Aldo mil por cento para Frankie Edgar: “Meu problema é um só: muita vontade”

Aldo corre pro abraço após nocaute em Chad Mendes. Foto: Josh Hedges/Zuffa LCC via Getty Images

Aldo corre pro abraço após nocaute em Chad Mendes. Foto: Josh Hedges/Zuffa LCC via Getty Images

Fim de ano, tempo de desacelerar no trabalho, rever os amigos, encher os restaurantes e a pança. Isso, claro, se você não for um lutador da Nova União com compromisso marcado para o início de 2013.

Convidada pelo treinador André Pederneiras, a equipe do GRACIEMAG.com foi esta semana na academia Upper, no Flamengo, para ver em ação alguns dos astros da equipe.

Campeão dos pesos-penas, José Aldo (21v, 1d) cumprimentou o fotógrafo Gustavo Aragão e o repórter Carlos Arthur Jr. dizend0-se não estar 100%, não: “Estou é mil por cento. O problema agora é um só: estou com muita, muita vontade de voltar ao octagon”, disse o faixa-preta amazonense, referindo-se à luta adiada, em outubro, após um leve acidente de moto no Rio.

Que o oponente Frankie Edgar venha pronto, pois o brasileiro de 26 anos promete treinar como nunca. Entre um treino e outro, a equipe GRACIEMAG.com ainda pôde se deliciar com um round de luxo do mais puro MMA: Renan Barão contra Johnny Eduardo. Pau-pereira.

Com o fim do treino, Aldo papeou com nossa reportagem sobre a luta contra o ex-campeão dos leves Frankie Edgar, que vem de duas derrotas para Ben Henderson, nas edições de número 144 e 150 do UFC, e agora desceu para categoria dos penas para tentar o título da categoria abaixo.

GRACIEMAG.com: Como estão os treinos já visando à luta em Las Vegas, em fevereiro?

JOSÉ ALDO: Na verdade estamos apenas iniciando, pois falta pouco mais de dois meses para a luta. Nós vamos começar a acelerar um pouco agora, mas quando estiver faltando por volta de um mês, o treino será intensificado. Mas já estamos dando os primeiros passos da preparação.

Frankie Edgar desceu de categoria para tentar o cinturão dos penas, mas isso não é novidade para você. Foi o mesmo caso com o Kenny Florian. A mudança de categoria pode ser vantajosa para você, que está mais acostumado a lutar com 66kg?

É nisso que a gente aposta. É a primeira vez que ele vai lutar nos penas, e vai ter de perder um pouco mais de peso. Mas luta é luta. Será a primeira vez que ele vai bater esse peso e lutar numa categoria de lutadores muito rápidos. Do meu lado, eu estou fazendo a minha parte, me preparando e treinando ao máximo para chegar lá e defender o meu título.

Como você analisa o estilo de jogo do Frankie?

É um cara que se movimenta bastante, com uma explosão física muito boa, e que gosta de surpreender. Ele não para durante as suas lutas e tem um ótimo gás. Estamos analisando o atleta, vendo onde ele acerta e onde ele tem falhas para definir a melhor estratégia e fazer uma boa luta.

Para fechar,  que balanço você faz do ano de 2012?

Eu sou um cara muito positivo, então diria que foi ótimo. Eu esperava fazer três lutas este ano, fiz apenas uma. Tive duas contusões, sofri um acidente de moto… Mas para mim foi ótimo. Estou com saúde, isso que importa. O resto a gente corre atrás.

Compartilhe


Uma resposta para “Aldo mil por cento para Frankie Edgar: “Meu problema é um só: muita vontade””

Deixe uma resposta


Tags Relacionadas

Notícias