Com a sentida ausência de Xande Ribeiro, são dois os ex-campeões absolutos, Roger Gracie e Rodrigo Comprido. Curiosamente, são da mesma categoria (super-pesado), justamente a segunda divisão mais vazia, com 13 inscritos.

Hora de analisar o quadro de medalhas do Mundial. No absoluto, um dado curioso: apenas um faixa-preta foi campeão sem subir no pódio em anos anteriores. O autor do feito? Comprido, em 1999. Ele recém subira da marrom, com fama de papão de absoluto nas outras faixas, e é inspiração para outros novatos este ano.

No entanto, a tendência é que a forte escrita se mantenha. Ou seja, o campeão deve sair de pódios antigos. Ouro em 2007, Roger Gracie é o favorito. Marcelo Garcia, Rominho Barral, Bráulio Estima e Gabriel Vella vão tentar se manter no seu encalço. O pena Rubens Cobrinha pode se engraçar, e é sempre excitante ver até onde ele chega. A pergunta principal, porém, é: quem conseguirá suprir a ausência de Xande este ano, devido a uma contusão no joelho? O palpite, aqui, meus amigos, é ninguém.

Palpites para o absoluto: Roger Gracie e Rômulo Barral

Pódios da categoria*:

2008 1) Alexandre Ribeiro (Gracie Humaitá); 2) Roger Gracie (Gracie Barra); 3) André Galvão (Brasa); 3) Gabriel Vella (Alliance)

2007 1) Roger Gracie (Gracie Barra); 2) Romulo Barral (Gracie Barra); 3) Alexandre Ribeiro (Gracie Humaitá); 3) Robert Drysdale (Brasa)

2006 1) Alexandre Ribeiro (Gracie Humaitá); 2) Roger Gracie (Gracie Barra); 3) Roberto Abreu (Nova Geração); 3) Marcelo Garcia (Alliance)

2005 1) Ronaldo Souza (Brasa); 2) Roger Gracie (Gracie Barra); 3) Braulio Estima (Gracie Barra); 3) Saulo Ribeiro (Gracie Humaitá)

2004 1) Ronaldo Souza “Jacaré” (Brasa); 2) Roger Gracie (G. Barra); 3) Alexandre Ribeiro (G. Humaitá); 3) Marcelo Garcia (Alliance)

2003 1) Marcio Cruz (Gracie Barra); 2) Roger Gracie (Gracie Barra); 3) Alexandre Dantas (Gracie SP);  3) Fabricio Werdum

2002 1) Marcio Cruz (Gracie Barra); 2) Saulo Ribeiro (Gracie Humaitá); 3) Alexandre Ribeiro (Gracie Humaitá); 3) Gabriel Gonzaga (Macaco)

2001 1) Fernando Pontes (BTT); 2) Saulo Ribeiro (Gracie Humaitá); 3) Marcio Cruz (Gracie Barra); 3) Rodrigo Medeiros (Alliance)

2000 1) Rodrigo Medeiros (Alliance); 2) Fernando Pontes (Godoi/Macaco);  3) Léo Leite (Alliance); 3) José Mario Mc Cord (Alliance Sul)

1999 1) Rodrigo Medeiros (Alliance); 2) Roberto Magalhães (Gracie Barra); 3) Antonio Nogueira (De La Riva); 3) José Mario Sperry (Carlson)

1998 1) Zé Mario Sperry (Carlson); 2) Roberto Magalhães (Gracie Barra); 3) Murilo Bustamante (Carlson); David Meyer (Machado)

1997 1) Amaury Bitetti (Protesto); 2) Fabio Gurgel (Alliance);  3) Royler Gracie (Gracie Humaita/Iate);  3) José Mario Sperry (Protesto)

1996 1) Amaury Bitetti (Carlson); 2) Ricardo Liborio (Carlson)

*Resultados fornecidos pela IBJJF em seu site oficial. Para mais, ibjjf.com.

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *